fóruns

Amor

Relacionamento 17.697 tópicos | 272.675 repostas
Vitoria_4466
29/05/2010 | 09h16m00s
Ele era muito especial, sincero e parecia que já nos conhecíamos há mt tempo. Tivemos alguns encontros durante anos. Fiquei mt apaixonada. Acontece que ele morreu há pouco tempo e eu estou transtornada, pois eu pensava em separar-me para ficar com essa pessoa. Nosso relacionamento não foi adiante mais porque eu sou casada e ele ficava indeciso, não queria destruir uma família, dizia que eu pensasse nas minhas filhas... Nunca havia pensado me separar. Não estava procurando outra pessoa. Aconteceu, nos conhecemos e foi mais forte. Não conseguia parar de pensar nele. Mas eu era casada e esse era o grande problema. Ficávamos sem nos ver e depois ele me procurava. Depois ele dizia que estava com outra pessoa. Eu sofria dizia que não queria mais vê-lo, depois eu o procurava e nós voltávamos. Quando eu não o procurava, ele telefonava e dizia que sentia tudo do mesmo jeito e queria me ver. Ficamos num acaba e renova durante anos. Ele teve problemas de saúde e morrreu há pouco tempo. Nossa história ficou assim... Estou num sofrimento terrível e nem posso falar pois não me entenderiam, por isso escrevo aqui. Como sair desse sofrimento? Tudo está sem graça... Estou desmoronada, não consigo fzer mais nada em minha vida... Não consegui ainda me acostumar com a idéia. Me pergunto: Ele morreu mesmo? Estou cambaleando e está tudo sufocado dentro de mim, pois não dizia esse segredo a ninguém... Como superar isso?



amanda passos
04/06/2010 | 21h25m59s
Querida Vitória. A vida é engraçada.... Vc pedindo ajuda de um lado, precisando de apoio e vc não sabe como foram acolhedoras as suas palavras, o seu depoimento. Passo por uma situação muito parecida. Casada, dois filhos, um bom marido, porém ausente, e me envolvi com um homem muuuuito mais velho que eu, casado. Não pedi para acontecer. Simplesmente deixei que o amor imperasse. Eu já estava apaixonada por ele antes de nos envolvermos. Logo eu que sempre achei que jamais trairia, tinha a certeza que isso era coisa de mulher que não era séria, sempre julguei as mulheres que traíam, enfim cuspi para cima e caiu na minha testa! Estamos juntos há 3 anos. Tentei me separar várias vezes, mas a diferença de idade é um fator complicadíssimo. Por mim eu já tinha me separado, mas ele dizia que eu seria apenas enfermeira dele e nunca apoiou essa minha idéia. Ele era o meu ídolo, o meu grande amor e ele dizia que eu era a mulher que ele sempre quis. Enfim.... no início do ano ele descobriu um tumor maligno. E então, de uma hora para a outra, tudo mudou. Ele está fazendo tratamento e a família dele tem estado muito presente, com isso eu tive que me afastar. Não consigo quase contato com ele. Tenho medo de passar pela sua morte. Choro muito. Sinto a falta dele demais. E não tenho o que fazer. Gostaria de estar ao lado dele, o apoiando, segurando a sua mão. O que tem me ajudado muito é a terapia, afinal o nosso sofrimento, de uma mulher casada, tem que ser contido. Meu marido já percebeu que ando triste e chorando pelos cantos, digo que estou na TPM, estou em crise existencial, no trabalho, etc... e como ele não presta muita atenção em mim acaba acatando as minhas horrorosas desculpas. E assim vai.... Então Vitória, não tenho muito o que te dizer, talvez obrigada pelo seu depoimento e dizer que não estamos sozinhas. Força!



Vitoria_4466
06/06/2010 | 21h19m15s
Passar por situação parecida faz entender melhor uma a outra. Faz-nos solidárias no sofrimento. Não gostamos de sofrer, mas em certas situações somos impotentes e nos sentimos envolvidas numa dor incontrolável...
No meu caso, amiga, nossas idades eram equivalentes, eu 45, ele 48 anos; ele era livre, divorciado e eu comprometida. Ele queixava-se que não podíamos andar livremente, de mãos dadas... E eu só poderia fazer isso se ele assumisse a nossa relação e nisso ele hesitava, dizendo que tinha receio de que se não desse certo, eu seria a principal prejudicada, pois eu tinha mais a perder que ele; que ele vinha de um casamento fracassado e sabia que conviver é mt difícil. Eu pensei muitas vezes que era tudo desculpa e acabava, mas sempre voltávamos por iniciativa dele ou minha mesmo. Nossa amizade era muito grande e nos dávamos muito bem em todos os sentidos. E eu também confesso que mts vezes hesitava quando pensava em minha família e em meu marido, que não é perfeito, mas é uma pessoa calma, bom pai e sinceramente, gosto tb dele.
Mas o outro era maravilhoso. Personalidade segura, mt masculino, tranqüilo, cabeça fria. Ele era uma criatura cheia de luz. Qd eu o via ou falava com ele por telefone, ficava cheia de entusiasmo para viver. Nós nunca brigávamos. Ele me compreendia e eu o compreendia. Eu sabia de muitas mulheres interessadas nele e suportava tudo sem poder demonstrar.
Quando ele teve que ficar internado em hospitais eu não podia estar ao lado dele do jeito que eu queria estar, pois tinha a minha família e como explicar que iria ficar num hospital acompanhando alguém que para eles era desconhecido? Ele entendia isso e dizia que eu não me preocupasse pois ele tinha parentes. Nos momentos críticos que ele passou, quase expus nosso relacionamento à família dele toda, mas ainda bem que não fiz isso, pois eles me julgariam mal. Mas foi muito sofrível pois fiquei como vc, amiga, chorando pelos cantos e meu marido tb agiu da mesma forma que o seu, acreditando nas minhas desculpas, porque ele é mt desligado, pensa que é besteira minha. Mas vc deve estar preparada psicologicamente para qualquer coisa que possa acontecer. Espero que sua história não tenha o mesmo final; espero que o seu amor se recupere, pois para Deus nada é impossível. Vc diz que está fazendo terapia. Como é isso? Como se processa essa terapia. Se puder dizer como é talvez me ajudasse tb. Eu estou um pouco mais forte, mas ainda passo madrugadas pensando e lembrando e sinto tanta pena por ele, que gostava tanto da vida... E foi embora tão cedo, tão de repente, tão jovem ainda. Acredito em Deus e estou procurando me perdoar, pois apesar de achar que não errei, sinto algo como um peso... Obg pela força e a mesma força que deseja para mim desejo para vc.



amanda passos
11/06/2010 | 00h13m00s
Vitória, faço psicoterapia. Terapia com psicólogo. Enfim... é uma forma de desabafar com uma pessoa que não está alí para te julgar e sim te ouvir e também decifrar os seus sentimentos. Até porque, não sei se isso acontece contigo, sentimos coisas que não conseguimos entender e o profissional está alí para te esclarecer e reorganizar os seus pensamentos para que vc tome a melhor atitude. No seu caso, seria interessante pelo menos para vc desabafar e conseguir digerir melhor essa situação. No mais, querida, tenta se voltar para o seu marido no momento. Aproveita o dia dos namorados, quem sabe vc não consegue aos pouquinhos tornar o seu sapo um príncipe novamente. Afinal poucas pessoas conseguem formar uma família bonita como vc conseguiu. Não custa tentar! Nós às vezes temos a solução para os problemas e apenas não conseguimos enxergá-los. Eu estou tentando fazer isso, afinal, vc ouviu a minha história... não sei se vai dar certo, mas estou tentando. Bola pra frente, cuide-se e pense.... vc tem a sua família e não a perdeu. Vamos em frente. Um grande beijo e novamente, obrigada.



um amigo
04/06/2010 | 22h10m54s
Amiga... Só tem uma maneira de vc se livrar desse sentimento terrivel q tem te consumido: é você olhar para frente... apesar de vc ter tido um relacionamento forte, apesar de promiscuo ( fora de seu casamento ) a amiga tem q entender uma coisa... Ele já se foi, mas vc ficou, e por isso vc deve agora cuidar da pessoa mais importante da sua vida... VOCÊ... PORTANTO esqueça o que passou lembre-se que vc tem uma linda familia, filhas maravilhosas, e q elas PRECISAM de vc. Busque forças em DEUS, se arrependa deste caminho errado que vc andou durante anos e receba uma nova chance pra ser feliz e viver novamente. Chame por JESUS CRISTO AGORA AI, ONDE E COMO VC ESTIVER e tenha a certeza d q ELE irá te dar forças para vc sair dessa situação... como ELE disse: Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviareis... Tomai sobre vos o meu jugo,e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração , e achareis descanso para vossa alma (Mateus11;28,29)... Que Deus abençoe abundantemente.



Vitoria_4466
08/06/2010 | 21h40m52s
Obg amigo, tenho Jesus em meu coração sempre.




Blue Vanessa
29/05/2010 | 11h55m02s
O sofrimento vai acontecer e ficar martelando mesmo. O que você não pode fazer é viver presa. Deixe ele vir, sinta tudo o que tiver que sentir, que uma hora passa.



anelize_b
29/05/2010 | 13h35m52s
Bom é aguas passadas, a morte um dia chega para todos,,,,acho que você deve está meditando profundamente no que aconteceu, mas amiga sua vida continua tenta se concentrar nas filhas que vc têm... e viva sua vida... Faça um curso que vc goste para ocupar sua mente seus pensamentos....respira fundo e se renova.... aproveite sua vida sim e não aproveite para se lamentar do passadooooo... viva para o presente e pense no seu futuro e no futuro da sua familia... BOA SORTE ESPERO QUE VC SE RECUPERE ESTOU NA TORCIDA POR VOCÊ...



Vitoria_4466
29/05/2010 | 16h26m15s
Estive no cemitério e fiquei muito tempo abraçada ao túmulo dele. Fiquei olhando de longe o local onde ele morava. Fiquei horas como uma desorientada andando pelas ruas, sem acreditar. Não acho que foi uma farsa porque era muito real e sincero o que houve entre nós. Ele dizia que não queria levar a culpa de destriur uma família, pois eu mesma lhe disse que meu marido era uma boa pessoa. Propôs sermos amigos, mas eu não conseguiria mais ser apenas amiga, pois sentia desejo de abraçar e sentir e ele tb sentia o mesmo. Ele tentou construir outros relacinamentos, mas qd acabava, lembrava de mim e eu não conseguia dizer não porque eu o adorava. Todas as pessoas que conheciam ele diziam que ele era uma pessoa excelente. Eu tive o privilégio de conhecer alguém tão especial, que me compreendia, que me ouvia, que dava um toque especial à minha vida. Por causa dele cuidei mais de mim, me arrumava. Ele me fez esquecer por algum tempo os sofirmentos da vida. Ele era sempre sorridente, bem humorado. Parecia que lia os meus pensamentos. Acho até que naõ foi traição, porque eu apenas amei alguém. Podemos gostar de duas pessoas ao mesmo tempo, de formas diferentes. O fato terrível é que ele partiu para sempre... E eu amigas, busquei aqui ajuda, como por exemplo alguma palavra que me levante o ânimo, as forças e não ser chamada de traidora, pois só sabe o que eu estou sentindo é quem passou ou passa por algo semelhante. Parece um vendaval em minha vida. Será que eu mereço isso mesmo - sofrer - por ter cedido aos sentimentos sendo casada com alguém que até hoje não me traiu? Sinto-me envelhecida, sinto-me sem forças... A vida perdeu a graça e não tenho mais motivos para ser mulher, pois aquele homem que me fez sentir mais bonita e querida não existe mais... Sinceramente quando escrevo isso, estou com os olhos cheios de lágrimas e vontade de gritar. Tenho medo de morrer também logo por essa dor... Faço o que ele me mandava fazer: pensar nas minhas filhas, que precisam de mim. Quando somos mães, a mulher fica em segundo plano... Hoje sou apenas mãe. A mulher morreu junto com aquele homem que eu amei. A dor é tanta que você não imaginam. Obrigada de coração a quem me entender. Quem entender diferente, perdoe, talvez eu não presto mesmo...



rossicleide
04/06/2010 | 21h44m26s
nau deve pensar assim .eu acho que realmente ele gostava de vc.mais vc nau pode ficar deste jeito.procure forças vai a igreja reza peça perdão a deus.se confece.fale com o padre fale com deus.vc consegui.mais eu pens que qundo gostamos msmo de alguem queremos ficar perto porq ele naute asumiu.vc e casada fato mais separa e asumice se ele quizece.a pesoa nau pode ficar com outra sem amar so porq ela e bõa.nau concordo mais noseu caso tem filhas aifica dificil mesmo mais nau fique assim.se cuida.



Blue Vanessa
29/05/2010 | 17h30m48s
MInha querida Vitoria, lembre-se de seu nome.

E lembre-se de que não era ele quem te fazia mais bonita e mais querida . Ele apenas lembrava você disso. Poxa vida, era tanto controle que uma pessoa tinha da sua vida que você vem dizendo que a parte mulher morreu? E se você realmente o amava tanto assim, é dessa maneira que vai querer seguir em frente? Pense no que essa pessoa sentiria de ver alguem assim desolada e se sentindo culpada por isso .


Ele pode ter sido o amor da sua vida, realmente, mesmo você estando casada. A vida é engraçada assim mesmo, e isso que faz ela ser uma delícia, pois podemos buscar aprendizado em realmente tudo. Só que eu sempre digo que o amor é algo que flui. Ele não prende, ele não segura, ele apenas flui, e quando é reciproco, essa corrente de fluidez é algo maravilhoso. Só que no seu caso, parece que você só está vendo a parte que vinha dele para você. Toda essa felicidade que vc sentia, todos os momentos bons também eram responsabilidade tua. Tua obra. E não é porque o outro se foi (mesmo em algo tão impactante como a morte) que isso se foi tb. Pq vc continua por aqui.

A morte é algo imprevisível, mas ao mesmo tempo certa para todos. Faz a gente refletir sobra o quanto nada é eterno, e sobre o quanto expectativas são futeis. Faz a gente dar um maior valor ao tempo presente.

Sinta toda essa dor querida. Mas não seja escrava dela. O tempo vai fazer tudo passar, e fazer perceber teu real valor. Conforme o tempo for passando, vá procurando uma maneira de repassar essa felicidade (a mesma que fluia de você para ele e vice versa) para o mundo. Isso vai te fazer bem, vai te fazer complea (da maneira que era antes, pq sera a mesma energia fluindo) e te fará consciente do quanto vc é capaz e que a verdadeira felicidade mora em você. Não em ninguem mais.

Vc não morreu minha cara, não mesmo.



Vitoria_4466
29/05/2010 | 21h26m51s
Blue Vanessa,
Minha querida. Suas palavras são socorro para quem como estou está sem rumo... Foram tantas as coisas impressionantes que aconteceram, que eu não paro de pensar naquela pessoa. Na última vez que nos vimos eu senti que era uma despedida. Não sei explicar como senti isso. Não admiti pois na ocasião pensei que era como se nós não fôssemos mais nos ver. Imaginei até que ele não queria mais me ver. Mas não era isso. Era despedida porque ele não viveria muito tempo.
Dias antes de vê-lo pela última vez, tive um sonho estranho com ele. Vi-o deitado. Eu me admirava no sonho que ele estivesse naquela posição imóvel, mas ele não estava dormindo, estava com os olhos entreabertos, mas imóvel. Imediatamente tive outro sonho e alguém me dizia para colocar as lembrnaças que eu tinha dele no local correto e essa pessoa no sonho me mostrava o local e imagine: era uma caixa do tipo urna funerária. Eu interpretei que o sonho seria para que eu esquecesse esse amor, que eu o colocasse no lugar dos mortos, ou seja que nosso relacionamento deveria acabar, morrer. Aí nesse último encontro eu contei esse sonho para ele e imediatamente ele disse: "Eu vou morrer?" Respondi que não era ele mas o que eu sentia por ele que deveia morrer, ser colocado na urna, no lugar dos mortos. Mudamos de assunto e, depois ele falou-me sobre os problemas cardíacos que vinha tendo e outros problemas pessoais. Animei-o e prometemos um ao outro que nossa amizade nunca acabaria. Dias depois soubre que ele tinha morrido... Meu subconsciente avisou-me do que iria acontecer, mas eu nunca iria admitir que seria a morte dele. Eu acredito que a vida continua, não física, mas a consciência dele está viva e sei que ele sabe que o amor que sinto por ele é verdadeiro... Ele está bem, eu tenho certeza, pois ele era uma criatura de muita bondade no coração. Mas eu preciso levantar, estou caída.
Todos os dias peço a Deus forças para viver.
Suas palavras foram mt bem vindas para mim. Vc é uma pessoa marvilhosa. Obg.



Blue Vanessa
29/05/2010 | 22h13m07s
Nós usamos demais nossa mente para imaginar o que vem do futuro ou como o passado poderia ter sido. Foque o passado nas boas lembranças, elas te dão força para seguir em frente. E deixe o futuro quieto, vivendo o presente, com essa força que veio do passado.



dany.alves
30/05/2010 | 12h52m34s
Pense nos momentos bons que vc teve ao lado dele e foque agora no futuro. Vc disse que isso era um segredo, que não contou e nem pode contar a ninguém. Já pensou em fazer uma terapia? Parece que vc tem sede de desabafar e não pode contar com niguém, pelo menos com um profissional vc poderá se abrir, pq será muito ruim vc ficar guardando isso só para vc , sem poder desabafar.Boa sorte.



Sann75
30/05/2010 | 16h25m09s
Querida Vitória!

Não sou muito de comentar nos fóruns mas não pude deixar de me comover com a sua história. As pessoas que estão de fora têm um olhar frio, imparcial, cheios de conceitos, de verdades, princípios ... enfim. O que é é muito natural. Só que por experiência própria quando os sentimentos entram na história todo esse arsenal de racionalidade fica em segundo plano e é muito difícil convencer os outros de que não erramos ou pelo de que menos não era essa a intenção. Sei que as palavras não te arranca a dor que vc deve sentir agora, por que só o tempo fará isso. se vai demorar mais ou menos pra passar é o XIS da questão. Não busque ouvir palavras que gostaria de ouvir pra te aliviar o peito, pq isso pode não acontecer, mas sei de uma coisa que pode te aliviar e aliviar e aliviar... aos pouquinhos, até que quando se der conta esteja em pé de novo. Ore! reze! Onde quer que vc esteja. Em casa , na rua, onde precisar. O conforto de Deus virá em teu socorro. Quando o desespero de que nada mais poderá fazer para resolver o teu problema reze. Deus irá te entender sem ao menos te julgar e mandaram socorro para ti. E quando teu coração começar dar sinais de alívio aos pouquinhos vá ocupando tua cabeça com outras coisas. Um dia de cada vez.

Desejo sinceramente que consigas superar esses momentos difíceis.




dividida
01/06/2010 | 02h02m58s
Querida, eu entendo você...vc não cometeu nenhum crime nem é uma traidora, apenas amou!
Imagino que as lembranças não devem sair da sua cabeça mas meu bem, esse vazio da ausência dele, de saber que não vai mais encontrá-lo, isso tudo uma hora vai passar!
Tente apenas viver, um dia de cada vez e com o tempo vai encontrar conforto no seu coração!
Apenas respire e mantenha-se viva!
Se quiser conversar, estarei por aqui.
Um beijo e fica com Deus!



Vitoria_4466
03/06/2010 | 12h59m12s
Obg pelo apoio.
A cada dia fico mais forte. Escrever aqui ajuda. Desabafo e vejo que isso vai esgotando aos poucos a dor da perda. Mas, ele não era realmente meu, meu companheiro, porém era uma pessoa mt especial para mim. É mt complicado envolver-se num relacionamento sendo casada, pois eu não consigo envolver-me com alguém se não estiver gostanto e levando a sério. Passar tempo é brincar com os sentimentos, principalmente com os meus.
Às vezes fico pensando: se eu não estivesse naquele lugar, naquele momento, no dia em que o conheci... eu não teria começado a gostar dele...
mas, tudo é experiência... foi o que ganhei disso... vou superar...
Uma pessoa me falou: Olha, pior seria se ele tivesse acabado tudo e ficado com outra e acabasse de vez o relacionamento contigo. respondi que era direito dele, e eu gostava tanto dele que iria respeitar o querer dele... mas morrer...
nem eu e nenhuma outra ficou com ele... Tenho minha consciência tranquila... e como disse alguém nesse fórum Deus não julga, Ele ama e sara tudo...
Sei que vai levar tempo para que eu supere tudo mas sei de uma coisa: já estou buscando me reerguer...



Blue Vanessa
03/06/2010 | 20h15m46s
Fico feliz em ler que você tá se recuperando vitória. Pode contar com a gente para o que precisar.



ana131_canceriana
04/06/2010 | 11h03m54s
Vitoria sinto muito por tudo e acho até bonita a sua história, olha não ligue para julgamentos, nada é por acaso e vcs tinham que viver o que viveram. O tempo é um balsamo e com certeza vai confortar o seu coração, a saudde vai sempre existir claro. Mais pense nos bons momentos e no quanto foi válido tudo isso. Vc viveu plenamente um amor que merecia viver.
A morte não existe é só uma passagem de onde ele está pode te ver e ver até o seu sofrimento o que pode até causar dor a ele tbm... Mais tudo bem, chora, sinta o que tiver que sentir, somos seres humanos, mais procure fazer preces pra que jesus alivie seu sofrimento e te faça entender que essa vida é efemera mesmo é só uma passagem.
Eu espero de coração que vc fique bem, siga sua vida, crie suas filhas e seja muito feliz, continue sua tragetoria e não se arrependa de nada, porque vc viveu o que tinha que viver linda!



mara lucia
04/06/2010 | 15h58m25s
Oi Vitória!
Linda sua história e ao mesmo tempo triste... Olhe, pense que tudo passa nesta vida e este teu sofrimento tbém vai passar... acho q vc ñ fez nada de errado, apenas se apaixonou, tbém gostaria de viver um grande amor assim... eu lhe indico um livro que vai lhe ajudar muito: Violetas na Janela. beijos, se cuida. Deus te Abençoe.



rossicleide
04/06/2010 | 21h57m26s
minha querida amiga.olha eu te digo uma coisa e certa esta dor vai ficar muito tempo viu,mais umacoisa certa o tempoe o melhoooooor remedio.vc tem que rezar pedir forças a Deus quando estiver em desespero vai pra igreja senta la cj=hora reza pedi a deua o melhor caminho ele vai te mostrar.e pense. poderia ter cido pior nau.e se vcs fosem descobertos.porq geralmente a mulher fica mais falada ne.ficaria pior pra vc.perante suas filhas familia porq nem todo mundo entende uma historia de amor ne verdade.mais vc nau pode ficar assim.agora foque so nas suas filha viva vc nau moreu a vida continua.........deste jeito vc pode acabar ficando so ...........e muito mais complicado ne verdade bjão fica com deus.



Vitoria_4466
13/06/2010 | 01h35m32s
Afirmo todo dia: Deus está comigo, em breve estarei de pé novamente.
Dou adeus ao passado e sigo minha vida... mais forte e preparada, moldada pela dor, mas
esperando o melhor.



Vitoria_4466
13/06/2010 | 02h04m50s
Vim aqui para desabafar, para libertar a dor. Encontrei gente amiga, "humana".
Mt bom ler essas palavras que escreveram. Vcs não sabem o qt valeu para mim.
A energia boa delas chega em mim e produz efeitos revigorantes.
Que seja benéfico tb para vcs o tempo que passam aqui lendo, retornando mensagens.
Achava que nós só poderíamos amar o que conhecemos, me enganei...
Sinto amor e sinceridade nestas mensagens.
Me ajudaram a lembrar que sou como vcs: um ser humano em evolução, errando, acertando, aprendendo...



Sou_de_Recife
22/06/2010 | 16h18m09s
Espero que vc esteja bem melhor e lembre-se que a vida é passageira mesmo. Devemos aproveitar os momentos e darmos o melhor que tivermos. Se vc amou e deu de si o melhor que tinha, então vc foi feliz. Não foi possível viver com o seu amor, mas vc o fez feliz e ele a fez tambem pelo q vejo. Deus continue te dando forças.




nova resposta

Você
:D


Avise-me quando houver novos comentários nessa matéria