Valeriana como calmante natural

por Gislaine Rabelo
valeriana-como-calmante-natural2

O uso da valeriana como calmante natural faz com que haja redução do nervosismo, e proporciona uma noite reparadora de sono.

Quantas vezes, ao deitar-se cansado, finalmente pronto para aconchegar-se agradavelmente na cama, a mente começou a divagar? Adeus tranquilidade!

Mas em vez debater-se entre os acontecimentos do dia, ou com o que deve fazer amanhã, ou remoer um acontecimento, finaceiro ou amoroso, que está tirando a paz, beba um chá de valeriana.

Os sábios dizem, e têm razão, a natureza nos provém de tudo o que necessitamos, inclusive de uma boa noite de sono, e de calma, para enfrentar o estresse da rotina diária.

Prova disso é a valeriana, que tradicionalmente, é usada pelos seus poderes relaxantes. Age diretamente no sistema nervoso. E funciona de maneira eficiente quando há necessidade de dormir.

Em situações onde houver necessidade de beber um chá mais forte, poderá combinar a valeriana com a calota craniana. As opções não param por aqui. O par perfeito para um sono tranquilo, ou para aliviar a pressão do estresse, poderão ser, ainda, a flor de maracujá, a kava-kava, ou a camomila.

Considere que as ervas podem afetar as pessoas de modos diferente, então o melhor é tentar combinações diferentes, até encontrar aquele que seja mais eficaz para o seu organismo.

O fato é que os receptores do cérebro são atingidos de forma direta quando se consome um chá de ervas, destinadas a acalmar o sistema nervoso.

E ainda que o sabor do chá de valeriana não seja dos mais agradáveis, é uma excelente alternativa nestas condições. Se não quiser lidar com o sabor desta erva, poderá optar por cápsulas, facilmente encontradas em lojas de produtos naturais.

Abaixo segue a receita de um calmante natural, que poderá usar sempre que sentir necessidade, tanto de dormir, quanto de relaxar.

Num frasco de meio litro, adicione:

1 polegada de valeriana
½ polegada erva cidreira
½ polegada de flor de maracujá
1 polegada de camomila
½ polegada de pétalas de lavanda
3 ou 4 folhas de hortelã

Preencha o restante do frasco com água quente, e adicione entre 2 e 3 colheres de mel (esteja à vontade para colocar mais, se quiser mais doce). Tampe o frasco, e agite bem.
Consuma sempre que considerar necessário. 

Matérias Recomendadas

Facebook Comments