Técnicas de sexo oral: bala, gelo e outras dicas picantes

Listamos alguns truques capazes de levar qualquer um à loucura

por Redação

Atenção: Esta matéria contém teor sexual e é imprópria para menores de 18 anos.

Para quem quer dicas de como levar o parceiro à loucura: sexo oral costuma ser o preferido dos homens. E se a ideia for sentir prazer como nunca, essa prática também tem um potencial enorme entre as mulheres. Por isso, ter um bom desempenho pode fazer com que o sexo seja muito gostoso, mas, se você quiser ir além da boca, há algumas técnicas para potencializar o orgasmo.

Leia também
Guia do pênis: entenda como ele funciona e dê mais prazer ao parceiro
Conheça as 7 posições sexuais que mais estimulam o prazer
Sexo anal sem dor é possível para a mulher

Halls preto

Fazer sexo oral com halls preto é uma prática popular e que tem vários adeptos. A bala dá um geladinho refrescante no hálito e durante a prática pode provocar diferentes sensações. “Mexer com a sensibilidade dá um prazer a mais. Mudança de temperatura, esquentar ou esfriar, é sempre agradável”, comenta a sexóloga Luciane Secco.

Para fazer nele: Chupe a bala antes de começar. Pode ser perigoso tentar deixa-la na boca durante o ato, já que há grandes chances de um engasgo, o que poderia atrapalhar tudo. Durante a movimentação, tente liberar o ar geladinho da garganta e note a reação dele, que estará sentindo muito prazer. Para as meninas que não se sentem muito à vontade com o sabor do pênis, esse truque também pode ajudar o ato a ficar mais gostoso.

Para ele fazer em você: O halls pode ser ainda mais prazeroso para as mulheres, já que o homem tem mais facilidade de soltar o arzinho gelado lá durante a prática. Peça para que ele use e abuse desse truque, além de usar tudo mais que sabe para te levar à loucura.

Créditos: Thinkstock

Halls preto deixa o hálito geladinho, por isso, é preciso dar um jeitinho de assoprar (Créditos: Thinkstock)

Gelo ou sorvete

A ideia de mudar de temperatura é a mesma, mas dessa vez o que vai ficar geladinho é a própria boca, e não só o hálito. É uma delícia para homens e mulheres, que podem sentir toda a parte interna da boca e a língua bem frias.

Para os dois fazerem: Cuidado, o legal aqui é a boca ficar gelada, e não o órgão. Se o gelo for direto em contato com o pênis ou a vagina, pode brochar o clima. Se quiser dar uma sensualizada lambuzando o parceiro com sorvete, para depois lamber, faça em outras zonas erógenas, depois é só seguir o caminho da felicidade. Dê a dica a ele.

Para fazer nele: Quer mais sensualidade? Intercale as chupadas no sorvete ou no gelo com o ato, enquanto olha para ele. Dificilmente ele não irá delirar.

Créditos: Thinkstock

Sorvete deixa língua e parte interna da boca bem geladinhas, o que causa uma sensação deliciosa (Créditos: Thinkstock)

Cremes ou chantilly

Essa costuma ser mais excitante visualmente do que pelas sensações que o contato dos cremes provoca no corpo. Isso porque ver a parceira ou o parceiro se deliciando enquanto pratica o sexo oral dá ainda mais a impressão de que ele está adorando. E isso é um estimulante enorme!

Para os dois fazerem: passem o chantilly, leite condensado ou qualquer outro doce que gostem no órgão genital um do outro, um de cada vez. A brincadeira é deixar nenhum rastro do creme pelo corpo.

Créditos: Thinkstock

Chantilly, leite condensado ou outros cremes docinhos podem ser estimulantes visuais (Créditos: Thinkstock)

Temas:
×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter