Como tratar o alcoolismo com remédios naturais

por Gislaine Rabelo
Como-tratar-o-alcoolismo-com-remédios-naturais-1

Beber socialmente é aceitável, mas quando a bebida passa a ser uma dependência torna-se um problema grave, e passa-se ao estágio do alcoolismo. É uma doença crônica, onde uma pessoa é incapaz de se abster de consumo frequente e excessivo de álcool por razões físicas ou psicológicas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já chegou a listar o alcoolismo como uma das três doenças mais mortíferas no mundo.

O alcoolismo também é um grave problema social. Muitas vezes induz à pobreza, infelicidade conjugal, lares despedaçados e até leva o dependente a cometer crimes. É também o responsável por numerosos acidentes de trânsito.

O álcool etílico, o ingrediente intoxicante principal de vinho, cerveja e destilados, é uma droga tóxica que deprime o sistema nervoso e o cérebro. É rapidamente absorvido no sangue e, em seguida, viaja para todas as partes do corpo, afetando negativamente a órgãos vitais como o cérebro e fígado.

Uma pessoa geralmente recorre ao consumo de álcool como um meio de animar a vida social, para superar a ansiedade ou para induzir o sono. Torna-se um alcoólatra aquele que fica dependente de álcool fisicamente e psicologicamente.

Os alcoólicos têm um rosto inchado, com os olhos avermelhados, voz rouca e um pulso rápido. São super emocionais. Vômitos, problemas de julgamento, delírios e perturbações do sono são alguns dos outros sintomas do alcoolismo.

O alcoólico crônico, que prefere beber a comer, não consegue obter vitaminas suficientes. As poucas vitaminas adquiridas são drenadas para fora do seu sistema no processo de queima do álcool em seu corpo, e a deficiência da vitamina pode levar a tremores, delírio, convulsões, neurites, doenças dos olhos e da memória. Consumo excessivo de álcool geralmente causa envelhecimento prematuro do cabelo devido à deficiência da vitamina, e a um esgotamento de minerais no corpo, especialmente do magnésio.

A ingestão excessiva de álcool impõe uma pressão sobre o fígado. Destrói gradualmente as suas funções e, muitas vezes resulta em cirrose. Isso leva a distúrbios do estômago e dos intestinos. Pode causar danos ao cérebro e afeta o coração, que se torna fraco e flácido.

Para tratar esta doença, primeiro deve-se se abster de álcool de uma só vez. A maneira mais eficaz para tratar o alcoolismo é a construção de integridade nutricional do organismo a fim de evitar o desejo pela bebida. O dependente deve ingerir sucos que promovam a limpeza do corpo, por pelo menos 10 dias no começo. Sugere-se suco de uma laranja a cada duas horas, em oito horas diárias. O suco pode ser diluído com água morna, se desejar.

Uvas - O remédio mais importante para o alcoolismo é uma dieta exclusiva, por um mês ou mais, de uvas. Esta fruta contém a mais pura forma de álcool, e é um saudável substituto para o álcool. Alcoólicos deve ter três refeições por dia de uvas frescas, em intervalos de cinco horas. O sucesso desse tratamento depende da determinação do alcoólatra para parar de beber.

Maçãs - maçãs são outro remédio eficaz. A ingestão generosa de maçãs ajuda a remover a intoxicação e reduz o desejo pela bebida. Ajuda a curar o alcoolismo.

Cabaça amarga - O suco das folhas de cabaça amarga é um antídoto para curar a intoxicação por álcool. Também é útil para restaurar um fígado danificado devido ao alcoolismo. Três colheres de chá de suco, misturado com um copo de leite e manteiga, devem ser tomadas todas as manhãs durante um mês.

Aipo - O sumo de aipo crú também tem sido considerado útil. Metade de um copo de suco de aipo misturado com igual quantidade de água deve ser tomado uma vez ao dia durante um mês. Isso ajuda a curar o alcoolismo.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments