O poder da sálvia no combate à doenças

por Gislaine Rabelo
O-poder-da-sálvia-no-combate-à-doenças2

O poder da sálvia no combate à doenças é grandioso, considerando as inúmeras condições de saúde abrangidas para o tratamento com esta erva. O uso da sálvia para combater o ácido úrico, cálculo renal e reumatismo, mostra apenas algumas das condições que podem ser tratadas.

A verdade é que a sálvia é uma das grandes maravilhas da medicina caseira. Pode ser usada como antioxidante, antimacrobiana, anti inflamatória, como ansiolítico natural, como calmante, diurético, expectorante, ou estimulante.

Ela pode ser usada de forma natural, extrato, ou em forma de óleo. O óleo de sálvia contém cânfora, cineol, alfa e beta-tujona, substâncias químicas que tratam entorses, inchaços, hemorragias e úlceras.

O chá de sálvia promove uma verdadeira limpeza na vias respiratórias, impede a formação de pedras nos rins, e dissolve o resíduos que provocam o ácido úrico.

A sálvia é ainda indicada para curar hemorragias mentruais, para fortalecer o sistema nervoso, para afiar os sentidos e melhorar a memória.

Para estas condições, deve-se beber 5ml de extrato de sálvia, misturados em um copo de água, 3 vezes ao dia.

Para curar úlceras, ou feridas na pele, passe concentrado de sálvia no local.

Misture uma colher de extrato de sálvia e uma colher de henna para livrar-se das caspas, sendo que essa loção também combate o envelhecimento do cabelo.

Esfregar folhas secas de sálvia nas gengivas é eficaz para o tratamento de gengivite, e para a limpeza dos dentes.

Uma compressa de sálvia, feita com água morna, alivia a cefaléia, cólicas, flatulência e desconforto intestinal, sendo que também alivia coceira provocada por picadas de insetos.

Para limpar o ambiente de energias negativas, queime folhas secas de sálvia. Conforme o conceito da prática Ayurveda, a crença é de que esse incenso natural forma uma áurea positiva contra o negativismo e contra os micróbios também.

Mas se quer mesmo é limpar o corpo, um chá bem concentrado de sálvia expulsa as impurezas do organismo, através da transpiração, e limpa as secreções da garganta, oriundas de tosse ou gripe.

Para curar a dor de garganta, faça um gargarejo. Pegue um punhado de sálvia, golpeie até esmagar bem, e misture num copo de água.

A sálvia, para o sistema nervoso, deve ser ingerida como extrato. Acalma a ansiedade e as preocupações, e estimula o sistema nervoso central, provocando um impacto benéfico.

Também cura desordens no pulmão, e a sinusite. Para essas condições, esmague o equivalente a uma mão cheia de folhas frescas, coloque para ferver em um litro de água, e faça a inalação do vapor.

O chá quente de sálvia também combate o sarampo, a angina e a tuberculose. É recomendado para atenuar os suores noturnos, causados pela menopausa, combate a insônia, sudorese, tontura e palpitações.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments