Pílula do dia seguinte: principais dúvidas

A pílula do dia seguinte é sempre motivo de polêmica. Veja as dúvidas
por admin

O que é a pílula de emergência ou do dia seguinte?

É um método anticoncepcional com altas doses de hormônio capaz de evitar uma gravidez não planejada depois que acontece a relação sexual. Seu uso está indicado nas seguintes situações: quando a mulher tiver uma relação sexual com penetração vaginal (mesmo que o homem não tenha ejaculado dentro da vagina) e não estiver em uso de nenhum método anticoncepcional; se o método que ela estiver usando falhar (a camisinha rompeu, o diafragma deslocou, esqueceu de tomar a pílula mais de dois dias etc) e em casos de violência sexual (estupro). Ela não protege das doenças sexualmente transmissíveis e nem da AIDS.

Como devo tomá-la?

Você poderá utilizar a pílula de emergência até cinco dias depois da relação sexual desprotegida. Pode ser tomada em duas doses com intervalo de 12 horas entre elas ou então de uma vez só (em dose única), sem prejuízo nenhum para o seu efeito e com a vantagem de você não esquecer a outra dose! Já existem medicamentos disponíveis com apenas um comprimido, na dose adequada para ser tomada de uma só vez.

E se eu não estiver no período fértil? Ainda assim está indicada?

A recomendação atual é que a pílula de emergência seja utilizada quando for necessária, independentemente da fase do ciclo menstrual em que você estiver. É claro que se você estiver no período fértil e souber reconhecê-lo, as suas chances de engravidar serão maiores se não se proteger. Mas, como às vezes pode ser muito difícil saber o dia exato da ovulação, não deixe de usá-la só porque você acha que não está no seu período fértil.

Depois de usar, a menstruação vem logo em seguida?

Até pode acontecer um pequeno sangramento dias após o uso da pílula, mas isso não é o mais comum. Se ela funcionar, sua menstruação deverá vir na época esperada, mas pode atrasar ou até mesmo adiantar em uns três dias. Se ela atrasar mais de 10 dias, é melhor procurar o ginecologista para ver se não está grávida.

Por quanto tempo ela faz efeito?

Apesar da alta dose hormonal, o seu efeito é muito rápido. Após 24 horas, ela já foi totalmente metabolizada e absorvida pelo seu corpo.

E se eu precisar usá-la novamente? Ela vai funcionar?

O principal mecanismo de ação da pílula de emergência é a inibição ou o atraso da ovulação, o que pode acabar desregulando a menstruação. Quando ela é utilizada repetidas vezes (mais de uma vez ao mês), a menstruação pode ficar ainda mais desregulada e se você continuar tendo relações desprotegidas pode ter mais chances de engravidar. Por isso é que se diz que a eficácia dela diminui com o uso repetido. Se você está nessa situação, converse com seu ginecologista. Ele poderá ajudá-la a encontrar um bom método anticoncepcional!

Dra. Mariana Maldonado é médica ginecologista e obstetra, especializada em Sexologia e Homeopatia.

Tel: (21) 2287-2311

e-mail: dra.mariana@marianamaldonado.com.br

site: www.marianamaldonado.com.br

Matérias Recomendadas

Facebook Comments