Médica dos famosos ensina segredos para exterminar gordura localizada

Canela, gengibre e pimenta são alimentos milagrosos contra a gordura abdominal

por Marianna Feiteiro

Se existe algo que toda mulher abomina, é a gordura localizada. Quando engordamos um pouquinho e acumulamos gordura no bumbum, coxa ou culote, muitas vezes nem dá para notar. Mas os pneuzinhos não perdoam, e basta aparecer uma leve protuberância na região do abdome para que mais nenhuma blusinha caia bem e para que a calça jeans teime em apertar.

Leia também:
Iogurte grego tem quase o dobro de calorias em relação ao natural
Arroz e feijão, juntos, são importantes para quem quer emagrecer
Aula de dança na esteira potencializa o gasto de calorias

Exageradas? Pode até ser. Mas acontece que os riscos da gordura abdominal não estão restritos apenas à questão estética. Esse tipo de acúmulo é mais nocivo ao corpo do que qualquer outro tipo de gordura localizada, pois está associado a problemas como doenças cardiovasculares, diabetes, colesterol alto e trombose, entre outros.

Segundo a Dra. Sara Bragança, especializada em emagrecimento através da terapia ortomolecular e criadora da dieta que fez Bruno Gagliasso perder 17 quilos em quatro meses, a gordura abdominal é, até certo ponto, benéfica para o corpo. “O organismo cria gordura nessa área do corpo justamente para proteger os órgãos internos contra traumas”, explica.

O problema é quando essa quantidade de gordura aumenta. Felizmente, existem alguns truques que ajudam a amenizá-la. A médica dos famosos conta quais são esses segredinhos abaixo.

Fotos dos famosos antes e depois da dieta:

 

Segredos da dieta dos famosos

O segredo: alimentos termogênicos
Canela, gengibre, pimenta, salmão, chá verde… todos são alimentos termogênicos, que são capazes de acelerar o metabolismo das gorduras e eliminá-las mais rapidamente. “Eles oferecem uma ajuda expressiva na eliminação da gordura abdominal. Se você utilizar, por exemplo, a canela como adoçante, vai perceber uma grande diferença”, sugere a especialista. Outra recomendação é salpicar gengibre ralado por cima de saladas e alimentos, ou misturar com sucos.

Invista em alimentos fibrosos
Chia, granola, semente de linhaça e todos os outros alimentos ricos em fibra são comprovadamente eficazes para a perda de centímetros na circunferência abdominal. “Eles funcionam como se fossem uma esponja no organismo, absorvendo gordura e carboidrato e eliminando através das fezes e da urina. Fazem uma espécie de faxina no corpo do que não é bom”, descreve Dra. Sara.

Evite alimentos gordurosos
Para combater o acúmulo de gordura, nada melhor do que controlar a ingestão deste componente. Leites e derivados “gordos” e glúten são vilões neste caso. Comer carboidrato à noite também não é uma boa ideia. “O carboidrato é uma fonte de energia, então temos que ingerir quando o corpo for, de fato, utilizar. Se comemos à noite, o organismo não usa e acaba acumulando, principalmente no abdome”, esclarece Dra. Sara.

Faça atividades aeróbicas
Não tem jeito: quem quer perder gordura localizada precisa praticar exercícios físicos. “As pessoas ainda têm na cabeça que, para perder barriga, é preciso fazer abdominal, mas não é só isso. Quem quer eliminar gordura precisa fazer exercício aeróbico, que acelera o metabolismo e facilita a queima”, explica a especialista, que recomenda, pelo menos, 30 minutos diários de atividades como corrida, caminhada, natação ou bicicleta.

Tratamentos estéticos
Dra. Sara explica que procedimentos como drenagem linfática e massagem modeladora não são capazes de eliminar gordura sozinhos, mas podem ser grandes aliados no processo. “A gordura precisa ser mobilizada para que seja eliminada e, para isso, é preciso que a parte linfática esteja livre”, diz. “Já a massagem modeladora é muito importante porque, a partir do momento em que fazemos qualquer técnica que mexe e modifica a célula de gordura, o organismo não a aceita mais e acaba a eliminando, e, com a mão, nós conseguimos mexer na gordura”, completa.

Ainda de acordo com ela, existe um tratamento recente neste campo que tem apresentado excelentes resultados: o método de congelamento de gordura. “É um aparelho externo que fica em contato com a pele durante, aproximadamente, uma hora e que reduz a temperatura da área a cerca de -4º C. Já foi provado que a gordura não resiste a baixas temperaturas e acaba sendo eliminada”, destaca. O procedimento gera a perda de, aproximadamente, 30% da área atacada em apenas uma sessão. A aplicação só pode ser feita uma vez a cada três meses e custa, em média, R$ 3 mil.

Leia também:
Tecnologia é aliada do corpo perfeito
Galeria: Famosas também têm celulites
Redutores de medidas

Conheça também o tratamento que promete reduzir medidas, flacidez e celulite:

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter