fóruns

Amor

Homens 2.131 tópicos | 47.056 repostas
caaassi
13/02/2012 | 18h03m05s
Ja li alguns foruns sobre bipolaridade nesse site. Pensei em ter falado antes por aqui para conseguir ajuda e fui deixando até que chegou ao pior. Meu (ex)namorado ontem me deixou de vez, fui empurrada pra fora da casa dele e ele disse que nunca mais quer me ver....claro que colocando toda a culpa em mim. Acontece que amo muito ele e preciso saber se ele realmente é bipolar porque se sim eu ainda tenho esperança, se não, realmente eu estraguei nosso relacionamento (como ele alega) e agora ele não quer mais saber de mim.

Vou contar um pouco dos ultimos acontecimentos para ver se já consigo uma opinião. Ele sempre teve crises tentando acabar o relacionamento, 1 vez por mes em media...depois sempre voltava pedindo desculpas. Acontece que de uns tempos para cá essas crises começaram a ser mais frequentes. Ele anda preocupado com o futuro, pois esta no ultimo ano de direito e tem que fazer tcc e estudar para a OAB. Ele começou no fim do ano passado o trabalho novo (ele ficou 3 meses em outros estagios e trabalhou 1 dia em 2 diferentes, tudo em 2011)....ele sempre vem reclamar que trabalha 8h e meia lá e não aguenta mais tanto trabalho.

Teve um dia, por exemplo, que ele teve um ataque terrivel...foi no inicio desse ano. Ele disse que nao me amava mais, que tava comigo por pena, que há 6 meses ta tentando acabar comigo. Eu surtei, tava na casa dele (ele mora com irmao e primo, mas eles estao viajando), disse que ele era uma pessoa horrivel por fazer isso, que ele tinha destruido minha vida me iludindo que me amava e depois de 1 ano e meio juntos ele fazer isso, ainda depois de falar que me ama, quer casar e ter filho. Ele disse que o problema era eu pq sempre fui possessiva e briguenta e nao deixava ele sozinho...o problema é que ele já fez bobagem como me trair e por issso nao confio). Mas eu sempre fui muito amorosa e nunca deixei ele com duvidas disso, ja ele tentou varias vezes fugir de mim (ele nunca teve relacionamento serio antes). Depois de ele ter falado que nao me ama e tudo mais ele se arrependeu, começou a chorar...disse que eu nao merecia ele, que ele nao ia ter tempo pra mim esse ano, que ele tinha que ir num psicologo pq tem vontade de se matar as vezes.

Isso é só um pouco que ja aconteceu. Há umas 2 semanas ele pediu tempo, dias depois disse que sentiu minha falta que nao consegue me esquecer. No final de semana retrasado fomos para praia com um casal de amigos dele e as vezes ele me tratava bem as vezes nao. A ultima coisa que aconteceu foi esse final de semana...quinta nao nos falamos e sexta ele nao me atendia e acabei indo na casa dele.Ele tava bebendo, fumando maconha, a casa tava bagunçada e tinha louça de dias pra lavar. Sai de lá ontem de manha, empurrada por ele. Foi o final de semana inteiro assim, ele brigava e se acalmava..quando brigava me chamava de varias coisas e acabou até me dando tapa na cara, ele disse que so assim pra eu esquecer ele...Fiquei muito apavorada, parece que ele virou um montro. De noite ele veio falar comigo no Facebook e disse que se eu for la de novo ele vai falar com meus pais e que nao queria mais me ver nem falar cmg..tb pediu desculpa pelo que falou e pelo tapa (disse que eu tirei ele do controle). Essa foi a pior crise dele e agora to mais perdida ainda pq amo ele e não acredito que aconteceu é real. Iriamos viajar para o Uruguai no carnaval, sabado ele falou que a gente ia e depois da volta a gente conversava...ontem ja falou que nao ia viajar comigo...de noite, quando ele falou no facebook, falei que ia esperar ate quinta para cancelar as reservas e passagens e ele nao falou nada.

Voces acham que ele vai me procurar? Ele sempmre voltou, mas isso que aconteceu no final de semana foi terrivel que ja nao sei de mais nada. Minha esperança é que se a gente viajar as coisas melhorem. Como devo agir com ele? Voces acham que ele realmente nao me quer mais ou foi so uma crise? Ele é bipolar? Me ajudem por favoooooor!!



MulherFelizRealizada
15/02/2012 | 16h08m38s
Também fui casada com um bipolar por 6 anos. Namoramos 2 anos e nos casamos. No tempo de namoro , ele era um pouco melancólico mas não percebi nenhum mudança brusca de humor. Eu confundi a super alegria dele com um jeito super alegre e de bem com a vida. Na época que nos conhecemos, ele estava numa encruzilhada profissional: Ele tinha sido um jovem advogado brilhante de Santos-sp , que já tinha notoriedade nacional por ter defendido bandidos.Ele tinha saído de uma crise de depressão , estava revendo a sua vida e viu o quê ele fazia era errado. Segundo ele, eu fui a musa inspiradora para ele tentar concursos. Depois de 2 anos estudando 10 horas por dia, excetuando fins de semana, ele passou para o juiz de direito no estado do Rio de Janeiro. Ele foi aconselhado a ficar em um trabalho administrativo na capital, mas seu medo de se envolver em grandes casos e o colocá-lo em crise emocional , nos levou a morar na pequena e conturbada cidade da divisa com o Espírito Santo, Bom Jesus do Itabapoana. Alí , ele se transformou. Como não há uma boa infra estrutura nesta cidade, o lugar onde fomos morar era um conjunto popular , onde eu tinha que dividir um varal de roupas coletivo e , neste mesmo conjunto habitacional, moravam prostitutas e contraventores, sendo pessoas que estavam nos processos que ele passava pelas suas mãos. Fiquei cada vez mais infeliz, eu não havia me casado , não havia largado os meus empregos de nutricionista em São Paulo , onde ganhava relativamente bem, para acompanhar o homem da minha vida que estava me sujeitando a viver num lugar HORROSO. Enfim, como os meus pais se divorciaram qdo eu tinha 3 anos , minha mãe jamais se casou novamente. Minha máe sempre foi independente financeiramente , retornou a São Paulo pois tinha um emprego federal e foi fácil para ela pedir transferência e se restruturar. Meu pai é médico bem sucedido, ficou no Rio de janeiro. Minha mãe abriu mão de tudo , menos da minha guarda. Meu pai havia traído a minha mãe com sua secretária 10 anos mais jovem que ela. Não querendo repetir o erro da minha mãe em ficar sozinha e ouvindo minha mãe se lamentado que deveria ter sido mais paciente com meu pai, fui aguentando morando no BNH por 1 ano e meio. Mas meu marido estava estranho : chegava em casa tarde, alcoolizado, uma vez veio sem gravata. Foi ai que comecei a desconfiar que ele estava me traindo. Nos separamos pela primeira vez qdo estavámos casados por 3 anos, já tínhamos ido para uma cidade um pouco maior, Campos . Nesta separação , fui parar na casa do meu pai. Sua esposa tinha sido diagnosticada com câncer no intestino e ajudei a tomar conta dela. Meu pai me arranjou um emprego , mas não tinha como eu trabalhar: Tive que fazer terapia. 1 mês depois , meu marido apareceu na casa do meu pai , como nada tivesse acontecido, pedindo desculpas , colocando culpa na doença. Passaram-se mais 2 anos , ele cada vez mais estúpido comigo , mais distante, mais alcoolizado e desconfio que ele estava tomando drogas e aceitando suborno e finalmente ele me pediu para ir embora. Fui morar com o meu pai de novo e minha madrasta tinha acabado de morrer. FOI UM CAOS, aguentei a barra do meu pai e a minha própria. Eu literalmente pirei, arranjei namorados , um atrás do outro e meu marido ia me visitar para tentarmos de novo, mas passávamos o final de semana juntos e ele disse que não iria dar certo depois de me prometer juras de amor. Descobri mensagens do celular do meu marido, entrei no e-mail dele. UM monte de mulheres, ele já estava vivendo com uma em Campos e me fazia de amante no Rio de Janeiro!! Eu dei um basta! Como eu sou cidadã Italiana, fui para Itália para casa da minha tia , irmã da minha mãe. precisamente em Milão. Lá trabalhei de babá e ganhava muito mais do que os 3 empregos de nutricionista. Eu sumi do mapa . Eu gostava muito de ir a igrejas . Em uma igreja , avistei um lindo louro , alto de olhos azuis coordenando um grupo de restauradores. Ele era austríaco e divorciado com uma filha adolescente, 7 anos mais velho do que eu. Eu sou morena e foi pura atração! Ele é curador de um grande museu na frança e estava na Itália lecionando um curso. Namoramos pela internet , por telefone e ele comprava passagem de avião para mim de 15 em 15 dias . Ele morava num sala e dois quartos em Paris ...CHIQUISSIMO. Ele me pediu para morar com ele lá e relutei... enrolei o gringo por 1 ano ate que ele me pediu em casamento. Claro que aceitei!! Meu marido eh o melhor marido do MUNDO. Hoje vivemos nos arredores de Paris , pois temos 3 filhos , 1 menina de 4 anos e gemeos de 2 anos. Ontem foi dia dos namorados aqui na França. Ele me comprou tulipas , orquideas , rosas , chocolate e me fez uma revelação : " Tenho 45 anos e nunca havia experimentado amor condicional antes" Bem , achei que era em relação aos nossos filhos , " Não .. é em relação a você! Minha conclusão: Eu odeio neve , amo o mar mas como estou ao lado de uma pessoa que me valoriza e me diz todos os dias que me ama , estas coisas são secundárias! Eu tinha HORROR de interior e hoje não troco minha vida bucólica por nada. Eu troquei de profissão também! Estou estudando fotografia em Paris enquanto meus filhos ficam com uma babá portuguesa em nossa casa. Pretnedo me tornar fotógrafa profisssional . Como eu me livrei do meu ex ? Ele não tinha mais o meu telefone , mas tinha o meu e-mail, mesmo depois de divorciada , meu ex marido ainda me escrevia e-mails para mim dizendo: Eu tenho uma coisa para lhe falar , estarei no Rio dia tal , vamos nos encontrar. Eu sempre respondia que não iria estar , que estava viajando. Ele ligava para casa dos meus pais e a instrução deixada para dizer a ele era: Ela está viajando.... Um dia já grávida dos gèmeos , respondi ao último e-mail dele: Caro fulano, Eu hoje me encontro na maior felicidade do mundo , recuperei a minha saniedade e através da terapia e muita meditação , cheguei à conclusão que nosso casamento não passou de um namoro, ou seja , não siginificou nada para mim. Se você ainda quiser falar comigo , este é meu skype. NUNCA MAIS OUVI FALAR DELE. Meu conselho para você que está namorando...se seu namoro já está cheio de conflitos , poupe-se de anos de sofrimento e de um divórcio , afaste-se da pessoa que é uma vampira emocional . Ele/ela vai puxar você para um buraco negro de incertezas e vai fazer você parecer culpado/a de tudo que está acontecendo de ruim na vida de voces. FUJA mesmo que voce esteja apaixonado/a.



moreno_PI
08/08/2012 | 14h32m15s
nossa isso que vc falou é verdade,fui sugado emocionalmente,e ainda sair de culpado...obg gostaria de manter contato



anasabrina1981
03/03/2012 | 17h27m00s
Cara Caaassi, passo por uma situaçao semelhante há 4 anos, gostaria de conversar com você, aguardo seu contato.
Bjs e muita força



caaassi
24/03/2012 | 16h10m22s
anasabrina1981 Qual o melhor meio para conversarmos?



SempreMaravilhosa
02/07/2013 | 23h37m04s
Bipolar tem cura; a pessoa pode fazer Meditação; meditar cura tudo mesmo, literalmente.

Veja este INCRÍVEL vídeo que vai mostrar para você
os principais erros cometidos e as principais Técnicas Comprovadas
para Reconquistar seu amado. o link é ESTE AKI >>> http://goo.gl/wJuwL





acebela30
14/02/2012 | 10h39m52s
Esse homem te bateu , é usuario de drogas, e vc ainda pergunta se ele é bipolar
Ele é um idiota, um homem violento......
Cai fora dessa relação e se de valor.



paula virginio
14/02/2012 | 11h39m13s
Putiz, como nao li tudo, nao sabia disso. Aff, quem precisa de pisicologo é ela, namora um usuario de drogas e quer o que? sabe q drogas alteram a saude e comportamento das pessoas.



caaassi
14/02/2012 | 15h45m45s
ele não é usuário de drogas, por isso estou preocupada! ele se transformou em outra pessoa pela preocupaçao com faculdade, trabalho, essas coisas. sexta foi a primeira vez que eu vi ele com maconha, ele nunca fez isso antes. O problema é que ele me fez me sentir culpada pelas coisas e to acreditando nisso, to ahcando que perdi ele pelas minhas atitudes..



acebela30
14/02/2012 | 16h19m15s
"Acorda"



Mrs.T
14/02/2012 | 10h45m25s
cai fora daí mulher!!.preze pela sua vida..
as pessoas fazem suas m* depois alegam ser doentes..as vitimas,viram estatistica..
o lindemberg tmb é bipolar..? de que interessa,ele matou né...falou quase agora q a relação deles era tensa,cheia de brigas..ela vivia chorando



caaassi
14/02/2012 | 15h49m35s
ele acha que eu que sou louca e posso matar ele, ve se pode...aff



nanda ferreira
14/02/2012 | 10h52m32s
Se ele é bipolar só ele indo ao psicologo para saber,
e se for, fazer um tratamento.

Vc gosta dele e fica tentando falar q ele é bipolar pra justificar o q ele faz.
Não fica tentando arrumar desculpas para o q esse cara faz!
Pra mim ele não gosta de vc e não ta nem ai...

Vc precisa de ter mais amor próprio,
para de se humilhar.



FFlorzinhaDF
14/02/2012 | 11h05m25s
Pelo que entendi vc gosta de ser humilhada e levar surra, amiga acorda bipolar ou não ...eu não aguentaria xingamento nem tapa na cara de homem nem mulher nenhum, que não fosses meus pais, tenho valor, e não é fdp nenhum que vai encostar a mão nesse rostinho lindo aqui de papai e mamãe. Amor e diferente de escravidão, espancamento, sofrimento. Ore pra que Deus te livre desse monstro, não fazer coisa pior com vc, passa tanto casos assim na tv, que infelizmente acabam em tragedia. Cai fora enquanto a tempo, bjos e boa sorte!



Rosi_MA
14/02/2012 | 11h36m29s
Gente é uma pena q em pleno século 21 ainda existe mulheres sub-missas a caprichos de homem, q apanham e vivem momentos envorgonhosos diante das pessoas e ainda quer ter este ser do seu lado.
Como vc afirma q o ama se ñ estás sabendo se amar?
Querida acorda, viva o hoje como se ñ houvesse o amanhã, a vida é bela.
Ñ use argumentos penosos p/ viver c/ esta pessoa q ñ tem capacidade de se amar, q dirá de dar amor a uma mulher.



paula virginio
14/02/2012 | 11h37m56s
Eu não vou ler isso tudo, porque não estou com paciencia, mas vou opinar, sei que bipolares são um saco. E eu sou muito nervosa, nao sei se bipolar, mas ninguem tem paciencia comigo, então eu que nao vou ter com os outros, quando ele vir de bipolaridade, mande ele tomar naquele lugar e suma. Se ele for bipolar mesmo, quando tiver mansinho vai atras de você.

Se ele nao for é porque não te ama, e de bipolar não tem nada, e sim um chato, mimado que acha que pode te manipular pra entender e aceitar os defeitos dele sem que você o critique.



greyce@
14/02/2012 | 11h48m58s
Ele é um babaca..



greyce@
14/02/2012 | 11h55m16s
Ou melhor dizendo o problema tá nela por tá com um desse desse tipo..



Lisa_boderline
14/02/2012 | 13h40m55s
eu não li tudo .. esse texto é mto grande e eu nao tenho paciencia. devo ser bipolar tb

acho q ningm aqui é psicologo ou psiquiatra pra dizer se ele é bipolar. e msmo q alguem aqui fosse, não se da diagnostico por internet...

pra mim vc esta querendo arrumar uma desculpa bem esfarrapada pra continuar com esse descontrolado.



Ayumih
14/02/2012 | 14h13m28s
Li isso ontem a noite e pensei em não responder.

Mas só digo que, ele sendo bipolar ou não, não dá o direito de fazer o que bem entender, te trair, humilhar, xingar...o que for, e de vc aceitar tudo isso. Bipolaridade não tem nada a ver com o caráter de uma pessoa.

Até parece que ta desesperada pra ter alguém e aceita qualquer coisa na sua vida....



voce1979
14/02/2012 | 14h25m41s
Não ele não tem problema algum, vc que tem.
Cade seu amor proprio, vc e louca ou ta esperando ele aponta uma arma pra sua cabeça pra vc cai fora dessa.
vc ama ele demais, e vc não ama a vc mesma não?
Toma jeito menina, vai viver sua vida e deixa esse louco pra la.
Ele ja te traiu, ai vc anulou sua vida pra fica atraz dele pra ele não fazer isso mais,toma vergonha na cara moça, como pode viver assim e acha que e feliz e que ele te ama, nem vc ama vc mesma.



paula virginio
15/02/2012 | 17h14m18s
Nem vou perder meu tempo mais aqui, já disse que não tenho pena de mulher que é chutada na cara e ainda volta pedindo mais!



jessie2011
15/02/2012 | 21h27m00s
O cara já traiu, é maconheiro, já deu tapa na cara, dá xilique no trabalho, não te ama e você está doida para confirmar que é "bipolar" para ter esperança para ficar com ele, então tá...

Ele é bipolar miga, pode ter certeza que ele vai te procurar e que ele te ama muito. /ironia



baixinhacabeleireira
15/02/2012 | 22h25m01s
Menina vc tem que pensar bem, hoje criaram essa de bipolar, ai todo mundo fica ferindo os outros e dizendo eu sou bipolar!!!!!!!!!! toma cuidado.



AlexsandraSoares
04/03/2012 | 00h00m16s
Sabe Cassi , tbém sou casada com um Bipolar , e te garanto , pior coisa que existe , sabe ele de uma hora pra outra se trasforma e começa me chingar , fala coisas absurdas , coloca a culpa em mim de muitas coisas , que na maioria das vezes ele é o proprio culpado , manda eu ir embora sabe , tudo isso aconteceu quando agente mudou de cidade , e por que estou longe da minha mãe , assim como seu namorado se transformou em outra pessoa quando estava sozinhos , meu marido se transformou quando mudamos de cidade. sabe ele chinga , faz um monte de coisa , e depois vem simplesmente me chamando de amor , e pedi pra mim deitar com ele no sofá , como se tudo que ele falou foi apagado sabe , eu só to aguentando ele ainda , por que agente já separou uma vez , e agora quero chegar no meu LIMITE dos LIMITE , até onde não dá mas sabe , então linda , conselho CAI FORA , evite sofrer , pois sofro muito



caaassi
24/03/2012 | 16h18m52s
AlexsandraSoares gostaria de saber como tu lida com isso...ontem ele teve uma crise de novo. Eu nao sei, parece q meu mundo acaba quando ele fala que nao me quer. Por onde podemos conversar? aguardo retorno



Soteropolitana
07/04/2012 | 16h22m25s
oi gente, meu namorado também é bipolar. li muitas coisas sobre o transtorno na internet, mas ainda assim me sinto impotente com algumas coisas que ocorrem com ele e que afetam nosso relacionamento.
ele é bem diferente do que muita gente descreve, não é agressivo, nunca tentou me bater. acho que é porque a bipolaridade dele é mais depressiva do que maníaca. mas o grande problema dele é financeiro, ele nunca consegue se organizar, na verdade parece que lhe falta iniciativa para fazer isso... tentei ajuda-lo, mas já sei que ele está enrolado novamente. preocupa-me o fato de pensar que ele nunca conseguira sair desse estágio. parece que, se não houver uma intervenção de alguem na vida dele, é isso que vai acontecer.
ele é atendido pelo sistema publico, tem psicologo e psiquiatra. mas sabe aquela sensação de que não funciona como deveria? especialmente o tratamento psicologico, algumas semanas ele vai, outras nao, não me parece algo efiicaz. sempre falo com ele para procurar outra opção de atendimento (como ele sempre está enrolado de grana, não dá pra pagar paricular), mas ele resiste às ideias de procurar ajuda em outros locais, mesmo que publicos também. ter uma segunda opção, sabe?

é muito dificil conviver com uma pessoa que vc não tem certeza se está em sua razão, então as vezes ainda me assusto de tal ou qual comportamento dele são da personalidade dele mesmo ou se sao manifestações da doença. penso 'será que ele gosta mesmo de mim ou é apenas porque sou um suporte para ele'. é muito complicado, eu gosto muito dele, mas queria que ele me trouxesse alternativas, mas, ao contrario, sinto que ele pensa 'eis o que sou, decida se me aceita'.

bem, gente, é apenas um desabafo de quem ja leu muita coisa, ja tentou de varias formas ajudar mas que ainda assim está no muro entre razão e coração, entre se lançar num relacionamento, tentar ajudar para ver se a pessoa se estabiliza, ou largar o amor de mão e seguir a vida sozinha...

preciso de palavras de vcs que vivem o mesmo!!! estou muito triste!



Oliv.
17/04/2012 | 12h56m57s
Há algum tempo acompanho os posts desse fórum, e mesmo depois de terminado o meu relacionamento com um bipolar, passo de vez enquando por aqui e não posso deixar de lembrar cenas muito parecidas com algumas que já passei; como no seu caso, meu ex também tinha dificuldade com relação a administração do próprio dinheiro, tinha despesas altas e gastava muito; e eu sempre tentava ajudá-lo nesse sentido durante o tempo que passávamos juntos tentando "racionalizar" os gastos e refletindo com colocações com uma pitada de sugestividade diante de uma compra; mas fazer planos de gastos maiores para o futuro ou qualquer idéia relacionada a juntar dinheiro era mal aceita por ele, que como um bom bipolar que se conscientiza bipolar, sabe que concluir uma tarefa a longo prazo é difícil...já exige um planejamento rigoroso para as maioria das pessoas não-bipolares não é mesmo?!Nesse aspecto digo que diante de tudo que passei ao lado dele, sai da relação com outro tipo de educação relacionada a gastos, e estou me esforçando para praticá-la e não perder o ritmo sendo supérflua, conhecer a realidade pelos olhos de um namorado bipolar pode trazer uma nova visão a outra pessoa!Sinto muito quando vejo algumas opiniões relacionando atitudes bipolares a traços de má índole e não a má adptação social do ser humano como uma variação da espécie...afinal aprender a conviver entre diferentes faz parte, e temos só a agradecer por isso.Fico feliz quando vejo por aqui algumas colocações como as da mulherfelizrealizada que compartilha a sua experiência com outros e que é capaz de sugestionar, mesmo não tendo escrito, que somos sempre responsáveis pelas nossas escolhas, assim como os bipolares, mesmo quando parecem que nunca terão consciência disso.O meu ex namorado bipolar era medicado e acompanhado por psiquiatra renomado; mas ele não quer se adaptar por mil motivos que só funcionam realmente dentro da cabeça dele, tínhamos inúmeros problemas que envolviam condutas autodestrutivas.Para enfrentar a barra por causa de grana sem dúvida eu iria mais longe com ele; quando saí da relação estava com vários traços de codependência e ainda hoje apesar do amor, estou sem ele, lutando para ver as coisas por um ângulo diferente.Tudo de bom para vc!Boa sorte!



de_camargo
17/04/2012 | 13h02m30s
Assim vc vai me deixar sem esperanças... É tão duro assim conviver com agente?



lady_kest
17/04/2012 | 13h51m44s
O namorado da minha melhor amiga "se diz" bipolar....
mas as vezes eu penso que ele é esquizofrênico, isso sim....

esses dias ele apareceu com uma história, dizendo que descobriu que a coitada (no caso a minha amiga que é namorada dele) havia se relacionado com homem casado antes dos dois se conhecerem.....
ele a chingou de tudo, falou que foi um descepção para ele, principalmente porque ela nunca havia contado nada pra ele (sendo que nem tinha nada pra contar, pois isso nunca aconteceu)

ela se desesperou, veio chorar no meu ombro (como sempre) e diz que não sabe da onde ele tirou essa história.... ele diz que contaram pra ele, mas ele não quer dizer quem foi....

bem... essa foi a última que ele fez.... mas ele vive inventando coisas que não são realidade, mas para ele parece que é, pq ele fala tudo com muita convicção... isso também faz parte da bipolaridade, ou ele é esquizofrênico mesmo?

ahhh... e ele também tem problemas financeiros....



Oliv.
17/04/2012 | 14h08m39s
de-carmago,
Desculpe se em algum momento transmiti a idéia de dificuldade além do que os relacionamentos já oferecem, gostaria de esclarecer que a intenção não foi essa, o relacionamento com o bipolar tem frequentemente momentos de tensão sim,mas isso depende unicamente de como o parceiro não bip. encara os conflitos.No meu caso, comecei a ter comportamento de codependente do meu ex, situação que piora bem as coisas e inclusive acredito que prejudica mais ao bipolar.Cada caso é um caso, por isso acho tão importante a troca de experiências.



veramarry
17/04/2012 | 14h40m47s
a grosso modo quando falamos a palavra bi, nos leva a duplicidade,então porque não considerarmos essa pessoa max especial.



caaassi
13/05/2012 | 15h08m37s
Oi gente...mais uma vez eu aqui, desesperada. Dessa vez ele sumiu desde sexta...tenho tentado ligar pra ele, mandar msgs pro celular e no facebook e ele nao responde. Só fiquei sabendo que ele ia visitar a mae que mora no interior porque falei com a mae dele. Eu nao sei mais o que fazer para ele falar comigo...noite passada ele me enviou uma msg no celular só escrito 'ta tudo bem'. Mas luguei pra ele de novo e ele nao atende, mandei msg perguntando q se ta tudo bem pq ele nao atende... Será que ele nao vai mais falar comigo? Eu to desesperada...amo demais ele e nao quero perde-lo!



de_camargo
13/05/2012 | 15h18m39s
Fica calma . As vezes o cel não pega acabou a bateria....Ele foi ver a mãe... relaxa Se ele disse que tá bem .... espera ele voltar. Quando o bipolar ta ruim ele fala



caaassi
13/05/2012 | 15h25m27s
nao consigo me acalmar...domingo passado fomos num show e ele disse, quando brigamos sabado antes do show,que seria a ultima vez que iriamos nos ver. Eu to começando a achar que é verdade, por ele nao estar me atendendo...o estranho que durante a semana nos falamos normal...e sexta que ele tinha ficado de vir aqui em casa (era aniversario da minha mae) ele sumiu...perguntei pra mae dele no facebook e ela disse que ele estava indo para lá, que tava com remorso que nao iria no dia das maes. Até ai tudo bem, mas era só ter me avisado...ele simplesmente nao me atendeu mais...so mandou essa mensagem. tu acha que ele vai falar comigo de novo?Quando brigamos sabado passado ele conseguiu falar no mesmo dia que nunca mais queria me ver e que queria noivar comigo. estou muito triste




de_camargo
13/05/2012 | 15h31m51s
Falando como bipolar. ... pode ser que sim . Bipolar é muito inconstante . Uma hora briga no outro faz as pazes. Mas ele é homem.... homem náo gosta de grude.... sabe como é.... Não posso te dizer... Espera ele voltar.



caaassi
13/05/2012 | 15h34m51s
pq tu acha que ele mandou essa mensagem, dizendo que ta tudo bem entre a gente...ele nao mandou 'to bem', mandou 'ta tudo bem'. eu tenho me acostumado com os surtos dele pq ele sempre volta ao normal ate no mesmo dia...mas dessa vez to com medo que ele nunca mais fale cmg mesmo..



de_camargo
13/05/2012 | 15h41m59s
o ta tudo bem deve ser porque ele não deve ta mais ligando pra briga. Acho que é isso.Espera ele voltar ai vcs conversam.



caaassi
13/05/2012 | 15h46m04s
acontece que durante essa semana estavamos nos falando normal, nao brigamos. ai sexta ele fez isso de sumir. eu nao sei mais o que fazer pra ele falr comigo



de_camargo
13/05/2012 | 15h49m49s
Relaxa Cassi ele vai voltar falar com vc . Ele só foi ver a mãe ... Da um tempo pra ele....



caaassi
13/05/2012 | 15h52m32s
entao pq nao avisou e nao me atende...ontem ele ficou online um tempo no facebook e nao respondia. eu to nervosa pq numa crise dele ele disse que semaana passada no show q fomos ia ser a ultima vez que ia ver ele ;( issso nao pode ser reall



de_camargo
13/05/2012 | 15h55m39s
Isso vc tem que perguntar pra ele . Mas vai ver ele foi de impulso. ... Resolveu de ultima hora e foi....



caaassi
13/05/2012 | 15h59m26s
a mae dele falou que resolvei ir de ultima hora e que tinah conseguido carona. so quero que ele volte a falar comigo normal, que realmente esteja tudo bem. mas nao sei mais se ele vai me atender



baixinhacabeleireira
13/05/2012 | 15h39m45s
pontinho.



caaassi
13/05/2012 | 15h41m50s
ã? nao entendi



fefelizz
14/05/2012 | 14h05m46s
É realmente ruim ser vetada por quem amamos caaassi; o problema é que se isolar é uma conduta bem comum entre comportamentos tipicamente bipolares. Por experiência própria, acredito que essa medida seja utilizada por eles como saída de urgência na maioria das vezes para evitar coisas piores das quais venham se arrepender mais tarde. Pensando com positividade extrema (que é o que podemos fazer quando amamos um bipolar) é saudável que cada um tenha a sua individualidade, o momento de cuidar das próprias feras, já que no momento ele te vetou de agir sobre o que se passa com ele, nessa viagem tridimensional que vive um bipolar; é também necessário que vc cuide de si mesma, da sua saúde emocional.Uma pessoa que passa por conflitos não quer contar com outra que não está bem, é importante que vc também cuide de si, para que na hora em que ele precisar vc possa estar saudavelmente por perto, sem sufoco; para quem está em crise até ligações carinhosas podem ter ar de cobrança e pressão, aliado ao medo de perder que geralmente está presente...pode levar a situação a ficar insuportável. Se ele te vê como "cuidadora da pessoa bipolar", ele irá te procurar já que é comum o bipolar ter medo de perder o cuidador e diante das demonstrações de preocupação vc só mostra a ele que estará exatamente no mesmo lugar para quando ele quiser voltar, e que ele tem todo o tempo que precisar para fazer o que quiser.É exaustivo, ficar sem a pessoa, não saber se ela volta, se ela está ou não falando a verdade, mas eu acredito muito, que seja possível encontrar uma maneira de parar de sofrer desnecessariamente com as atitudes do outro, se basearmos na consciência de que ele não "está" assim, ele "é" assim.Cuide-se.



sandrasan
14/05/2012 | 16h05m36s
Sinceramente, eu acho que ele tem problemas emocionais, e pode estar bem depressivo...e sem exagerar, ele pode até estar se drogando devido à isso. SIM, não seja preconceituosa, muito menos inocente de achar que ele pode não estar fazendo isso, ele pode sim. Pessoas bipolares surtam com qualquer pessoa, em qualquer lugar...e não apenas com a namorada, ou só com a mãe, etc...Ele só precisa de apoio e ajuda. Se você gosta mesmo dele, te aconselho a sentar com muita calma, expôr para ele que você percebe essas atitudes como um descontrole e que você acha que ele precisa da ajuda de um profissional, enfatizando que você esta disposta a acompanhar com ele no que for necessario, e esta aberta para ser amiga dele. Se ele aceitar ótimo, vc vai perceber se ele relaxou por confiar em vc, se não aceitar, passe o caso adiante e converse com a FAMILIA dele.

Estou dizendo o que eu acho, e o que eu faria.



Ruiva23
14/05/2012 | 19h01m45s
ai que droga meu namorado também é assim ;S .
Passa por isso não é facil ainda mais quando tem sentimento envolvido ...
Dificil hein caaassi !



fefelizz
22/05/2012 | 09h55m49s
Gente, como é difícil desvincular de uma relação com o perfil tantas vezes comentado acima, e o pior, a história parece sempre a mesma, parece uma volta de montanha russa, o início tão suave, com uma pessoa amável e depois a descoberta de quão irritada e agressiva pode se tornar; as primeiras crises de término que depois se tornam uma ameaça constante, o medo do abandono que com o tempo parece contaminar os dois lados.Tenho quatro meses de término e até hoje passo perrengue com as lembranças das coisas boas e das ruins. Tudo parece tão intenso que sinto como se não fosse conseguir viver nada parecido.Quando tomamos a causa do bipolar, parece que também nos tornamos inadaptados ao meio,e o pior mesmo acontece quando o outro não percebe os sinais de que a crise se aproxima, e então os dois começam a cair em queda livre sem saber se lá embaixo há chão.No meu caso, de tanto me lançar nas crises do meu parceiro cheguei estatelada no chão, precisando de ajuda e mesmo depois de passado o tempo sou obrigada a enxergar que ainda preciso...que isso tudo abriu em mim uma porta que estava fechada, mas que por trás dela, as coisas não iam bem. Queria não querer tentar mais.



impsych1956
22/05/2012 | 10h37m42s
Passa por isso não é facil ainda mais quando tem sentimento envolvido ...



caaassi
28/05/2012 | 15h55m46s
Nossa, eu to cada vez mais sem saber o que fazer. A última coisa que postei aqui foi que ele tinha sumido no fim de semana dos dias das maes...consegui falar com ele na segunda feira...ele disse que tava tudo bem e que tambem me amava, so queria ficar sozinho. Então resolvi tentar me focar nas minhas coisas, até que um dia depois ele vem falar comigo pelo facebook e depois começava a demorar pra responder e eu comecei a falar que parecia que ele nao queria falr comigo. Então ele veio dizer que ia num psiquiatra e nao era pra eu contar pra ninguem. Disse que quer ficar sozinho no momento e eu falei que nao ia deixar ele pois amo ele...não adiantou, ele começou a me insultar falando que não me queria mais faz tempo. No outro dia liguei pra ele e ele continuou falando coisas horriveis, do tipo que nem ele nem a familia dele me queria mais na casa dele, que ele nao me ama e assim vai...convenci ele de almoçar no mesmo dia, como amiga. Sai do estagio e fui no predio dele. Como ele havia falado que eu nao ia mais entrar lá, interfonei e esperei ele descer. Ele demorou, e quando desceu falou que achava que eu ia subir. Fomos no restaurante e eu conversando com ele normal, sobre qulquer coisa menos nós, até que no fim ele disse que não tem conseguido dormir e por isso ia no psiquiatra e que no momento quer ficar sozinho, que não quer que eu sofra. Eu disse que amo ele e nao ia deixar ele que sei que ele é bipolar e vou apoiar ele. Resumindo, quando saimos do restaurante ele j´a estava abraçado em mim e falou algo do tipo "que saco, te gosto". Fomos para casa dele e ele pediu pra eu deitar do lado dele, disse que nao adianta, que me ama e não consegue ficar sem mim. E prometeu que nao ia mais fazer o que fez, tb flaou "nao queria ser assim". Sai da casa dele e estava tudo bem. Ele iria no psiquiatra na quinta mas eu resolvi que seria melhor nao comentar nada, pra ele nao dizer que eu tava me metendo. Na sexta, liguei para ele avisando que meus pais iam viajar e para ele ir la em casa depois da aula...ele ficou brabo, disse que a gente nao tava namorando e que a gente combinou de se ver so no sabado e que se ele quisesse ele nao me via. Eai que sexta de noite ele foi pra minha casa e ficou lá por conta propria até domingo, ou seja, de bem comigo e sem eu forçar ele. Durante a semana que passou ele sempre me procurou, chegou quinta e ele ligou pra mim convidando pra gente ir numa festa sexta para comemorar, pois seria o dia que ele ia entregar o tcc.Sexta de manha liguei pra ver se ele havia entregado, ele disse que sim e falou que ia ver se ia na aula de noite e que ia ligar mais tarde pra combinar de como a gente ia pra festa. Só que era quase 9 e meia da noite e nada dele, entao liguei e ele desligou o celular, mas entrou no facebook dizendo que tava na aula e que ia ligar quando saisse. Mas logo depois disse que achava melhor a gente sair sabado e sexta ficar olhando filme...eu estranhei e falei que se ele nao quisesse me ver sexta tudo bem e ele se irritou com isso e depois ficou offline. Era quase 11 da noite e nada dele....comecei a ficar desesperada achando que ele ia sumir que nem naquele final de semana. Liguei varias vezes e mandei msg perguntando o que tinha acontecido, pra ele me antender. Quando ele atendeu disse que ja iria me ligar, que recem tinha chegado em casa, mas ai eu ja estava muito nervosa e chinqgeui ele dizendo que isso nao era horas de ele ligar, que se ele queria que eu fosse la que ligasse quando tivesse saido da aula, nao quando chegasse em casa, que era tarde. Ele surtou, disse que eu estraguei tudo, que ele nao me quer faz tempo, que nao me ama, tem pena de mim e nao ageunta mais eu me rastejando por ele e que ele nunca mais quer falar comigo...foi horrivel, tudo pq chinguei ele pq ele demorou pra atender e queria ver ele! No facebook depois ele entrou e eu fiquei falando e ele nao respondia, disse que queria que a gente saisse mesmo assim e pedi desculpa por ter brigado e ele só respondeu 'nao, hoje nao'. Foi a ultima coisa que ele falou, sabado inteiro fiquei ligando, mandando msg e ele ignorando...falei pra gente sair de noite e ele simplesmente nao respondeu, sendo que ficou online varias vezes no dia. Domingo nao procurei ele e ele continuou online sem falar cmg...apagou umas fotos que eu tinha marcado ele e um recado que mandei uma vez....To muito triste, sera que ele nao vai mais falr comigo mesmo? Eu amo ele e nao quero qu eele pare de falar comigo.Nao sei mais o que fazer, to sentindo muita falta dele!



fefelizz
29/05/2012 | 16h37m04s
Caaassi, os intemperismos da relação costumam aumentar muito o nosso nível de ansiedade,procurar o bipolar enquanto a cabeça dele parece borbulhar, na maioria das vezes é realmente como um tiro no próprio pé, pelo que observei na minha útima relação, o bipolar geralmente nos dá o sinal, chega a avisar que precisa de um tempo para reorganizar o que se passa na cabeça dele, ou mesmo um tempo sem a namorada...é típico.Quando eu respeitava os "tempos de indisposição do meu ex" costumava me afastar e acompanhar de longe, não ficava ligando, ou o procurando por face porque tinha cuidado para que ele não se sentisse pressionado no "tempo dele" para restabelecer um pouquinho da ordem emocional dele, quando observava que começava o jogo de frio e quente, eu já me respaldava para o que vinha, as oscilações entre te amo e não quero mais ficar com vc, são um grande aviso de que o bipolar tirano está rondando(que te magoa com os definitivos nunca mais, ninguém aqui quer vc por perto, já não gosto de vc há tempos!Terminar com vc para mim está se tornando um inferno, ou ainda, gosto tanto de vc que ficaria contigo por pena.) É um eterno jogo de incertezas, será que dessa vez foi a última?Será que ele vai me procurar?Será que ele está com outra pessoa? são as dúvidas mais comuns, mas o que é fato é que o bipolar em crise, que não se aceita e que foge das medicações, ou ainda as utiliza juntamente com outras substâncias (que foi o que vivi) se autoboicota constantemente, afastando as pessoas, negligenciando a si mesmo.Não é humanamente possível conter o relógio da crise numa relação quando isso acontece, mas é possível cuidarmos de nós mesmas, li em um artigo que esse tipo de relação dura mais tempo quando estão envolvidas mulheres com tendências de personalidade obsessiva-compulsiva(meu caso) e que diante disso não vivemos o amor em sua essência, o amor mais ágape como seria o ideal (o amor por si mesmo e pelo outro), mas sim um amor patológico.O nível de ansiedade é muito grande, a longo prazo traz consequências sem fim.Boa sorte, vou te acompanhando por aqui.



MulherFelizRealizada
02/06/2012 | 00h23m10s
Eu havia comentado aqui em algum lugar aqui que a amiga da minha mae , casada tambem com um bipolar faz quase 40 anos estava com uma doenca degenerativa TERRIVEL! Helena me ligou no meu aniversario ( 23/05) com uma voz de uma pessoa que mal conseguia falar. Foi muito triste ouvi-la assim. Helena JAMAIS se esqueceu de meu aniversario , no tempo que nao tinha e-mail , me mandava cartoes . Minha mae e ela eram como irmas pois Helena e eu nunca soubemos o que eh ter uma irma! Enfim, falei com meu marido para ver Helena , levar as criancas a Grecia . Meu marido estava tirando ferias e hoje recebemos a triste noticia que Helena faleceu! O marido bipolar dela esta no manicomio. Nao reconhece mais ninguem e gastou a fortuna dos pais fazendo coisas do arco da velha. Helena nao teve a (in)felicidade de ter filhos. Talvez tenha sido melhor mesmo, pois bipolaridade se herda. Agora quero que voce que esta envolvida com bipolar pense muito direitinho: Vai virar madre Teresa de Calcuta , saco de pancada ou casa de caridade emocional para estes vampiros emocionais ou voce quer viver feliz e realizada , tranquila e se curando lentamente do pior erro da sua vida?



fefelizz
03/06/2012 | 09h22m19s
Booooa mulherfelizrealizada, o exemplo citado por vc abriu em mim uma margem para a reflexão já que ainda estou em fase de superação do término com um bipolar, pena que quando a relação parece o olho do furacao sempre achamos que o futuro ao lado de um bipolar dificilmente será como o da sua amiga, (apesar de eu acreditar que dificilmente o marido dela foi parar na clínica apenas por bipolaridade, mas sim por comorbidade com outro transtorno como por exemplo o boderline, pânico, adicçao ao alcoolismo ou outras drogas),ao ouvir exemplos podemos ter o choque de realidade, mas a tomada de consciêcia costuma ser mínima, eu cheguei a oferecer para o meu ex a me internar com ele em uma reabilitação apenas para esperar a crise passar somente para tentar afastá-lo das adiccções...pois sabia que haveriam próximas crises.



MulherFelizRealizada
12/06/2012 | 16h01m06s
Esta é para a Fefeliz! Querida, o Georgios não tem adicto a nada . Minha mãe era a grande confidente de Helena e ela falava que o marido dela , jamais a traiu , nunca fumou, nunca bebeu . Além do mais , até os meus 16 anos de idade, eu passava as férias de Julho com eles na Grécia, quase todos os anos. Ele pirou de vez com a crise econômica na Grécia. Não sei se você leu nos meus outros depoimentos , mas fui casada com 1 bipolar durantes 6 anos. Não mencionei aqui , mas lhe digo que tive 2 pólipos cervicais + 1 tumor benigno no fígado. Está provado que estes tumores foram o estresse com a minha convivência com meu ex. Moral da história: Helena teve esta terrível doença por conta do estresse do convívio com Georgios, seu marido. Helena tinha 64 anos qdo faleceu no dia 2 de Junho. Leia o livro Anticancêr do Dr. David Servan Scheiber, veja que a má alimentação + estresse causam o câncer . Espero que você se cure o mais rápido possível, assim como eu estou me curando , escrevendo neste blog.



mikulichroa
02/06/2012 | 11h44m02s
up !



Inocencio80
02/06/2012 | 18h21m30s
Acho que quando alguém chega nesse estágio, é caso de internação. Uma pessoa dessa, dificilmente irá conseguir retomar o equilíbrio sozinha (se será que já teve, algum dia). O ideal é você se afastar quando não ver melhora pelas inúmeras tentativas suas de ajudá-lo.



cris18amorim
03/06/2012 | 11h57m36s
concordo com o Inocencio80



flavinha.29
14/06/2012 | 15h18m56s
MahVentura
02/06/2012 | 12h16m25sO que está fora de controle nessa caso é sua mente, que insiste em sofrer com isso.

Comentário perfeito!

Para de insistir numa relação tao complicada. Pessoas assim tornam a vida pesada, exaustiva, desgastante.
Encontre alguem que tenha alegria de viver, que te trate com carinho e vc vai perceber o quanto isso te fará bem. Eu ja teria terminado quando ele te traiu. Nao use a desculpa da bipolaridade pra aceitar coisas absurdas num relacionamento.



Tami.tgs
20/06/2012 | 21h12m15s
o problema é que não existe internação para bipolar, a não ser que esteja em surto... e somente 15 dias, no máximo. Mas não adianta pois a pessoa fica revoltada e acha que não tem que ficar internada. O importante é o acompanhamento da familia, e amiga... eu sou bipolar, eu já fiz muitas das coisas que ele fez com você, e uma coisa eu posso te garantir: se ele te amasse deeeeeeee verdade ele não ficaria 2 dias sem dar noticias . relaxa, as vezes a gente acha que as pessoas pegam muito no pé e só queremos sumir. dá um tempo pra ele pensar, agressão você não deveria aceitar. Eu sei que é incitar a violencia mas se ele te deu um tapa na cara dê outro de volta. é, isso mesmo... pode bater. Agora pense: mesmo surtando ele não deveria bater em alguém que ele ama certo? Tente dizer o quanto você ficou assustada e humilhada com a reação dele. Se ele continuar não ligando... parte pra outro porque nesse mar tem muito peixe. O que vc sente passa, confie em mim. Ninguém morre de amor.



Kiara05
08/08/2012 | 16h23m06s
A questão não é ser Bipolar ou não.
O cara ta pirado, e te bateu?

VÉI NA BOA CAI FORA ANTES QUE APANHAR VIRE HÁBITO



gabi-22-rj
08/08/2012 | 19h34m46s
Ele é um louco! sai fora desse cara! ainda por cima maconheiro?!



Roberta_luiza
08/08/2012 | 19h34m15s
Cai fora dessa relação e se de valor !!!



Outback
17/08/2012 | 16h12m51s
Eu estou passando por isso também. Minha namorada é bipolar. (ficou sem medicamento uns 3 meses, mas acredito que voltou a tomar a mais ou menos 1 mes)
Recentemente ela pediu um tempo, pois estava irritada demais comigo, com minhas cobranças, controle e desconfianças (tive motivos pra sentir tudo isso). Disse que precisava de mais ou menos uma semana para se acalmar, pois estava no limite, e caso não tive esse tempo a situação poderia ser irreverssivel.
A nossa relação foi sempre uma montanha russa, brigas e brigas, amor e amor. Nunca agressivas fisicamente, mas dolorosas verbalmente. Não fui o melhor namorado para ela, causei cíumes, insegurança, não me orgulho nada disso.
Bom, nos primeiros dias de 'tempo' eu tentei contato, mas ela continuou do mesmo jeito, irriatada, disse que tudo que eu dissesse entraria por um ouvido e sairia por outro. Pediu para eu falar tudo depois, quando ela estivesse mais calma.
Estou a respeitando. Semana que vem, caso ela não me procure, vou procura-la.

Uma grande dúvida que eu tenho é: Nesse tempo, eu devo procura-la pra mostrar que estou aqui por ela, me importando e pensando nela. Ou devo me afastar e não procura-la, fazer ela sentir falta (se é que sentirá). Tenho medo, que pelo fato de ser bipolar, ela simplesmente me esqueça e vá procurar outro. Como agir com uma pessoa com bipolaridade nesses casos? Gostaria de uma opinião de quem já passou por isso ou é bipolar.

Só pra finalizar, eu respeito muito as pessoas com bipolaridade, e se caso voltar com ela, eu tentarei de tudo pra faze-la feliz e ajuda-la em tudo, pois ela também me acrescentou muito nesses anos. Apesar de não saber como seria no futuro...

Abs



fefelizz
19/08/2012 | 21h30m44s
Outback,
Então, fui diagnosticada bipolar e comecei a andar por aqui quando namorei um bipolar e precisava de ajuda (quando fui diagnosticada o meu relacionamento já tinha acabado), mas enfim, era um fiasco, brigas, ciumes, amor demais outros dias apatia demais, hipersexualização, desmotivação sexual, agressões verbais, abuso de bebida alcóolica e o bendito "preciso de um tempo", sempre precisei de um tempo e ele tbm, era quase que um sentimento de "preciso respirar", mas o fato é :o bipolar só acredita mesmo nesse tempo quando sabe que o outro está na espreita e que o vínculo não foi realmente quebrado.O sentimento dessa hora é um descanso do mundo, uma falta de condições para continuar assumindo tudo que estava em andamento...e que para todo bom bipolar "passa".É importante entender que a medicação é uma combinação delicada e que quando interrompida pode ter muito mais a ver com autossabotagem típica do bipolar do que com qualquer outra coisa, e até se alcançar o equilíbrio da medicação para continuar dando andamento ao tratamento sofre-se um pouco e pode ser isso que está pesando nesse tempo da sua namorada. Acho bacana pessoas que topam o relacionamento com o bipolar e permanecem ao seu lado para o que der e vier, mas é importante prestar a atenção ao sentido da palavra codependência, bom, espero poder ajudar.Cuide-se!Boa sorte!!



Outback
21/08/2012 | 02h24m29s
Olá Fefelizz,
Obrigado por responder! Já estava achando que ninguém veria o post!

Não querendo abusar, mas já abusando, será que posso ter algumas opiniões de você? Já que é bem mais experiente no assunto..

Então, passaram uns dias, eu conversei com ela. Ela disse que estava com saudade. Mas que ainda precisa do tempo. Ok.
Conversei sobre a bipolaridade e tudo, e ela conversou na boa, não se irritou e disse que acha também que a falta dos remedios agravam sim tudo que ela está passando agora (ficou uns 3 meses sem, e agora esta tomando de novo mais ou menos 1 mes).

Conversamos sobre viajar e passar um tempo junto pra ver no que dá. Ela concordou. Está nas minhas mãos isso.
Agora você acha que vale a pena eu viajar com ela, mesmo correndo o risco de ela estar em crise, ou melhor esperar um tempo, deixar passar, e aí sim tentar reatar?

Tenho receio de ela achar que está tudo bem, e de repente voltarmos e pedir outro tempo. Mas por outro lado tenho medo de demorar pra tentar me resolver com ela, e ela acabar conhecendo outra pessoa, nesse momento desinibido que ela está.


E agora?



fefelizz
21/08/2012 | 09h37m13s
Bom Outback!

Felizmente ou infelizmente, muitas vezes procurando respostas para dúvidas como as suas, cheguei a conclusão de que apesar das características padronizadas do transtorno, não há uma fórmula infalível para bloquear as reações de um bipolar e é humanamente impossível conter uma crise.Vejamos pelo lado bom, ela tem dado sinais positivos a seu respeito, aceitando programar uma viagem e dizendo que está com saudades (ou seja, não permitindo que o vínculo se quebre). Quem sabe indo devagar e planejando a viagem bem aos poucos com cada detalhe, como um recomeçar, após a crise é sempre assim um sentimento de colar os estilhaços e começar de onde parou ou mesmo de novo.Provavelmente ela vai dar algum sinal sobre o assunto da viagem quando se sentir mais segura ou a vontade para realizá-la, ou entrar em mania severa e ficar toda animada, vai saber neh.É importante vc ter em mente que enquanto vc estiver com ela, e o equilíbrio da bipolaridade não estiver em bom nível, esses pedidos de tempo e um certo isolamento podem assombrá-los de vez enquando.Como que é essa desinibição que vc mencionou, é mania?Boa sorte!!



Lelahel
22/08/2012 | 17h40m43s
Gente, agora eu li tudo, que aburdo, ele deu um tapa na cara dela e mesmo assim ela o ama e quer que ele volte?

Tem mulher que não se dá o valor!



LolaMaria1
20/09/2012 | 17h36m52s
Tenho um marido bipolar e realmente é uma situação muito difícil. Na nossa última conversa sobre a relação falei numa boa que era melhor separarmos, mas ele não aceitou. Temos um filho pequeno que é nossa alegria. O que é bom ressaltar é que viver com um bipolar não é só dor. Quando não está em crise, ele é romântico, carinhoso, tranquilo, vivemos bem... mas quando está em crise!!!! Nossa!!! Sai de baixo!!! Hoje em dia já sei quando isso vai acontecer e me isolo. Antes dele se isolar eu me isolo. Dia desses ele estava muito alegre, aquela alegria fora do comum... rindo alto etc. Só a gente que sabe percebe a diferença. Depois ele ficou ausente e melancólico, depressivo, pessimista. Dizendo que eu era insignificante na vida dele etc. Aí pensei, "aí vem a fase agressiva agora". Dito e certo. Comigo não teve chance de fazer grosseria ainda porque me isolo mesmo. Mas ele fica irritado com todos, não é só comigo. Aparentemente está tranquilo, mas se alguém dá motivo aí vem patada. Fico muito com receio dele no trânsito. Deus tome conta sempre!!!

Bem, pra viver com um bipolar é preciso conhecer e REconhecer essas fases, essas mudanças. Minha saída agora é me isolar. Aí quando ele volta ao normal diz que estamos distantes, que estamos perdidos etc. Aí começo a fazer surpresas, a marcar algumas saídas, a reconquistá-lo de alguma forma e trazer o romantismo de volta. Funciona... pelo menos até a próxima crise!



Amiga02
02/06/2013 | 00h40m45s
Oi Meninas venho aqui pedi a ajuda de vcs, meu caso é que namoro a 4 meses, mas os primeiros 2 meses namoravamos so por skype, porque eu morava fora do Brasil mas ja estava voltando, conhecia meu namorado so de vista temos amigos em comum. Desde os primeiros dias que começamos a conversar por skype agente ja tinha certeza de que qauando eu retornasse ao Brasil ficariamos juntos e durante nos varias horas de conversa durante esses dois meses, muitas vezes ele me falava que era bipolar, que as vezes ficava muito calado e pediu por favor varias vezes para eu nao pensar que era comigo o problema, como eu nao sabia o que me esperava e nao entendia do assunto falava que tudo bem que quando acontecesse dele ficar assim eu eu entender. Entao chegou o dia da minha volta e o 1º mês foi maravilhoso ele realmente è tudo aquilo que eu imaginava, mas a 2 semanas comecei notar ele mais calado, perguntava o que tinha acontecido e ele sempre respondia que nada uma noite saimos pra jantar e quando voltamos perguntei pra ele o que foi e ele me disse que estava de mau humor dai como eu ja tava meio chateada com a situaçao falei pra ele ir pra casa dele, depois fiquei me sentindo super mal, culpada lembrando que ele tinha me falado que as vezes ficava assim e que nao era pra mim ficar chateada com ele, isso aconteceu ontem, hoje ele nem quiz sair de casa, mesmo que eu nao queira fico pesando mil coisas que ele nao ta mais afim, nao tem vontade de me ver, hoje de manha liguei pra ele, ele foi super educado mas um pouco distante, ele me disse agora vc esta me conhecendo bem desculpa eu nao sei porque eu sou assim. Deposi a noite ligou pra saber como eu estava.Queria muito a opiniao de vcs ele é uma boa pessoa, amoroso, familia, mas é bipolar diagnosticado, to sem saber como agir, quero ajudar ele, mas depois de ler tantos relatos de sofrimento nao sei o que fazer, Sera que vai bastar so a minha paciencia pra essa relaçao dar certo? O que eu devo fazer quando ele tiver essas crises, deixar ele mais sozinho nao ligar? ou procuralo? mostrar preocupaçao?



luizalberto
02/06/2013 | 10h16m00s
Colega, se vc quiser ajudá-lo DE VERDADE, vc tem 2 opções:
1 - sites especializados e/ou grupos de ajuda tipo:
www.bipolarbrasil.net/‎ ou www.bipolaridade.com.br/‎ e o mais indicicado que seria

2 - médico específico.

NEM SEMPRE ''SÓ'' BOA VONTADE AJUDA.



austen
03/06/2013 | 12h11m13s
CARA AMIGA!

Fui casada com uma pessoa bipolar, meu casamento FELIZMENTE durou 2 anos.

Não queira bancar a psicóloga, vc não ganha pra isso.
Não tenha dó dele e sim de você
Faça uma terapia. Os profissionais saberão te aconselhar e você se sentirá mais segura a não voltar atrás.

Leia o livro " O que toda mulher inteligente deve saber". Me ajudou muito.

O seu namorado está doente e está sendo legal contigo em alertá-la a não ficar com ele. Ele te dá os sinais e vc não quer aceitar.
A minha maior mágoa foi meu ex ter escondido tantas coisas de mim, se eu soubesse JAMAIS teria me casado e vc está tendo a chance de pular fora e está persistindo.

VOCÊ ESTÁ ADIANDO O SEU SOFRIMENTO, ele acontecerá agora ou depois.

Leia o livro e você entenderá tudo o que te disse.



Amiga02
03/06/2013 | 23h12m26s
Obrigada austen, vou ler o livro sim.




nova resposta

Você
:D


Avise-me quando houver novos comentários nessa matéria