O que levar na mala de viagem?

Personal organizer dá dicas valiosas de como carregar o número mínimo necessário de itens

por Marianna Feiteiro

Muitas mulheres têm dificuldade ao montar a mala de viagem. No momento da indecisão sobre o que vão vestir durante o passeio, acabam colocando itens demais na bagagem e que, muitas vezes, não combinam entre si. Quando chegam ao destino, percebem que “não têm nada para vestir” ou que levaram roupas inapropriadas para o local.

Leia também:
Bagagem de mão: veja o que pode e o que não pode levar
Consultora dá dicas para arrumar a mala para viagem de trabalho
Pesquisas comprovam que viajar nos deixa mais jovens e criativas

Segundo a personal organizer Ingrid Lisboa, as mulheres levam, geralmente, de duas a três vezes a quantidade necessária de roupas para as viagens. “É muito comum deixar para fazer a mala de última hora e, aí, não dá tempo mesmo de se programar. Ao levar peças a mais, além de ter o trabalho de fazer a mala, você vai ter o trabalho de desfazê-la e depois de passar as roupas que não foram usadas, mas que amassaram dentro da bagagem”, diz.

A especialista, que ministra cursos sobre esse tema, diz que algumas dicas podem reduzir significativamente o tamanho da mala, e mais, ainda ajudam a mantê-la organizada durante a viagem. Ela cita a própria experiência para garantir a eficácia do método. “No começo do ano, passei 25 dias na Europa com a minha família e, usando essas técnicas, não voltei com uma peça de roupa sem usar”, conta. Confira as orientações básicas da profissional.

Pesquise sobre o destino

Primeiro de tudo, tenha em mente quantos dias você vai passar fora. Parece óbvio, mas não é. Muita gente prepara uma mala tão grande para um final de semana na praia que serviria para uma temporada inteira no exterior. Ao pesquisar sobre o local de destino, procure se informar sobre:

  • A temperatura local. Se você vai viajar para uma cidade de baixas temperaturas, busque saber se o frio será moderado ou intenso, ou se há possibilidade de chuva.
  • O destino em si. Se, por exemplo, trata-se de uma cidade pequena no interior, com ruas de terra ou paralelepípedos, não há necessidade de levar salto alto.
  • Os passeios que serão feitos. “Se não há um jantar programado, não é preciso levar vestido de noite”, afirma Ingrid. “Além disso, se você planeja visitar igrejas, é importante saber que, em alguns locais, como Espanha e Itália, é proibida a entrada com vestidos curtos, shorts ou blusas de alça“, completa.

 

Quais roupas colocar na mala?

Depois de pesquisado o clima e o estilo do lugar que você vai visitar, é preciso escolher peças de roupas adequadas e que sejam versáteis. As dicas são:

  • Alguns itens são básicos em todas as malas, não importa qual seja o destino. Leve sempre um tênis (ou o sapato mais confortável que você tiver, com o qual você possa caminhar durante o dia todo sem se machucar), uma calça e uma malha de frio, ainda que esteja indo à praia.
  • Para evitar levar itens a mais, cada peça de roupa escolhida deve combinar com, no mínimo, outras duas.
  • Não monte um look diferente para cada dia. “Ao montar looks, você acaba levando muito mais roupa do que o necessário. O ideal é escolher somente peças que combinam entre si”, orienta a personal organizer. Se ainda assim você quiser definir previamente os conjuntos que vai usar na viagem, monte os looks pensando em usar a mesma peça mais de uma vez.
  • Para variar as produções, aposte em cachecóis, echarpes e óculos de sol diversos. Como são itens pouco volumosos, é possível levar uma quantidade grande.
  • A mulher deve incluir na bagagem, no máximo, duas bolsas: uma média para o dia a dia, onde irá carregar carteira, dinheiro, máquina fotográfica, etc., e uma pequena para saídas à noite.
  • Se estiver viajando com crianças, a mochila é a melhor opção, pois deixa as mãos livres. Para passeios à noite, uma bolsinha à tira colo é a pedida certa.

 

Crédito: Shutterstock

Crédito: Shutterstock

Como organizar a mala

Algumas dicas auxiliam muito na hora de economizar espaço, deixar a mala bem organizada durante e viagem e evitar que roupas amassem.

  • “O ideal é colocar na parte de baixo da mala as peças mais pesadas e que não amassam, como sapatos, calças jeans, roupas de ginástica, de praia, de lã e casacos de inverno. Por cima vão as blusinhas e camisetas e, por último, as camisas”, instrui Ingrid.
  • Guarde itens miúdos, como lingerie, meias e biquínis, em um compartimento específico para isso. Ingrid recomenda os organizadores de mala feitos de TNT ou algodão cru, ou então saquinhos plásticos com fecho hermético. “As técnicas de colocar meia dentro do sapato, roupa íntima dentro da roupa e etc. parecem uma benção na hora de fazer a mala, porque realmente ajudam a economizar espaço, mas, depois, é impossível manter a bagagem em ordem durante a viagem. O ideal é compartimentar os itens miúdos e não deixá-los soltos na mala.”
  • Ao chegar no hotel, tire da mala tudo que será utilizado diariamente, como casacos pesados, calçado que pretende usar todos os dias e pijama. Isso também ajuda a manter a mala organizada.
  • Sacos redutores de volume são uma ótima ideia para armazenar itens que não amassam, como a lã. Guarde lá suas blusas, luvas e cachecóis e posicione-os no fundo da mala.
  • “Os ferros de passar de viagem são muito úteis. Eles pesam cerca de 300 g e custam em torno de R$ 100”, afirma a especialista.

 

O que não levar em viagens

Certos itens devem ser evitados em viagens. Procure deixar fora da mala:

  • Roupas com aplicação de pedraria. “Elas podem entrar em contato com outras peças e estragá-las”, afirma Ingrid.
  • Sapatos que você nunca usou. “Nunca compre um calçado só para usar na viagem, mesmo que seja tênis. Se ele machucar o pé, você não vai mais poder usá-lo. Além disso, se você colocá-lo pela primeira vez para fazer um passeio que dura o dia inteiro, não terá a possibilidade de trocar.”
  • Joias. “Evite levá-las, pois você corre o risco de ser roubada ou ter a mala extraviada.”
  • Excesso de maquiagem. “Esses tipos de produto, assim como os itens de banheiro, acabam fazendo muito volume.”
×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter