Nódulos nos seios

Os nódulos nos seios podem ser benignos. Mas sempre exigem atenção
por admin

Um belo dia, de baixo do chuveiro, você resolve apalpar o próprio seio e sente que tem alguma coisa diferente ali, parecida com um caroçinho. Qual seria sua primeira reação? Medo? Pavor? Ai, meu Deus, será que estou com um câncer?

Se você já passou por uma situação assim deve saber do que estou falando. Para muitas mulheres é angustiante descobrir um nódulo na mama, pois o medo do câncer é enorme. E não é à toa: de acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de mama é o que mais causa a morte das mulheres, principalmente acima dos 40 anos. Pode-se dizer que este tipo de câncer é provavelmente o mais temido, não só pela alta freqüência, mas também pelos efeitos psicológicos importantes, afetando a auto-estima e até mesmo a sexualidade da mulher.

Dos nódulos benignos das mamas, os mais comuns são o fibroadenoma e os cistos simples.


Felizmente, a maioria dos nódulos de mama não são do mal, tem natureza benigna. Mas você sabe como identificá-los? O primeiro passo é aprender a tocar o próprio seio para conhecer suas mamas mais de perto. Existem diversos tipos de mama consideradas normais: umas mais lisinhas, outras mais irregulares (com muito tecido glandular, o que antigamente se chamava de displasia) que podem até dar a impressão de terem vários "caroçinhos". Isso pode realmente ser só impressão, mas para se ter certeza é fundamental visitar o ginecologista, no mínimo, uma vez ao ano para fazer o exame clínico das mamas e, se necessário, outros exames complementares ao diagnóstico, como o ultrassom, a mamografia e a biópsia, dependendo do caso.

E se o nódulo realmente existir? Nesse caso, o passo seguinte é fazer uma investigação mais detalhada para conhecer suas características: localização, consistência (sólido ou cístico), contornos, tamanho e, se necessário for, estudar suas células através da biópsia para saber se é um câncer ou não.

Dos nódulos benignos das mamas, os mais comuns são o fibroadenoma e os cistos simples. O fibroadenoma é um nódulo sólido, indolor, que se forma quando há um crescimento excessivo dos lóbulos mamários. Eles representam seis em cada dez dos nódulos encontrados em mulheres jovens com menos de 20 anos e raramente necessitam ser retirados, pois o risco de virar um câncer é mínimo. Os cistos simples são nódulos que aparecem geralmente em mulheres com mais de 30 anos. Podem ter tamanhos variados e às vezes causar dor, principalmente quando são maiores. Nesses casos, é possível esvaziá-los através de uma punção. Mulheres que têm ou já tiveram cistos simples também não apresentam risco maior de desenvolver câncer de mama.

Mesmo sabendo que a maioria dos nódulos de mama são do bem, não dá para descuidar! Por mais que ele pareça bonzinho, todo nódulo de mama deve ser investigado e muito bem estudado para ser ter a certeza de que não se está à frente de um câncer de mama ou alguma outra lesão com potencial para se transformar em um! Por isso, cuide-se e visite seu médico regularmente!

Matérias Recomendadas

Facebook Comments