Grávidas de salto alto

Saiba a melhor forma de usar e os riscos que o calçado pode trazer às gestantes
por admin

O que Victoria Beckham, Danielle Winits, Kate Hudson e Natalie Portman têm em comum? As três adoram um par de salto alto e não abriram mão do calçado nem mesmo durante a gravidez. Mais recentemente, foi a vez de Jessica Alba chamar atenção ao aparecer gravidíssima com uma sandália com altura vertiginosa. Certo ou errado? Faz mal ou não há problema algum?

A pedagoga Marianne Melo, de 28 anos, que acaba de dar à luz Francisco, revela que lá entre os seis e sete meses de gestação não resistiu à tentação de dar um up no visual. "Usei uma vez só, estava me sentindo um pouco feia e queria dar um up no look. Escolhi um salto anabela para ir a uma festa", revela ela, que, nos outros meses, optou por sapatos mais confortáveis como sandálias e sapatilhas.

Para o ginecologista e obstetra Dr. Domingos Mantelli Borges Filho, "o salto alto não é o mais indicado", uma vez que as grávidas aumentam de peso e tendem a reter líquido, ficando com os membros inferiores mais inchados. "O salto alto aumenta o risco de varizes e em casos mais graves pode ocorrer trombose", ressalta o médico, referindo-se à má circulação venosa.

VEJA FOTOS DE GRÁVIDAS DE SALTO ALTO

Mas não é para se assustar. Se você é do tipo louca por um salto 10 ou 15, que tal diminuir para cinco durante a gravidez? "Mulheres que costumam usar salto alto sentem dor ao usar saltos mais baixos, mas também não é para não usar salto algum, a grávida precisa de conforto", explica Domingos, que alerta para outro risco para as que não conseguem descer alguns centímetros em prol da gestação.

"As grávidas mudam de eixo gravitacional. A barriga tende a fazer força para frente e as mulheres jogam o corpo para trás, isso influencia no equilíbrio. Por isso, saltos muito altos podem gerar quedas", frisa ele. Bateu um desespero? Não é preciso, a consultora de estilo Dany Padilha dá algumas dicas para se manter na moda mesmo estando grávida e ensina que é possível abrir mão do salto e privilegiar outras partes do corpo para se sentir bonita.

"Para quem não quer deixar de usar salto de jeito nenhum, melhor escolher os mais grossos e quadrados, com até cinco centímetros", ensina ela, que aproveita para revelar alguns truques: "Vestidos mais folgados, com decote em V ou envelope ajudam a modelar a silhueta. Outra boa opção é usar listras na diagonal e sobreposição". Para não causar saia justa àqueles que não sabem da gravidez e acham que o que você tem na barriga é comida em excesso, evite usar cintos que marquem a dita cuja.

"É melhor privilegiar os seios, que sempre ficam mais bonitos", opina Dany. "Eu usei muita legging com blusas marcadas em baixo do busto para não acharem que eu estava gorda", conta Marianne que inseriu em seu armário a calça saruel, além e batas e muitos vestidos.

LEIA TAMBÉM:

- Legging para grávidas - Futuras mamães apostam em produção certeira

- Moda para gestantes - Veja o que não pode faltar no guarda-roupas da grávida fashion

Natalie PortmanNatalie Portman, Kate Hudson e Victoria BeckhamDanielle Winists e Jonatas FaroVictoria Beckham

Tags:

Matérias Recomendadas

Facebook Comments