Benefícios do licopeno

por Laís Martins

Frutas e legumes avermelhados, como tomate, morango, melancia, pimentão e goiaba, são exemplos de alimentos com licopeno, uma substância que, além de dar cor aos vegetais, é rica em benefícios à saúde humana.

Leia também:
Benefícios da linhaça

Arroz vermelho para emagrecer rápido

Benefícios da farinha de centeio

Propriedades do licopeno

O licopeno faz parte do grupo de substâncias carotenoides, responsáveis por sintetizar a vitamina A no corpo dos animais e blindar as células contra a ação dos radicais livres. Outro exemplo de caretenoide é o pigmento betacaroteno, presente em alimentos alaranjados, como a cenoura e mamão.

Licopeno: substância antioxidante

beneficios-do-licopeno-168730517.jpg

Os radicais livres são produzidos em escala normal, a partir de atividades comuns do corpo e, nesse caso, não são maléficos ao organismo.

No entanto, os fumantes, os adeptos de alimentações pouco saudáveis e os indivíduos que ficam constantemente expostos à poluição e estresse, sintetizam uma maior quantidade de radicais livres altamente reativos. Ao se encontrarem com as células do nosso corpo, eles atacam e danificam sua estrutura, podendo aumentar as chances de um câncer se instalar no organismo. 

A propriedade antioxidante do licopeno ajuda a proteger as células contra a ação de tais reagentes, evitando o aparecimento de doenças e desacelerando o processo de envelhecimento do corpo. 

Como consumir

Para consumir licopeno, dê preferência por alimentos cozidos, que facilitam a absorção da substância pelo corpo. O tomate e o pimentão são dois exemplos de vegetais ricos em licopeno, que não podem ficar de fora das refeições. 

Matérias Recomendadas

Facebook Comments