Uso medicinal da Beringela

por Gislaine Rabelo

Por seu grande potencial para a cura de várias condições que atacam a saúde humana, o uso medicinal da Beringela pode englobar tratamento para os nervos, inclusive a epilepsia, para combater o câncer, e fortalecer os vasos sanguíneos.

Parente próxima da planta de tabaco, é um vegetal muito rico em alcalóides e em nicotina, sendo comprovado através de testes em laboratório que a beringela promove a cura de várias condições.

Suas propriedades medicinais abragem a cura de espamos muscular. E quem sofre com doenças nervosas poderá tratá-las com o suco de beringela, por conta de seu alto teor de estricnina, escopolamina, e escopoletina.

Para fazer a receita caseira contra essas condições, pegue uma beringela de tamanho médio, e bata num copo de água. Beba em jejum por cerca de 1 mês, ou até que consiga resultados efetivos.

Esse suco também previne e trata crises em pessoas que sofrem com epilepsia, tendo efeito tão forte quanto um medicamento alopático.

Pegue várias beringelas, e deixe secar ao sol. Em seguida triture, e beba o equivalente a uma colher de sopa misturada num copo de água. Essa receita é indicada para tratar gastrite, sarampo, catapora, dores no corpo e reumatismo.

Com ação parecida com a do alho no organismo, a beringela restaura células danificadas, sendo assim indicada para prevenir o câncer. Para usá-la como alimento anti câncer deve ser consumida crua.

Possui sabor amargo, sendo mais fácil consumi-la em forma de suco. Se ainda assim o sabor for desagradável, basta adicionar 3 grãos de uva sem sementes ao suco, e o gosto amargo será mais ameno.

Outro benefício da beringela é que neutraliza os danos às artérias. É indicado manter a ingestão frequente para aqueles que queiram combater a aterosclerose, e os distúrbios nos vasos sanguíneos consequentes do colesterol ruim.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments