Acne na mulher adulta

Entenda a razão desse problema fora de hora e saiba controlá-lo

por Redação

Não só é possível, como acontece – e muito! – o desenvolvimento da acne na fase adulta. Várias pacientes chegam ao consultório com a seguinte pergunta: estou virando adolescente de novo? Há casos, inclusive, de pessoas que sequer sofreram com o problema quando mais jovens e que, agora, anos mais tarde, passam a conviver com ele. Na fase adulta, a acne apresenta características totalmente diferentes daquelas observadas na adolescência e geralmente vem associada ao fotoenvelhecimento, resultado da exposição solar excessiva.

O distúrbio pode estar relacionado a agentes externos, como o uso de cosméticos inadequados, geralmente muito oleosos e que acabam obstruindo as glândulas sebáceas; uso de medicamentos sistêmicos; oleosidade excessiva; alterações hormonais; distúrbios menstruais; alimentação errada; obesidade e até estresse.

Teste: o que você sabe sobre saúde feminina?

A regra número um para quem tem acne é abolir o uso de cosméticos à base de cremes, devendo-se optar por produtos em gel e filtros solares oil free. Também é proibido espremer ou cutucar o rosto!

Geralmente, são observadas intensas alterações psicológicas que podem levar à inibição social, constrangimento, depressão e insegurança no ambiente de trabalho. Algumas pessoas, na tentativa de melhorar o aspecto da pele, lavam o rosto muitas vezes por dia, cutucam as lesões ou exageram no uso de cosméticos para disfarçar o problema, podendo assim agravar ainda mais o quadro.

Outra prática infelizmente comum, porém nada recomendada, é se expor ao sol, acreditando que ele poderá melhorar o aspecto da pele. Num primeiro momento, isso até acontece, mas ledo engano… Depois, a acne volta e ainda pior, uma vez que vem acompanhada das manchas e envelhecimento provocados pelo sol.

A regra número um para quem tem acne é abolir o uso de cosméticos à base de cremes, devendo-se optar por produtos em gel e filtros solares oil free. Também é proibido espremer ou cutucar o rosto!

Mas, apesar da irritação e transtornos que a acne gera, aqui vai uma boa notícia: ninguém precisa se desesperar, porque o problema pode ser controlado e até resolvido, desde que o paciente recorra a um especialista, que irá prescrever o tratamento mais indicado para o seu caso. Portanto, nada de automedicação! Muitas vezes, o que funciona na pele de uma amiga ou colega de trabalho, poderá não servir para você e até piorar o aspecto das lesões.

O tratamento envolve desde medicamentos orais ou tópicos para serem administrados em casa até procedimentos em consultório. Opções não faltam! O importante é o diagnóstico preciso e a terapêutica correta.

No próximo texto, iremos abordar o que se pode fazer para melhorar as cicatrizes de acne, aquelas marquinhas que incomodam tanta gente.

Paula Bellotti é dermatologista, formada em medicina pela Universidade Federal Fluminense (UFF), no Rio de Janeiro, com pós-graduação em Dermatologia Clínica e Cirúrgica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da Société Française de Dermatologia.


Tem alguma dúvida? Mande seus comentários e sugestões de temas de beleza e saúde da pele.

Leia outros artigos da Dra. Paula Bellotti

Clínica Dermatológica Dra. Paula Bellotti - Av. Afrânio de Melo Franco, 141/3º andar, Leblon. Tel: (21) 2294-9514.

Comentários

  1. disse:

    Muito boa! Dicas boas, do que não fazer e só mesmo o médico pra resolver!

  2. tatianamichael disse:

    muito legal!!

  3. disse:

    Muito legal o artigo. A acne é um problema que afeta a maioria das pessoas, principalmente quem tem uma pele oleosa. Uma boa opção é beber bastante água para eliminar os resíduos do corpo e fazer de vez em quando uma limpeza de pele. Tem um artigo bem interessante que eu achei sobre [URL=http://www.minhavida.com.br/conteudo/907-Limpeza-de-pele-varre-cravos44-espinhas-e-impurezas.htm]limpeza de pele[/URL]. Dá para complementar ainda mais sua matéria

    Parabéns pelo artigo!

  4. disse:

    NOSSA PARECE ATÉ QUE VOCÊS SABIAM QUE EU ESTOU C/ UM AESPINHA ENORME AO LADO DO NARIZ…RSRS OLHA QUE VOU FAZER 40 ANOS NO PROXIMO DIA 12/07…RSRSRS:|

  5. disse:

    Adorei! Sofro com este problema e realmente o sol é um veneno, estou tomando mais água e usando um protetor solar da ROC oil free e esta ajudando muito!

  6. disse:

    Tenho uma filha de 14 anos, e está cheia de espinhas, já fiz vários tratamento nela, comdermatologistas, limpezas de pele e não vi nenhum resultado, gostaria e uma orientação.Obrigado, gostei muito da matéria, eu mesma não tive espinhas na adolescência, agora tenho uma ou outra.

  7. disse:

    amei!a meteria tenho 39 anos e sofro co acne desde sempre.

  8. disse:

    Muito boa a mateira! Estou com problema de acne depois de meus 27 anos e na adolecencia nao tinha, por favor nos informe mais sobre o assunto. Obrigada!

  9. disse:

    Achei otima essa materia pois sofro com este problema de acne, tenho 41 anos e continuo com acne como se fosse adolescente, principalmente no periodo menstrual

  10. disse:

    Oi coleguinhas,tenho 35 anos e tb sofria com as acnes, um dermatologista me indicou um sabonete liquido a base de triclosan e extrato glicolico, resolveu 90% mas tb melhorei minha alimentação,comendo mais frutas e verduras.Espero ter ajudado

  11. disse:

    Olá amigas! Tenho 44 e desde os 35 luto contra esse mal adolescente… rsrs. Percebo q o q piora é mesmo o uso de produtos em creme, mais oleosos, ou quando meu intestino não funciona direito. Estou usando um produto novo da avon, e estou gostando bastante. Um beijo!

  12. disse:

    Adoroooo esse site :D
    Dicas fantasticas para mulheres modernas !

  13. disse:

    Muito boa. Parece que no inverno a acne piora ( clima e alimentação). Poderia fazer uma matéria sobre o tema? Reumatismo e disturbios da tiróide ou tireoide também provocam acne?

  14. disse:

    Adorei,
    Esse mal atingi a maioria das pessoas e não só mulheres.

  15. disse:

    Caramba!! Eles Falam o Que Agente Pensa!

    Bolsa Vcs São D+++++++++++

  16. disse:

    parece até q vcs adivinham o q está acontecendo comigo, bolsa é d+! acabo de completar 29 anos e as primeiras acnes aparecendo, sempre junto c/ a menstruação, e eu pensando q ia virar adolescente de novo! rsrs

  17. disse:

    bem, o q eu conheço como acne da mulher adulta, é a acne que desenvolve devido a cistos ovarianos, q inclusive eu tenho e sofro com as manchas causadas por elas, alias, sofro mais por saber que existe a possibilidade nada remota, d q , qdo eu resolver engravidar eu nao consiga mais…entao se vc estah sofrendo com a acne n pense que eh um probleminha estetico n, eh um problema serio!!! eu tenho 19 anos, e desde os 13 ou 14, q eu sofro ocm essa acne, q n eh uma acne de adolescente, eh diferente, as "espinhas"n amarelam elas se enchem de um liqido bem transparente, perece agua, ae coça mto, vc coça ela estoura e onde estourar forma uma feridinha, um machucadinho, q mancha mto!

    n usem remedinhos para acne normal,
    procure um medico, n faça como eu,
    demorei p começar a me tratar, e soh n perdi meu utero pq recebi um milagre, acreditem ou n
    meu cisto cresce descontroladamente em 6meses, ele triplicou de tamanha
    e se continuasse crescendo eu teria q tirar o utero, com 19anos!!!

    entao, se estah com essa acne, mal sinal!!!vah urgente a um dermatologista, e em seguida ele te encaminhará , caso haja necessidade a um ginecologista…

    [B]ISSO EH MUITO SERIO!!![/B]

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter