Benefícios da pílula anticoncepcional

Além da contracpeção, ela ajuda a melhorar a pele e os sintomas da TPM
por Redação

Não é só para evitar a gravidez que as pílulas anticoncepcionais são indicadas. Elas podem ajudar a aliviar as dores, o inchaço e as alterações hormonais causados pela TPM que, de acordo com dados do Ministério da Saúde, atinge cerca de 70% das mulheres brasileiras.

Leia também:

Ginecologista esclarece como funciona cada tipo de pílula anticoncepcional

Esclareça suas dúvidas sobre a pílula do dia seguinte

Pílula, adesivo ou injeção? Acerte na escolha do contraceptivo

Além disso, a pílula pode ser usada no combate à acne, cistos ovarianos, além de reduzir a incidência de doença benigna de mama, controlar a ansiedade e o nervosismo. “Existem estudos e trabalhos científicos que revelam que o uso de pílulas por longos períodos podem diminuir o risco de tumor de ovário, de endométrio e colorretal na mulher”, afirma a obstetra Karina Zulli, do Hospital e Maternidade São Luiz, em São Paulo.

Ela listou algumas vantagens para as mulheres que tomam pílula regularmente:

pilula-anticoncepcional-vantagens-2

- Controla as cólicas e sintomas da TPM

Entre as principais queixas das mulheres que sofrem com a TPM estão depressão, irritabilidade, fadiga, alteração do apetite, dores de cabeça e distúrbios do sono. A pílula é indicada nesses casos, pois se torna responsável pelo controle hormonal do organismo feminino. Algumas pílulas também ajudam a diminuir a retenção de líquido e podem ser indicadas no controle de cólicas menstruais para pacientes com ou sem endometriose, amenizando a dor.

- Não há risco de causar infertilidade

Se orientada por um profissional, a pílula pode ser tomada precocemente. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, seu uso não confere risco de infertilidade futura e não interrompe o crescimento. As doses do hormônio feminino estrogênio nas pílulas atuais são extremamente baixas e, por isso, não causam danos no desenvolvimento da mulher e nem de uma futura gravidez desejada.

- Reduz indícios de doenças em geral

O uso da pílula anticoncepcional reduz o risco de doenças cardíacas e do surgimento de miomas, diminui a queda de cabelo, ajuda no controle e perda de peso, aumenta a produção de colágeno na pele, e ameniza os sintomas da menopausa como oscilação de humor.

- Têm baixa taxa hormonal

Existem pílulas com taxa hormonal mais baixa, que causam menos danos, porém o efeito de contracepção é o mesmo, assim como o de diminuição do fluxo menstrual. É importante que seu uso seja sempre acompanhado por um ginecologista, pois, como qualquer medicamento, a pílula pode ter efeitos colaterais indesejados.

Faça o teste e descubra se você sabe tudo sobre sexo:

[teste como-andam-seus-conhecimentos-sexuais]

Categoria:

Matérias Recomendadas

Facebook Comments