Shampoo com ou sem sal?

Conheça os mitos e verdades deste dilema

por Redação

São várias as marcas da indústria de cosméticos que apostam nos shampoos sem sal. Os produtos se tornaram preferidos das mulheres que, preocupadas com os cabelos, querem evitar os danos aos fios para que fiquem mais bonitos e saudáveis. Porém, nem tudo o que os fabricantes dizem nos comerciais é verdade, e os malefícios do sal não passam de mito.

A máxima propõe que o sal marinho danifica o cabelo, assim como quando você vai à praia e o mar resseca os fios e dificulta o penteado. Porém, é preciso saber que o causador não é apenas o sal da água, mas também diversos outros fatores do ambiente, como substâncias orgânicas e inorgânicas do oceano, o sol e o vento.

“O sal é utilizado na composição do shampoo para deixá-lo com uma consistência mais espessa. Ele só vai danificar a cutícula dos fios se estiver em uma concentração muito alta, o que normalmente não acontece com esses cosméticos”, explica a coordenadora do Departamento de Cabelos da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Dra. Jackeline Mota.

Portanto, independentemente de o produto ter ou não sal, o importante é que seja de qualidade para que deixe os cabelos mais saudáveis. Para quem quer melhorar a qualidade dos fios, a profissional indica que a lavagem aconteça com água em temperatura de morna a fria, massageando delicadamente o couro cabeludo e os cabelos. Após enxaguar, aplicar um bom condicionador apenas no comprimento dos fios e, ao final, permitir que o cabelo seque naturalmente.

Leia também:
Escova de cabelo: escolha o modelo ideal
Touca térmica é útil?
Cortes de cabelo que emagrecem

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter