Cuidado se seu estômago “ronca”

por Gislaine Rabelo

O cuidado se seu estômago “ronca” com muita frequência é porquê poderá estar sofrendo "Borborigmos". Este pequeno rosnar em algumas pessoas, e um verdadeiro estrondo em outras, é o efeito colateral de contrações ocorridos ou no estômago, ou nos músculos do intestino. São mais audíveis quando o estômago está vazio, e especialmente embaraçosos quando se está numa sala silenciosa, ou no decorrer de uma reunião, por exemplo.

Só devem ser causa de preocupação se muito frequentes, ou acompanhados de arrotos, flatulência e inchaço abdominal. Isso porque pode ser apenas um alerta de fome. Mas também pode denunciar problemas com a digestão. Há mais causas envolvidas. Ingerir comidas as quais se é alérgico também provoca essa reação física, pois o organismo começa a trabalhar a todo vapor afim de eliminar tais alimentos. Ou pode ser o indício de que sérios problemas no aparato digestivo estão a caminho.

É mais comum em pessoas que comem muito rápido, pois acabam engolindo ar junto com os alimentos. Quando a comida está sendo digerida esse ar se assenta sobre o alimento e obriga a válvula superior do estômago a abrir, provocando a eructação e as contrações.

Alimentos com bactérias também liberam o ar durante a digestão. Como a comida passa do estômago “fora do processo normal” para o intestino, pode provocar o ruído incômodo.

Pode ser um aviso de que a Síndrome do Intestino Irritável (SII) atacou seu organismo. Esse tipo de distúrbio intestinal provoca desejo frequente e por vezes incontrolável de excretar. Há contrações desordenadas dos intestinos, diarreia alternada com prisão de ventre, inchaço abdominal, e o “ronco”.

Para tratar o chamado "Borborigmos" há que beber muita água, ou líquidos que promovam a hidratação do organismo, de modo a estabilizar o nível de de ph em seu estômago.

Se ocorre todas as vezes que estiver sofrendo com acidez, recorra a um antiácido.

Cuidado-se-seu-estômago-ronca3.jpg

Beber um chá de gengibre todas as noites poderá tratar essa condição, já que o gengibre expele gases e reduz problemas estomacais. Enquanto isso, evite o consumo de café, açúcar, bebidas carbonatadas e cebola, pois agravam o problema, que apesar de comum, não deve ser negligenciado. 

Matérias Recomendadas

Facebook Comments