Tratamento caseiro para a gastrite

por Juh
Tratamento caseiro para a gastrite1

A gastrite causa perda de apetite, vômitos, náuseas, cefaléia e tontura, além de dor e incômodo no estômago.

Essa condição também provoca mau hálito, um certo gosto ruim na boca, aumento do fluxo de saliva, diminuição do fluxo e quantidade de urina, uma sensação geral de mal estar e até depressão mental.
Em estágios mais avançados pode implicar em sérios problemas de azia e diarréia.

Sua causa pode ser comida em excesso, alimentos mal cozidos, por beber chás muito fortes, café ou bebidas alcoólicas, além de excesso de condimentos ou de molhos.

O nervosismo também pode resultar em gastrite, assim como a preocupação fora do controle, ansiedade, angústia, tensão prolongada e uso de drogas.

Um dos remédios caseiros mais populares para o tratamento da gastrite é a água de coco. Esta água descansa o estômago, e nutre o aparelho digestivo com vitaminas e minerais.

Beba a água de um coco médio todos os dias.

Outro alimento recomendado é o mingau de arroz Faça a ingestão de uma xícara de mingau de arroz duas vezes por dia.

Já o suco de batata proporciona alívio da gastrite. Beba metade de um copo de suco, duas ou três vezes ao dia, meia hora antes das refeições.

Se preferir, poderá usar calêndula para o tratamento. Faça uma infusão do equivalente a uma colher de sopa desta erva numa xícara de água. Tome duas vezes ao dia.

Para que o tratamento caseiro tenha sucesso, entretanto, há que seguir alguns procedimentos. Por dois ou três dias, faça um jejum com água morna. Dessa maneira, o estômago conseguirá descansar, o que permitirá que a situação tóxica, a causa da inflamação, diminua.

Após essa fase, os sinais agudos deverão diminuir. O seguinte passo será o início de uma dieta de frutas por três dias. Deve-se comer maçãs, peras, uvas, laranja, abacaxi, pêssegos e melões.

Diminua a ingestão de álcool, o consumo de tabaco, de temperos fortes, carnes, chás com cafeína, doces e de café.

Por outro lado, a coalhada e o queijo devem ser consumidos em porções generosas.

Aconselha-se não misturar alimentos diferentes na mesma refeição, que devem ser feitas no mínimo duas horas antes de ir dormir.

Beba cerca de 10 copos de água todos os dias, mas nunca ao mesmo tempo das refeições. A água dilui os sucos digestivos, retardando o efeito do tratamento.

Coma devagar, mastigando bem, sempre, e evite as preocupações. A tensão psicológica pode inutilizar qualquer ação na busca da cura.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments