A arnica como remédio natural

por Gislaine Rabelo
A-arnica-como-remédio-natural2

A arnica como remédio natural pode ser usada principalmente como anti inflamatório, pois é rica na substância chamada helenalim. Mas esta substância só é encontrada em algumas das mais de trinta variedades de arnica.

Pode-se citar que a arnica é um remédio natural único para a redução, ou eliminação de hematomas. Ajuda na cicatrização de feridas, e é apontado como importante para o restabelecimento após uma cirurgia, em especial a cirurgia estética.

O efeito nesse procedimento tem levado milhares de cirurgiões em todo o mundo a integrar a arnica no tratamento alopático, incluindo a semente como parte da rotina nos procedimentos cirurgicos, pois também pode ser usada para a desinfecção.

Outra propriedade na medicina natural é a regeneração do tecido, quando do impacto por queda, cortes ou golpes.

É famosa na cura da garganta, da gengiva e de infecções que ocorrem na boca. Basta golpear a semente, até conseguir quebrá-la, misturar num copo de água e fazer um gargarejo.

Quando os pés estiverem doloridos, adicione algumas gotas de extrato em dois litros de água, e deixar os pés a descansarem nesta mistura. Será relaxante.

O extrato de arnica estimula o crescimento do cabelo, combate a acne, a asteriosclerose, cura picadas de insetos, feridas, entorses e distensões.

Como pomada, ou gel, é recomendada para o tratamento de flebite e rigidez muscular. Há que fazer a aplicação três vezes por dia, acompanhada de uma pequena massagem.

Todavia, pede-se atenção especial com o uso repetido, que não é recomendado. E a ingestão de arnica em grandes quantidades pode causar inflamações no estômago, e se em níveis realmente elevados, pode levar à intoxicação.

Antes de fazer o uso, é necessário fazer um teste, pois muitas pessoas são sensíveis, ou alérgicas aos efeitos.

Se houver dúvidas, o mais aconselhável é consultar um profissional ligado à saúda antes de iniciar o uso, ou aplicação.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments