Cirurgia plástica íntima: como é feita e quando é indicada

Procedimento diminui o desconforto e melhora a autoestima
por Redação

A plástica vaginal é uma cirurgia procurada pelas mulheres que se sentem inseguras e incomodadas com o próprio corpo e querem reparar algum aspecto físico da região íntima. A retirada do excesso de pele dos pequenos lábios e a correção de assimetrias melhora a autoestima e a vida sexual da paciente.

Leia também:

10 mandamentos para a plástica perfeita

Saiba quais são as melhores posições sexuais para as mulheres

Lipoaspiração reduz gorduras localizadas, mas pode trazer riscos sérios

De acordo com a cirurgiã plástica Dra. Eliane Hwang o objetivo da cirurgia íntima é melhorar o aspecto estético e também funcional, pois muitas mulheres sentem incomodo durante a relação sexual e até mesmo pelo uso de peças mais duras, como a calça jeans.

Crédito: Shutterstock A cirurgia corrige assimetrias e excesso de pele nos lábios. Crédito: Shutterstock

Tipos de plástica íntima

A médica afirma que a técnica mais utilizada é a desepidermização, em que uma porção da parte excedente dos pequenos lábios é retirada. “Essa técnica proporciona um resultado estético mais satisfatório, por isso é a que mais utilizo”, ressalta.

Cirurgias redutoras de volume

Lipoescultura do púbis e parte interna das coxas, correção de hipertrofia de pequenos lábios;, correção de hipertrofia de clitóris e correção de assimetrias de pequenos lábios.

Cirurgias de flacidez

Correção de flacidez de pequenos lábios, do períneo e da parte interna das coxas.

Cirurgias de aumento de volume

Lipoescultura e lipoenxertia (preenchimento com gordura do próprio corpo) de períneo e púbis.

O resultado melhora a autoestima e a vida sexual. Crédito: Shutterstock O resultado melhora a autoestima e a vida sexual. Crédito: Shutterstock

Indicações

A plástica íntima é indicada para casos funcionais, que corrigem “defeitos” que comprometem a qualidade de vida da paciente, e também para fins puramente estéticos. “Alterações funcionais provocam dor, principalmente na relação sexual ou na prática de esportes como o ciclismo. Este sintoma geralmente resulta do excesso de volume dos pequenos lábios ou da falta deste no púbis”, explica a ginecologista.

Matérias Recomendadas

Facebook Comments