Zonas erógenas

Conheça alguns segredinhos para enlouquecê-lo na cama

por Redação

Durante um relacionamento, não basta apenas receber prazer, é necessário e fundamental que o parceiro também desfrute dessa sensação. Explorar e conhecer os pontos erógenos do homem pode não ser tão difícil quanto parece.

Costuma-se dizer que cada ser humano é único e diferente de todos os outros. Por isso, a sensação de prazer pode ser estimulada em diversos lugares do corpo e proporcionar excitação diferente em cada indivíduo. “Os pontos erógenos do homem são aquelas áreas do corpo masculino que estimuladas despertam excitamento sexual ou podem mesmo levar à ejaculação, ao orgasmo” esclarece o Dr. Haruo Okawara, terapeuta sexual e autor do livro Amar – A Realidade da Vida Sexual.

O Dr. Haruo Okawara explica que existem dois tipos de áreas erógenas: primárias e secundárias.

Áreas erógenas primárias: são aquelas partes do corpo que adequada e suficientemente estimuladas podem levar o homem ao clímax sexual, com ou sem ejaculação (pode parecer estranho dizer que um homem pode gozar e não ejacular, mas isso ocorre em algumas situações, como em indivíduos que tiveram a próstata removida por adenoma benigno ou em raros casos de uma patologia conhecida como ejaculação retrógrada, em que o indivíduo ejacula para o interior da bexiga). A área erógena primária por excelência dos homens é a glande do pênis, cuja estimulação, tanto pela relação sexual, como pelo sexo oral ou pela masturbação, feita pelo próprio indivíduo ou pela parceira, leva facilmente ao orgasmo.

Já as áreas erógenas secundárias: são aquelas que mesmo intensamente estimuladas provocam excitamento, mas não conduzem ao orgasmo. São nessas áreas que as preferências dos homens variam amplamente. Alguns indivíduos se excitam muito quando são estimulados oral ou manualmente em seus mamilos, enquanto outros sentem apenas cócegas e não permitem que essas áreas sejam tocadas.

A maneira de estimular cada zona erógena do homem pode ser solicitada ou estimulada por ele próprio. Eles sabem, assim como as mulheres, os locais mais excitantes do próprio corpo; mas alguns homens sentem vergonha de mostrar suas zonas íntimas, e cabe nesse caso a mulher descobrir. “A parceira pode percorrer o corpo do homem com as suas mãos ou mesmo com os seus lábios, observando as reações de agrado ou de repulsa por ele manifestadas. Massagear essas áreas com um pouco de óleo de massagem e de perfume suave, é outro recurso muito adotado pelos casais na hora do amor” finaliza Dr. Haruo Okawara.

Veja também:

Por dentro do sexo oral

Chegue ao orgasmo!

Sexo bom

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter