O quiabo

Revendo conceitos: acredite, o quiabo pode virar uma deliciosa receita

por Redação

Quiabo é essa coisa controvertida. Não tem meio termo. Ou você adora, ou detesta e se arrepia com a mera lembrança de um belo quiabo, babando em seu prato. Confesso que minha experiência não foi das melhores. Um dia, diante de um tabuleiro de acarajé, veio a pergunta:

- Quer com tudo? – perguntou a baiana, sorridente.

- Errrr… o que seria "tudo"? – perguntei, precavida. Eu tinha ouvido mil vezes a história do "vai querer quente ou frio?" e estava mais do que determinada a não ser pega desprevenida.

- Vatapá, camarão seco, caruru… – foi recitando a baiana, no automático.

Enquanto o quiabo descansa… sim, ele precisa descansar para ter tempo de se despedir de maneira digna daquela baba toda. Respeite o tempo do quiabo que ele retribuirá à altura

Como não ouvi em nenhum momento a menção da palavra "pimenta", resolvi encarar. Afinal, na Bahia, como os baianos.

A baiana não perdeu um minuto. Abriu meu bolinho ao meio e espalhou uma generosa camada de vatapá (hummmm!), uma boa colher de camarão seco (afff, que eu ainda morro disso!) e finalizou com uma colher maior ainda de uma gosma verde, pegajosa. Senti meu estômago se contrair na mesma hora.

- Epa! O que é isso?

- É caruru.

- E o que vem a ser caruru, pelamor? – perguntei, com medo da resposta.

- Ah, minha rainha, é um prato feito com camarão seco e fresco, alho, cheiro-verde, dendê, cebola e quiabo, num sabe? É muito bom.

- Sei… mas por que é que o seu ficou assim?

- Assim como, moça?

- Errrr… "assim" – concluí, apontando. Achei melhor, para o meu próprio bem, não dizer algo como "assim, parecendo baba de alien".

- Ah, não, fia. Isso é do quiabo.

Resolvi me aventurar, apesar da aparência, e não me arrependi. Não é que o danado do caruru era gostoso? O problema era aquela baba verde toda. Nos anos que se seguiram, tive várias experiências com quiabo, com diferentes graus de satisfação. Descobri que o quiabo veio da África e que o que a gente come é o fruto verde. Descobri o truque do limão e o do vinagre para acabar com a baba, mas apenas recentemente descobri um jeito infalível do quiabo não babar de jeito nenhum. É uma receita simples de dar dó e facílima de fazer. Vamos agora a ela. Quem vai acabar babando é você.

Carne moída com quiabo

1/2 kg de carne moída

1/2 kg de quiabo

1/2 limão

2 colheres (sopa) de azeite

1 cebola picada

1 dente de alho

1 copo de vinho branco (do tipo que você teria coragem de beber, hein?)

4 colheres (sopa) de catchup. Não. Não pode substituir por extrato de tomate. A gente vai precisar do adocicado do catchup. Confie em mim.

Vamos lá. Respire fundo, lave e limpe o quiabo. Por "limpar", entenda "cortar as pontinhas". Depois de limpo, corte-o em rodelas de 1 cm. Eu sei, eu sei que ele está babando e que eu jurei que não babaria. Vai parar de babar já, já. Tenha fé.

Coloque o quiabo em um refratário com o suco de limão e cubra com água. Enquanto o quiabo descansa… sim, ele precisa descansar para ter tempo de se despedir de maneira digna daquela baba toda. Respeite o tempo do quiabo que ele retribuirá à altura.

Pois bem. Enquanto o quiabo descansa, coloque o azeite, o alho e a cebola em uma panela para fritar. Acrescente a carne moída e frite muito bem, até começar a grudar no fundo da panela.

Pausa para perguntas:

Ana, quanto é "fritar muito bem"?

Ana, e se eu preferir carne mal passada?

Ana, e se minha panela foi antiaderente?

Pausa para respostas:

Cara leitora, fritar muito bem, é fritar MUITO bem mesmo. Uns cinco ou dez minutos além do tempo que você julgar necessário.

Se você gosta de carne mal passada, prepare outro prato ou não reclame se o seu quiabo babar. É essencial fritar bem a carne, para tirar dela todo o líquido. Apenas se estiver ressecada, a carne terá "pique" para absorver a baba residual do quiabo. E antes que você pergunte, não. Sua carne não vai ficar seca. Sim. Eu prometo.

Se sua panela for antiaderente, frite até ouvir a carne começar a estalar. Até que não haja nem traço de líquido nela. Incline a panela para ter certeza. Ou então, troque de panela e deixe de ser implicante!

Fim da pausa.

Tempere com sal, pimenta, ou o que mais lhe parecer certo.

Escorra o quiabo numa peneira… eu SEI que ele ainda está babando. Tenha paciência, pelamordedeus!… e coloque-o na panela com a carne. Mexa bem para descolar a carne do fundo. Acrescente o catchup e o vinho.

Viu como descolou? Eu falei pra confiar. E está babando? Não, né? Eu não disse? Agora, cozinhe em fogo baixo com a panela aberta por 15 a 20 minutos. Acrescente água quente sempre que necessário, para não secar. Sirva com arroz branco e mais nada. Você vai rever seus conceitos sobre quiabo. De verdade.

Comentários

  1. disse:

    muito bom, ana, cozinheira-escritora-professora, teus títulos te merecem. mais sobre o quiabo: ele é riquíssimo em ferro e cobre, cuja carência compromete muitíssimo a performance de nosso metabolismo. aprender a bem utilizar estes vegetais meio-exóticos é tarefa sempre atual. parabéns e conte comigo. nos encontramos por aí., maria alice flor

  2. disse:

    Ei Ana, nossa! amei seu geite de cortar a baba do quiabo, eu adoro quiabo!! e com certesa vou espreementar, essa receita!!!parabens pela matéria!!!…… neidinha!! (CL)

  3. maritcbh disse:

    Um jeito de fazer o quiabo sem babar, é refogá-lo no óleo quente, mexendo sempre pra não ficar marrom, demora um pouquinho, no começo ele solta toda a baba e bvai secando aos pouquinho e se mesmo assim ele babar coloque umas duas colheres de vinagre branco e deixe secar bem. Você pode refogar esse quiabo com alho, cebola que não atrapalha o processo, e no final você coloca o sal. Sempre que faço frango com quiabo (sou mineira uai), faço o quiabo assim separado para não babar (eu não importo, mas meu marido detestaa baba), no final, quando o frango ensopado e bem temperado está pronto, junto o quiabo. Outra dica boa pra ele babar menos na hora de picar é lava-lo bem e secar bem sequinho compapel toalha.

  4. disse:

    bem eu adoro quiabo sempre fiz mas quero deixar aqui um elogio ao quiabo de Ana,
    hummmmmmmm o quiabo sem baba da Ana é de babar muito bom mesmo amei,,,,,,,,,[USR]lidi18[/USR] (CL) (CL)

  5. bebezinhabrasil@hotm disse:

    mmmmm quiabo :D :D :D

  6. disse:

    Eu amo quiabo com baba ou sem baba esse é o charme dele… amo com carne moída, um arroz branco bem novinho… hum hum hum… senti ate fome, sem contar as propriedades basicas e otimas que ele proporcionam… bom para o intestino, etc etc….

    Bjim,
    Débora (CL)

  7. disse:

    Maria Alice,
    Acredito, do fundo do coração, que o segredo da boa alimentação é aprender a consumir (e a gostar) de um pouco de tudo.
    Obrigada.

    Ana

  8. disse:

    Neidinha,
    Pode fazer que eu garanto. Você vai adorar.

    Ana

  9. disse:

    Mari,
    Excelentes dicas. Essa sua receita de frango com quiabo deve ficar um espetáculo. Adorei.

    Ana

  10. disse:

    Lidi,
    Que bom que deu certo e que você gostou.
    Fico contente porque, você sabe: o único sentido de cozinhar – e de partilhar receitas – é ter gente para comer, não é?

    Ana

  11. disse:

    Bebeziinha,
    É bom, né?

    Ana

  12. disse:

    Débora,
    Adorei você dizer que a baba é o charme do quiabo. Morri de rir!
    De fato, é gostoso mesmo.

    Ana

  13. disse:

    Eu tb amodoro o quiabo e quando faço tenho que fazer muito pois como puro sem nada , e essa receita de tirar a baba com limão eu ja faço faz tempo mas é bom gente como vc Ana passar essas informações pois tem muita gente que gosta de quiabo e não come por causa da baba né VALEU
    UM ABRAÇO (CL)
    Cida 34

  14. disse:

    Amei essa receita do quiabo, parabéns Ana.

  15. disse:

    Cida,
    Minha avó sempre dizia que por mais que a gente soubesse um monte de coisa, sempre dava pra aprender um detalhezinho a mais com uma boa conversa. Acho que é por aí.
    Obrigada.

    Ana

  16. disse:

    Cida,
    Eu também amo.
    Obrigada.
    Ana

  17. disse:

    Oi Ana!Vamo combiná q quiabo fica bom com td.
    Vc vai até rir de mim ;mas na minha terra natal q fica onde o Judas perdeu as botas a cultura deles é
    sempre q fazem quiabo seja com frango ou costelinha de porco;eles combinam ñ só com arroz branco mas com macarronada tbm.Acredite!Dá uma combinação perfeita.Experimente e me conte.Bjos!!!

  18. disse:

    Ilma,
    Quiabo com macarrão?!
    Taí… vivendo e aprendendo.
    Vou experimentar e te conto.

    Ana

  19. disse:

    :> Quiabo é bom de tdo jeito até cru rsrsrsrs brincadeirinha Ana.Minha minda vou fazer minhas as suas palavras peloamordeDeus CARURU é uma massa de jeijão branco e cru minha linda. A gosma da qual vc fala no acarajé é quiabo msm, temperadinho e refogado c/ tomates cebolinha etc. Eu te agaranto como diz os cacetas se vc comer caruru…
    Vai ODIAR ô troço ruim amargo . Essa receitinha q/ vc passou é uma quiabada muito comum no nordeste mas minha filha é MUIIIIIIIIIIIIIIIIIITO BOM bjs fofa qualquer dia te passo a receita do pedacinho do céu . É uma délicia tbem do nordeste.

  20. disse:

    Fatima,
    fiquei tão intrigada com o seu comentário, que fui pesquisar. Olha o que eu achei no Cyber Cook (http://cybercook.terra.com.br/mostra_receita.php?codigo=11934):

    [B]Caruru[/B]

    1 kg de camarão seco
    1 kg de camarão cinza limpo
    5 dente(s) de alho amassados
    3 maço(s) de cheiro-verde picado(s)
    200 ml de azeite de dendê
    3 unidade(s) de pimenta de cheiro
    3 unidade(s) de cebola picada(s)ver vídeo
    1 kg de quiabo
    quanto baste de suco de limão
    quanto baste de extrato de tomates
    quanto baste de azeite

    Soque os camarões secos, descascados, 2 maços de cheiro-verde, 2 cebolas, 2 pimentas. Reserve, esta é a paçoca de camarão. Corte as cabeças e pontas dos quiabos, coloque de molho na água de limão por em outra água, depois de escaldados, refogar. Quando estiver bem refogado coloque os quiabos com um pouco da água em que foram cozidos e reserve o resto da água. Por fim, coloque a paçoca de camarão dentro do restante da água com mais um pouco de água fria e junte ao fogo para cozinhar, mexendo sempre, logo que levantar a fervura coloque o dendê e prove o sal. Sirva quente.

    Então… não tem nada de massa de feijão cru aqui. É só aquele troço verde, gosmento, escorregadio (apesar do limão), que parece baba de alien e que eu adoro.
    Espero sua receita, hein?
    Beijos,
    Ana

  21. disse:

    Eu adoro quiabo com abóbora e carne seca sem gordura… Uma mineira deixou-me viciada com essa delícia…
    Nunca achei em “selve-service” no RJ…
    Detesto cozinhar, mas to afim de comer esse prato… Fui comprar e sutilmente perguntei aos que também compravam… kkk…

    Pra EVITAR A BABA do quiabo?
    - Lave os quiabos inteiros e seque…
    - Cortar pedaços médios depois de seco…
    - Numa tigela aberta deixar no mínimo 1 hora na geladeira…
    - Quando for cozinhar, colocar na panela com os temperos aquecidos…
    - Não mexer muito e quando fizer, faça delicadamente…

    Ccaracaaa… Nada de baba… ADOREI (!)(!)(!)

    kkkkkkkkkkkkk… Na NET tem tudo… Saí caçando outras dicas e achei na bolsa… Mais quiabo (!)(!)(!)
    Tá uma delícia a comida tipo mineira… hhhhuuuummmmm :>

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter