Cabelo loiro da Bruna Marquezine: veja como copiar o tom da atriz

Profissional dá dicas e tratamentos para quem quer ficar loira como ela

por Mariana Bueno

A atriz Bruna Marquezine adotou recentemente um novo visual. Ela está com os cabelos loiros.

Qual é o tom do cabelo da Bruna Marquezine?

“A cor natural da Bruna é um castanho claro e as suas pontas já estavam com mechas, o mega hair já estava com um louro mel. Para chegar ao tom loiro desejado, clareamos os fios em direção à raiz. Fizemos mechas no cabelo todo, diminuindo quase um tom e meio na cor, até chegar ao efeito que ela queria. O resultado final foi quase uma californiana”, explica a hairstylist Gladys Acosta, do salão Glady’s Coiffeur, no Rio de Janeiro, onde a atriz realizou a mudança do visual.

Leia também:
Cabeleireiro das famosas indica produtos indispensáveis 
Loiro platinado: como chegar ao tom ideal
Atriz Bruna Marquezine é destaque no Fashion Rio

Quem quiser copiar o cabelo de Marquezine precisa ter alguns cuidados, pois segundo o hairstylist Bruno Moura, da Ophicina do Cabelo, no Rio de Janeiro, ser loira dá trabalho. “Quanto mais claro for o tom escolhido, mais rápido a raiz aparecerá. Quem quer manter o cabelo sem falhas pode se preparar para visitar o salão pelo menos a cada 20 dias”, diz.

Antes e depois (Créditos: TV Globo/Divulgação Gladys Coiffeur)

Bruna Marquezine antes e depois (Créditos: TV Globo/Divulgação Gladys Coiffeur)

Tom de loiro ideal para cada pele

Quem tem a pele bronzeada deve optar por tons dourados. O loiro-claro combina mais com peles claras. “O loiro-mel ou dourado combina mais com as peles claras, porém amareladas e olhos castanhos. O escuro ou queimado pode ser usado com qualquer tom de pele”, explica Wilson Barros, do Crystal Hair.

Dicas de cuidados com cabelo loiro

Para que o cabelo não fique maltratado, é necessário redobrar os cuidados, pois os produtos utilizados para a descoloração costumam ressecar a fibra capilar e deixar as cutículas mais abertas, prejudicando o brilho e a textura, e fazendo surgir o efeito espigado. “Os danos são menores se, em vez de clarear os fios com descolorante, a cor natural do seu cabelo aceitar a mudança apenas com tintura. Aconselho também a hidratação dos fios semanalmente”, explica Ricardo Moçali, do Werner Coiffeur.

Descolorir ou não a sobrancelha?

Ao descolorir o cabelo é preciso pensar também nas sobrancelhas. “Elas não precisam ser exatamente da tonalidade das mechas, mas devem fazer parte da mesma família monocromática”, afirma Fátima Bahia, do Studio Longevitá.

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter