Má circulação nos pés

por Gislaine Rabelo

A má circulação nos pés pode provocar vários problemas de saúde, ou ser consequência de alguns. Trata-se de uma condição que requer tratamento imediato. É de vital importância que o sangue flua normalmente por todo o organismo. O corpo depende do fluxo constante e regular para manter suas diversas funções. E as áreas mais afetadas com a má circulação são as extremidades do corpo, ocorrendo nos pés primeiro, por norma. Os sintomas desta condição podem variar do leve ao grave, podendo ser encontrada desde crianças a idosos.

Causas

Entre as causas mais comuns da má circulação nos pés está a Doença Vascular Periférica, ou Doença Arterial Periférica. É caracterizada pela obstrução, ou pelo estreitamento das grandes artérias que estão o longe do cérebro e do coração. Esta, por sua vez, pode decorrer pelo estreitamento das paredes arteriais, ou pelo depósito de placas de gordura nas paredes das veias, ocasionado pelo colesterol, por exemplo.

A má circulação também podem ser consequência da formação de coágulos, ou por uma obstrução súbita de fornecimento de sangue. Pode ser, ainda, efeito colateral de distúrbios da tireoide, problemas renais, doenças do fígado, ou varizes. Tem outros contribuintes, como diabetes e hipertensão. Ou pode estar ligada ao estilo de vida, resultando do tabagismo, sedentarismo pela posição corporal diária no trabalho, ou falta de exercício físico.

Sintomas

Ma-circulacao-nos-pes-2.jpg

Os sintomas costumam aparecer gradualmente. Os estágios iniciais são marcados pelas dores nas pernas, nádegas e pés. Se ainda no início, o simples fato de caminhar pode resolver o problema. Porém, se o quadro se agrava, começam as cãibras nos pés e pernas, até quando se está dormindo. Isso porque os sintomas se intensificam quando se permanece imóvel, ou em posição sedentária por muito tempo. A evolução do problema é marcada pelo inchaço, pés frios e dores repentinas.

No estágio mais grave, é possível verificar que feridas e cortes não cicatrizam facilmente. A quantidade de cabelos pode diminuir, as unhas passam a crescer mais, e na perna, ou pé afetado, o pé pode começar a ficar com uma coloração azulada. Há probabilidade de úlceras nos pés.

Prevenção e Tratamento

Ma-circulacao-nos-pes-0.jpgA prevenção inclui uma dieta de alimentos saudáveis, que não afetem o nível de açúcar no sangue. É de extrema importância manter uma rotina de exercícios, nem que seja de apenas 30 minutos a cada 3 dias. No caso das mulheres, pode-se recorrer ao uso de meias de compressão. Há que evitar estar parado por muito tempo, e se o trabalho assim o exige, deve-se compensar fazendo alongamentos de pelo menos 5 minutos a cada hora. Para melhorar a circulação, um ótimo remédio caseiro é a ingestão de 1 colher de sopa de suco puro de gengibre, com 1 colher de sopa de suco puro de limão, a cada 3 dias. Ou pode-se comer 1 dente de alho cru a cada dia. Se o problema já atingiu o estágio mais grave, há mesmo que buscar tratamento especializado.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments