fóruns

Estilo de Viver

Comportamento 1.162 tópicos | 11.312 repostas
donnadolce_am
21/01/2011 | 17h36m03s
Oi amigos e amigas.

Esse é um assunto muito delicado para mim, mas resolvi postá-lo, pois não consego mais suportar sozinha essa situação.
Minha filha sempre dizia, desde os 14 anos, que um dia sairia de casa para aprender a sobreviver por conta própria. Até aí tudo bem, sempre dei a maior força, pois acho que filhos tem que buscar seu espaço mesmo, sua independência. Bem, o fato é que, logo depois que ela completou 19 anos, setembro passado, em um belo dia de outubro, ela chegou para mim e disse: "mãe saio de casa amanhã a noite" e saiu mesmo. Demorei uns dias para "cair a ficha". Sofri, chorei, uma dor tão profunda, sabe, uma dor de uma mãe que pariu um filho morto, acho que foi isso que senti naquela noite... Sempre torci muito por minhas duas filhas, sempre as incentivei a conquistar a independência, mas saí de casa assim? Minha filha saiu só com um empreguinho administrativo em uma escola de inglês, está dividindo um apartamento (até que bonitinho) com mais uma amiga e um amigo da faculdade (ainda nem concluiu a facul!). Agora pergunto-lhes: Que vantagem tem isso? O que ela busca saindo de casa nessas condições? Achei que seria só "fogo de palha" mas não, ela não a menor intenção em voltar. Sair de casa por que passou em um concurso, ou por que casou, ou ainda para fazer algum curso ou facul em outra cidade, tudo bem, entendo e dou a maior força, mas nessas condições, não entendo e isso está me matando. O que eu faço? O que fazer com esse sentimento de saudade angustiante (e olha que ela está ne mesma cidade que eu). Não sei como me comportar com essa situação, pois a amo muito e quero protegê-la sempre. Nos damos muito bem, ela sempre me telefona e não pede absolutamente nada, só diz que nos ama e que sente saudades, mas não volta...



Luannas
21/01/2011 | 21h09m08s
Oi!! Não sei se posso ajudar.... Sei que esta situação é bem difícil. No meu caso eu perdi meus pais quando eu tinha 13 anos e hj tenho 17. Tive que morar com minha tia... Tudo isso de uma hora para outra... Vc dorme um dia com pai e mãe e no outro dia não tem niguem para se quer te telefonar.
Sei que vc esta passando por uma barra dificil... Mas, a sua filha está viva e com saúde. Procure conversar com mais com ela, sem fazer cobranças sobre a atitude dela. Querer experimentar um pouco a vida acho que é normal.
Faça da sua casa uma continuação da casa em que ela está vinevendo agora.
Tudo bem, que ela divide uma casa ou apê com amigos da faculdade... Mas, agora é o cantinho dela.
Quando meus pais sofreram o acidente tive que morar com a minha tia e primos.... Eu tb disse q quando eu completasse 16 anos eu iria morarr sozinha... No meu caso não foi complicado... Não por causa de grana... Os meus pais me deixaram uma casa e algum dinheiro e pensão. Mas, ter que crescer derrepente, foi complicado.
Pense bem sua filha esta com saude e esta viva.... Faça deste novo momento da vida dela uma coisa bem legal... Sei que vc não quer ouvir isso... Mas, se eu fosse vc... faria um chá de casa nova pra ela.. Dava toda o força possível... E procuraria saber como ela está, mas sem cobrar dela esta situação.
Não sei se ajudei... Se não favor desconsiderar o que escrevi.
Beijos e seja feliz.



donnadolce_am
22/01/2011 | 12h43m50s
Oi linda!

Bem se vê que amadurecestes rápido,rsss. Sábias palavras querida. A minha primeira atitude foi ajudá-la em tudo o que podia, desde uma colher até condionador de ar, tv a cabo e internet. Mas a minha segunda, que foi dois meses após a saída dela, eu passei a ignorá-la e a sentir raiva, raiva mesmo, não queria nem falar com ela. Mas essa fase durou quase um mês e depois passou. Comecei a compreender que deve ter sido uma decisão difícil para ela também, pois aqui ela tinha tudo, inclusive liberdade. Saia e chegava a hora que queria e tudo o mais. Mas acho que a sufocava, hoje eu vejo que foi isso que aconteceu. Morro de medo de perdê-las como você perdeu seus pais. Estou dando a maior força para ela e os amigos, mas a saudade é imensa, você bem o sabe. Como você me disse minha linda, tenho mais é que agradecer que ela está viva. Obrigada por suas palavras de conforto e gostaria de te dizer (talvez já tenham lhe dito isso) que Deus toma as decisões que sempre são para o nosso bem, por mais que, por um tempo, voce ache que não. Sou espírita e tenho certeza absoluta de que seus pais estão sempre por perto, te apoiando, sorrindo com suas conquistas e atitudes generosas e tristes quando sofres ou faz algo de que possa um dia sofrer as consequencias. As missões deles já foram cumpridas nesta vida, agora cumpra a sua da maneira mais bela possível, pois sua realização e felicidade será a deles também. Saiba que quando conversas com ele (sem revolta é claro!), eles te ouvem e te consolam, tenha a mais absoluta certeza disso, você nunca estará sozinha e quando chegar a tua vez de partir para o mundo espiritual (sem ser através do suicídio), adivinhe por quem você será recebida? Pois é, seja generosa, boa e conquiste com dignidade seu espaço que você terá esse mérito. Seja muito feliz também meu amor! Muita paz pra você e muito obrigada!



Luannas
24/01/2011 | 02h59m16s
Oi!!! Obrigada tb por suas palavras.
Sinto muito a falta dos meus pais.... Sou filha única... Parece que estou sozinha no mundo... A minha tia é quem cuida de mim...
Mas, já aprendi que tenho forças para superar tudo isso...
Muitas coisas aconteceram na minha vida, desde a morte dos meus pais, talves por estar só... Mas, sei tb que eles de uma certa forma estão comigo... Por isso e por mim mesma procuro trilhar a minha vida da forma mais correta possível... Sei que não sou nenhum modelo para ser seguido, mas sei também que diante tantos erros tenho tb muitas virtudes....
Sou muito carente de colo de pai e de mãe.... Dê muito colo a sua filha... Sem esperar dela qq reação... Cedo ou tarde ela vai perceber a importancia de um colo de mae... Lembro dos dias em que eu dormia na sala de televisão vendo desenhos ou filmes (que adoro até hj) e acordava em minha cama, pois, meu pai me pegava no colo e me levava até minha cama (mesmo com 13 anos - confesso sempre adorei isso).... Se hj durmo na sala assistindo tv, no dia seguinte acordo no mesmo lugar em que dormi, pq não tenho mais niguem para me colocar na cama... (hj peso 49kg acho que ele teria forças para me levar para a cama).
Pelo que percebi sua filha te ama... Como lhe disse ela precisa deste momento...
Seja feliz, beijokas neste coração...




Lu@_86
25/01/2011 | 10h14m29s
Donnadolce, não sou mãe...mais como filha sei q deve ser dificil aos pais qnd um filho sai de casa. Mais ter certeza q para o filho tbm é muito doloroso...eu fico imaginando eu debaixo do chuveiro e vejo q esqueci o sabonete como vou gritar mãeeeee pegua o sabonete pra mimmmmm rs, é dificil mais acho q é superavel com o tempo vamos aprendendo q devemos levar o "sabonete". Todas nós principalmente mulheres queremos essa tal independencia sorte q sua filha escolheu o jeito certo imagina ela estivesse arrumado um filho com essa idade, deixa ela está estudando e isso é bom.
beijinhus e fica na paz.



donnadolce_am
01/02/2011 | 18h58m18s
Oi linda!

Obrigada pelo seu depoimento e conselho. Sei que ela teve a melhor das intenções, porém sofro com a ausência dela, mas até que estou aceitando um pouco melhor a situação com a ajuda de vocês. Obrigada pelo apoio!

Bjin e fique com Deus!!



isa chic
01/02/2011 | 19h22m59s
sem dúvida,é muito difícil,pra nós,mães,aceitarmos q nossos filhotinhos querem voar com suas asinhas( meio desengonçadas ainda,é verdade..)mas esse dia chega,mesmo,amiga,e temos q dar a maior força,eles se sentem orgulhosos de si próprios...no começo a gente leva um choque,mas depois vai se acostumando...mas,pelo menos,ela continua perto de vc,né,amiga,e ela não foi embora por causa de nenhuma briga,ou desentendimento.orgulhe-se dela,ela vai se sentir muito mais segura ainda do seu amor...bjs.



donnadolce_am
03/02/2011 | 13h58m47s
Oi Isa querida.

Suas palavras e conselhos são bem-vindos, obrigada. Realmente é um pouco difícil aceitar, mas é a vida e educamos nossos filhos para o mundo não é isso? Mas a saudade é constante no meu dia-a-dia. Obrigada pelo apoio e atenção.

Muita paz pra vc e sua família!




josy.z
01/02/2011 | 19h43m47s
Imagino como deve ser muito dificil pra voçe,mas acho que voçe devia apoia-la mesmo que por dentro voçe esteja destroçada,ela escolheu ter independência, é admiravel!
E mesmo que com um emprego não muito rentavel,ela passando por dificuldade ou não isso será motivo de orgulho pra ela, lá na frente.Tente superar, imagino como deve ser dificil!
Estou torcendo por voçe1!
Beijos



donnadolce_am
03/02/2011 | 14h11m13s
Oi Josy, tudo bem com você?

É amiga, você pode imaginar o que é estar "destroçada" por dentro , como você falou, e ter que ajudar a minha própria filha a sair de casa, quando no fundo, o que mais queria é que ela desistisse da idéia. Sabe mi, não conheço ser mais forte do que uma mãe, de verdade e isso já começa pelo parto (não é fácil!), pois buscamos forças que não sabemos nem de onde!

Obrigada pelas gentis palavras de carinho!

Muita paz para você e sua família!



loira042
28/02/2012 | 21h38m33s
Minhas queridas amigas, me identifiquei c o problema de vcs, e precisamos nos unir... Tenho uma filha de 24 e uma de 19, a mais nova muito rebelde que nunca gostou de estudar, agora precisa se arrumar na vida. Estudar ou trabalhar. Já fizemos de tudo, conversamos tanto, aconselhamos, levamos a psiquiatra, psicólogos e nada. Tiramos daqui do interior onde tem péssimas companhias mandamos para morar na capital p estudar, nada, voltou para cá. Aqui, saiu de casa pq brigamos, foram 10 dias,e foi difícil achar... ela diz que n quer morar c a gente...!!!??? Ela não quer nada mesmo, tirei mesada, n damos mais $$. Se meteu aqui c os vagabundos pessoas horrorosas mesmo, da pesada e resolvemos levar p a capital de Salvador de novo. Precisamos ter q tirar ela daqui urgente. Fomos para a praia nós duas para pensarmos, conversarmos durante 13 dias, de lá fomos p Salvador onde mora minha filha mais velha. Fiquei lá e revezava c meu marido p evitar q ela ficasse só. Até então, estava tudo bem, me ligava para falar onde ia o q fazia, estava ótima, parecia que teria mudado ou estava se esforçando para isso de verdade. Já tínhamos arranjado um emprego p ela e eu iria passar o carnaval c ela na ilha para evitar as más companhia e de repente desandar tudo de novo.
Ate que um dia saiu para voltar no outro e até hojeeeeeeee. Desde o dia 07/02 n tenho noticias dela, nunca me ligou...Viram ela no carnaval, falaram c ela e ela disse estar casada com um vagabundo daqui do interior, com aliança no dedo e morando c esse cara.... Só soube disso, mais nada...Faz hoje 20 dias exatos q falei c minha filha....E acho que depois de mais 6 meses de tentativas p ela n sair de casa, dela sair e eu ir buscar, de choros, escândalos, meu marido passar mal, eu ,minha mãe, toda a família sofrendo c esse drama, vou deixá-la. Acho que ela quer isso mesmo, ficar só, envolvida c esses caras.. Não sei o que fazer, n durmo, n trabalho direito, choro feito uma louca...imaginando aonde está, o que come, o que veste q nem as roupas ela levou...como estão a tratando...Ele n liga p nós, n se preocupa conosco, por que ela fez isso? N sei o q fazer de verdade...Peri minha filha? Entro no face dela todo dia e nada, ontem ela colocou lá... “TEMPO AO TEMPO”...o que significa isso mesmo??? Para a gente esperar? ir atrás de novo e ela dizer que não quer voltar? Como ter independência sem ter emprego, nem onde morar? Não sei o que fazer...



gatomalhado
28/02/2012 | 21h42m03s
Vc cria filhos prá o mundo, não pense vc que seus filhos são marionetes ou propriedades suas. Um dia pela lógica vc irá partir desse mundo e eles irão ficar e eles teram que vençer na vida nesse mundo cão só sem vc.
--------------------------------------------------------------------------------



loira042
28/02/2012 | 21h47m00s
Más soube q ela está vivendo com cara sem escrúpulos, não nos disse nada até hoje, ela só quer curtir a vida, ter $$, status, é fetas e festas, n estuda, n trabalhaa e sempre teve tudo...não entendo!!!Ela podia pelo menos dar noticias, dizer o q escolheu para sua vida, dizer q está bem...só noticias...Não sei procuro ela ou deixo ela pensar no que está fazendo, se é isso mesmo q ela quer...Ou deixo ela vir qd precisar?



t.t.bahia
04/05/2012 | 09h13m39s
Oi minhas amigas,sei da dor porque vices estão passando, principalmente você que tentou fazer tudo por sua filha,e não consegui faze-la compreender,que você não quer mandar na vida dela,nem que ela faça o que você quer mais sim direciona-la a uma vida mais segura para ela mesma onde ela possa sobreviver da propiá luta e trabalho,no fundo e isso que toda mãe quer,pena que são tão incompreendidas,eu também estou passando por isto agora,minha filha unica tem 19 anos e saio de casa para buscar o resultado de um exame,passou na casa de uma cliente do meu salão,ficou la por todo o dia e depois de la foi embora sem levar roupas,sapatos e nada como se a vida não fosse nada,como se tudo não valesse a pena,como se não desse importância a mim ou a nada ate mesmo como se eu não fosse nada,estou a quatro dias de cama,sem ninguem pra conversar e nimguem pra me entender, párese que perdi as forças e não sei o que fazer, já ate sei o que todo mundo vai dizer,pra deixar pra la que a vida e dela mais,mais não e' por que eu queira ser dona da vida dela e sim por que eu gostaria de ter o direito de conduzi-la ate um caminho melhor,eu só queria me sentir um dia feliz com minha filha,tentei de tudo mais nada foi o bastante para ela,estou lutando para me levantar,vou tentar buscar outros caminha para me sentir mais feliz.e muito importante para mim estar aqui agora,sei que não estou sozinha nesse caminho,quero me levantar desta cama e lutar por minha vida,ja que tenho diabites,preção alta, emocional, preciso lutar por minha vida,obrigada a todas minhas amiga,mesmo que só por mim ouvirem,um grande abraço.




nova resposta

Você
:D


Avise-me quando houver novos comentários nessa matéria