Cuidar da musculatura do pescoço é fundamental para evitar papada

Postura, respiração e até a forma de mastigar podem fazer a diferença
por Mariana Bueno

Todo mundo se preocupa com os cuidados com o rosto, mas pouca gente se lembra da importância de cuidar também do pescoço. Por ter a pele mais fina e menos vascularizada, a região costuma envelhecer mais rápido que o rosto. Hidratação e proteção solar diárias são fundamentais mas, sozinhas, não resolvem. Mais do que o uso de cosméticos, é importante cuidar da parte muscular, que vai perdendo sustentação com o tempo e faz com que apareçam as indesejáveis papadas. “O pescoço é uma região do nosso corpo fundamental para o bom funcionamento cervical e orofacial. E, para que estas funções possam se desenvolver corretamente, o pescoço possui músculos, tendões e ossos fortes para dar sustentação e mobilidade à cabeça e na sua parte interna, estruturas que participam de funções fundamentais como a deglutição, a produção da voz, a condução do ar para os pulmões e a condução dos alimentos para o estômago. No entanto, ao longo do tempo, hábitos inadequados, associados ao processo de envelhecimento e exposição aos fatores ambientais, vão tornando a região mais flácida e os tecidos e músculos vão perdendo sustentação”, explica a fonoaudióloga Gisele Valdstein, especialista em motricidade orofacial.

Leia também:

Profissional explica que pescoço também deve ser maquiado

Região do pescoço também precisa de cuidados antiidade

Dicas para cuidados em casa para amenizar o efeito do tempo no pescoço

Ela diz que para manter a musculatura do pescoço firme é importante ter alguns cuidados diários, como a postura, e até mesmo a forma como mastiga e respirar. “Ao realizar a respiração primordialmente pela boca, as musculaturas da face e do pescoço vão perdendo o tônus, pela necessidade constante de manter a boca aberta para respirar, o que não é fisiologicamente correto”, diz. Outro fator importante é a postura nas atividades diárias. No computador, por exemplo, quase sempre se está olhando para baixo e flexionando o pescoço, o que provoca vincos na região. Por isso é importante posicionar o visor do computador na altura dos olhos e manter o ângulo do queixo em 90 graus com relação ao pescoço. “É fundamental o trabalho diário para regularizar o funcionamento da face nas atividades e tonificar a musculatura do pescoço. As massagens diárias e exercícios específicos para o contorno da face e do pescoço são complementares aos objetivos de fortalecer a musculatura de sustentação da papada”, afirma.

A especialista ressalta também que as orientações são individualizadas, por isso é essencial procurar um profissional, já que para cada pessoa a configuração facial é diferente e exige recomendações específicas. Mas algumas dicas de exercícios são gerais e podem ser feitas por todos. Confira:

- Procure sempre mastigar dos dois lados, rodando o queixo no sentido em que está o alimento e comendo coisas que tenham consistência firme.

- Ao engolir, certifique-se de que é a pressão da língua que está empurrando o alimento na direção da garganta e não o esforço exagerado dos lábios. Quem faz a língua empurrar o alimento em direção à garganta é o músculo do soalho da boca, e a firmeza dele ajuda a fortalecer a papada.

- Segure com as duas mãos ao redor do pescoço. Leve o pescoço à frente e a cabeça levemente para cima, fazendo a força a partir do pescoço e uma leve resistência oposta com as mãos.

- Apoie as mãos na testa e force a cabeça contra as mãos, fazendo resistência oposta, focando no esforço a partir do pescoço. Faça o mesmo apoiando as mãos nas laterais da cabeça. Não faça para trás, pois a musculatura posterior do pescoço já bastante tensa.

Pele também precisa de cuidados especiais na menopausa. Assista:

Categoria:

Matérias Recomendadas

Facebook Comments