Relacionamento aberto

Novos tempos... Mas será que o tradicional relacionamento entre um homem e uma mulher tende a cair por terra? Quem se filiou ao partido do “apenas sexo e amizade” jura que sim. No entanto, uma boa parcela da população vota que não.

por Redação

Quem ama quer viver agarradinho, juntinho e, se possível, até dentro do outro. Certo? Bom, com a maioria, sim. Isso mesmo, por que alguns casais de vanguarda abriram mão da velha fórmula do relacionamento e implantaram outros métodos para serem felizes. Grude, por exemplo, é algo terminantemente proibido. Cobrança, então, nem se fala: um verdadeiro tabu. Nesse novo conceito de relação, individualidade e liberdade são as palavras de ordem.

Parece esquisito, não? No entanto, para quem assumiu este tipo de compromisso, estranho é ficar preso a algum tipo de convenção da sociedade. “Todo mundo tem vontade de sair com outra pessoa ou de ficar sozinho, mas isso não significa que queira ficar solteiro. Só que ninguém assume isso. Aí, mente, trai, engana. Eu prefiro ter um relacionamento sincero, baseado na pura vontade de fazer as coisas e não no que é bonito e correto, segundo os outros”, pensa o advogado Rômulo Malheiros.

Falando assim, pode parecer perfeito: você tem lá seu chinelo pra calçar, e quando está a fim de variar, espairecer ou mesmo se divertir, simplesmente, vai pra pista. Pelo menos é isso o que a engenheira Carla Macedo e seu namorado costumam fazer para o tédio e a rotina não assolarem seu relacionamento. “Já fui casada e não tenho mais tempo a perder com bobagens conjugais. A vida é uma só, e eu quero vivê-la da melhor forma possível. Por esse motivo, procuramos nos manter realizados individualmente”, diz ela. E o que consiste em se realizar individualmente? “Eu viajo sozinha, tenho o meu círculo de amizades e até rolinhos passageiros, não me prendo ao meu namorado e nem ele a mim. Somos pessoas independentes, não temos aquela relação dos casais comuns. Mas quando a saudade pinta a gente fica junto”, relata Carla.

Mesmo não tendo a cansativa missão de inventar desculpas para a farra que se estendeu além da conta, há quem jure que este tipo de relacionamento não atrai. “Isso é para quem não se gosta. Não adianta me convencer do contrário, quem ama não consegue viver assim”, acredita a dentista Valéria Sampaio. E a gerente comercial Tatiana Garcia endossa o coro e entra na discussão com uma tese a respeito dessa liberdade assistida: “Isso é desculpa de homem que quer enrolar a mulher. Se não é pra ter relacionamento, não tenha. Ninguém precisa estabelecer que é aberto, os homens sabem que as mulheres acabam sendo fiéis quando gostam, enquanto eles continuam na galinhagem”, teoriza Tatiana.

Maturidade, preservação da liberdade ou pura ilusão? Será que este tipo de pacto vinga entre um homem e uma mulher? Para o psicólogo Jadir Lessa, ele não passa de um esforço para se manter livre. “Hoje em dia pregam muito essa coisa de se sentir sem compromisso. E o relacionamento ameaça este ideal. As pessoas então acham que a solução é optar por uma relação aberta”, comenta Jadir. No entanto, o psicólogo acrescenta que de fato esta escolha é ilusória, não existe uma manutenção sadia disso conforme a relação se estreita. “No início, a pessoa acredita que pode levar adiante. Ela se prende a outra por gostar, querer estar junto, mas mantém a chave da porta, seria essa a metáfora. Só que, com o tempo, ela vai se apegando e fica difícil sair. Aí, surgem os problemas”, diz ele.

Segundo Jadir, isso é muito comum de acontecer com pessoas que já tiveram relacionamentos sufocantes. Assim sendo, a primeira regra que impõem é: estamos aqui só para nos divertir. “Existem dois tipos de ligação, a de contrato e a de contato. A primeira é a obrigação de estar junto. A segunda, o prazer. Relacionamento aberto é nada mais nada menos do que uma tentativa de só se ter a segunda, uma utopia. Eu costumo comparar ao casos dos amantes: no começo a intenção é apenas ser feliz por alguns momentos, depois as coisas se aprofundam. É impossível não ter comprometimento quando se ama”, afirma Jadir Lessa. Portanto, podemos concluir que aberto deve ser o coração.  

Comentários

  1. disse:

    É possível ter um relacionamento aberto. Companherismo não tem nada a ver com sexo. Eu e meu marido adotamos este tipo de relacionamento deste que éramos namorados, sugerido por mim. Não é com todos que aparecem que saímos, não nos sentimos lives leves e soltos. Mas, as vezes aparece alguém significativo que vale a pena “namorar” por uma noite. Preferimos ser fiéis com nossos desejos do que cometer a impocrisia de mentirmos um para o outro. Pois, traição também é aquela que atormenta o pensamento. E, cadanoite sepadaos nos faz mais juntos no dia posterior. Temos certeza que nascemos um para o outro, testado na prática.

  2. disse:

    É estranho, mas hj em dia muitos casais estão adotando tal relacionamento, eu mesma estou vivendo uma posição parecida, meu namorado vive falando q só nos damos tão bm, pq estamos nos relacionando sem cobranças, mas com respeito, só ficamos juntos quando temos vontade e pra falar bem a verdade isso tem acontecido muito mais vzs do quando tv relacionamentos com cobranças e obrigações, falamos d tdo um pro outro entre nós o unico trato é não mentir, mas é desta forma q estamos curtindo e aos poucos nos envolvendo cada vz mais e mais, sei q não vou segura a barra d ser tão controlada por muito tempo, mas por inquanto não chegou a hora de conversarmos, e quando essa hora chegar, já teremos uma posição muito segura de nossos sentimento…..

  3. disse:

    Vcs estão viajando,,,,, um dia essa merda toda explode,,,, . Até onde vcs acham que o realcionamento vai ser superficial? Que nunca vão se apaixonar ou até mesmo amar a pessoa “DESSE DITO RELACIONAMENTO ABERTO”,ou seja, niguém consegue ser tão voluvél a esse ponto.

  4. disse:

    Estamos em pleno século XXI, a Era do Novo, temos que nos adaptar ao que está acontecendo agora: viver o presente como se não existisse o amanhã. o lance do Ficar tornou-se cada dia mais praticado, para quê relacionamento sério? O que importa é a socialização do homem com seus semelhante.

  5. disse:

    Estou no meu segundo casamento, e não é ser careta , mas acho que esse tipo de relacionamento é bom quando não se tem amor, porque sacanagem é gostoso como variar tb, mas quando se ama de verdade há o respeito à individualidade e a vontade de cada um.

  6. disse:

    Ja vivi um rolo assim durou 5 meses, no começo era o idel, livre, sem dar satisfaçao, podiamos ficar com quem quisessemos…mas o tempo correu e eu me apaixonei por ele…foi ai onde o tal relacionamento aberto foi por agua a baixo ele disse que a minha mudança era fulga de proposta…e eu comecei a achar que ele so queria me enrrolar, sexo e nada mais, e comecei sentir ciumes,cobrar..claro eu tava apaixonada! mas apos 5 meses, ele achou que eu tava mudando muito o rumo das coisas e terminou..sofri muito… mas hj vejo que tinha que ter saido fora a mais tempo! por isso sou totalmente contra relacionamento aberto, eh realmente coisa de quem ta com a auto estima rente ao chao…eh isso ai…

  7. disse:

    Esse relacionamento é otimo quando só é para curtir mesmo mas quando rola amor acho difícil segurar a onda, não só da parte da mulher como do homem.

  8. disse:

    naomi
    essa coisa de ser tribalista- ninguém é de ninguém-não funciona,pois é tão gostoso saber q tem alguém nos esperando sempre, receber um telefonema no dia seguinte, saber q existe uma parceria, uma cumplicidade no relacionamento….

  9. disse:

    Também acho que isso não funciona não, quando existe sentimento na relação, nem uma das partes vai concordar com esse tal de “Relacionamento aberto”.

  10. disse:

    Acredito eu, que antes de qualquer sentimento existe o respeito, a partir do momento que você se dispõe a se relacionar o primeira coisa é o respeito .
    Quando se gosta se respeita a individualidade, e acima de tudo a pessoa, então esses relacionamentos abertos é uma agressão à integridade de cada um. Se você realmente gosta não há desculpas..e sim entendimentos.

  11. disse:

    eu vive um ano um namoro assim, mais só aconteceu pq eu tinha sentimento por ele, naum sei se ele tinha por mim, no começo nós ficamos juntos no modo convecional e eu comecei a pisar na bola pq eu achava q naum gostava del e tinha acabadp de vir de um relacionamento super conturbado, até q eu perdi e ele mudou totalmente então começamos a viver abertamente . Ai eu vi q realmente eu gostava dele só que era tarde demais então começamos em uma namoro aberto amor e amizade, confesso q sofri bastante pq eu gostava dele de verdade e falo essa coisa de amizade aberta é só p/ quem naum quer assumir q gosta de verdade então vc aceita qualquer coisa p/ ficar com aquela pessoa …. naum adianta quem se ama quer ficar a todo minuto e cada segundo junto

  12. disse:

    Isso é mais uma invenção daqueles que nunca amaram ou nunca foram amados de verdade…..

  13. disse:

    Acho que o relacionamento tem que ser aberto até certo ponto. Gosto de sair sozinha, só com os amigos, mas nunca fico com ninguém. Sou fiel, só que preciso tem uns momentos sozinha dele. Até agora tem dado certo…

  14. disse:

    Vivo um relacionamento assim… Estou me apegando e sofro quando vejo que ele ficou com outra.
    Estou saindo desse negócio aos poucos, esse tipo de ralcionamento não faz o meu tipo. Sou romântica e fiel por natureza. Respeito a liberdado do outro o cobro a minha. O mais “engraçado” é que somos ciumentos…

  15. disse:

    Não acredito que um relacionamento tão aberto…dure!!!
    Acho que os dois tem que ter uma certa liberdade, sair com os amigos, não ter aquela obrigação de se ver todos os dias,mesmo assim vc corre o risco de descobrir algo…então aprendi nunca deixe de fazer o que vc tem vontade…a vida passa rápido!!!

  16. disse:

    Bom, quem ama sabe que isso não existe! Eu concordo completamente com a Nina_Menina, quem nunca amou e nunca foi amado, deve fazer parte desse “NOVO” sentimento, se é que pode se chamar de sentimento.

  17. disse:

    Isso tudo é uma invenção do homem(mulher) que a cada dia quer está longe dos propósitos de Deus.
    Na verdade muitos querem estar solteiros, mas ninguém quer estar sozinho, aí escarnecem de Deus que constituiu o casamento para que seja único e perfeito, e se envolvem em vários relacionamentos sem compromisso. É uma pena mas os que vivem e pensam assim ñ estão vivendo o melhor de Deus em suas vidas. Deus tem coisas maravilhosas p/os seus filhos que ñ se comparam com estas nem de longe.
    ” Cre no Senhor Jesus e será salvo tú e a tua casa”

  18. disse:

    Não devemos confundir liberdade com libertinagem …

    Dizer que tem um relacionamento e ficar saindo com todo mundo não é um relacionamento, relacionamento surje quando assumimos um compromisso, se não assumimos, não é um relacionamento.

    As pessoas estando tentando invertar um desculpa para se sentirem menos culpadas.

  19. disse:

    Acredito que esse tipo de relação exista só mesmo quando não rola amor ou envolvimento, senão não dá.
    Quando vc está apaixonado não tem tesão por outras pessoas…

  20. disse:

    Eu estou assim, sou casada oficialmente, mas meu maido não me ama mais, tem carinho, amizade depois de 20 anos sem filhos comigo. Portanto também tenho entiados e sou uma vódrasta legal que adora os netos dele mas posso “devolver” quando eles voltam pra casa.
    Preferi ir morar em outra casa e dizer um bom thau para as obrigações domésticas que nunca satisfaziam a ninguém… sei lá como vai ser meu relaionamento com meu ainda marido, mas que estou adorando minha casa nova, só minha, sem as neuras de cuidar de almoços e jantares, horários e baladas que eu tinha que ir… vamos ver no que vai dar. Se ele quiser galinhar que galinhe,embora não faça o tipo, eu ,pelo meu lado, quero paz e não tenho a minima intensão de procurar ninguém.
    sgv

  21. disse:

    Acho que a evolução está contribuindo com as mudanças de padrões, isso leva a cada dia os homens serem mais galinhas e as mulheres também!Todo ser humano necessita ter alguém que valorize o compromisso,pois todos nós iremos envelhecer e precisamos ter ao lado alguém que viveu junto dividindo momentos de alegrias e tristezas.

  22. disse:

    CONCORDO PLENAMENTE COM A AMIGA DE CIMA , DESTE MODO NÃO DÁ E O RESPEITO PELA PESSOA , COM CERTEZA SE HÁ AMOR É CLARO Q QUEREMOS ALGUÉM JUNTINHO PARA COMPARTILHAR OS MOMENTOS BONS …

  23. disse:

    NO COMEÇO DE UM RELACIONAMENTO A GENTE ATÉ ACEITA QUE SEJE “UM RELACIONAMENTO ABERTO”, MAS COM O TEMPO A GENTE ACABA SE ENVOLVENDO E AI NÃO DÁ, A GENTE QUER MAIS É FICAR COM A PESSOA A TODA HORA. É MAIS OU MENOS O QUE ACONTECEU COMIGO….

  24. disse:

    Nao vejo como “pouca ou muita” vergonha, tem pessoas que simplesmente nao se sentem bem num relacionamento “normal”, a religiao e outra coisa que nao deve ser envolvida, como alguns sabem o “casamento” como conhecemos foi uma coisa da burguesia na idade media com a finalidade de preservar as fortunas e fazer aliancas politicas o amor e o envolvimento nao tinham nenhuma importancia. Quem ja viveu um relacionamento sufocante ou nao tem o arbitrio por revive-lo, mas nao se pode esquecer que o nosso corpo, este sim, e uma dadiva de Deus, e ele “pede” sexo, qualquer um que tenha tido uma vida sexual ativa sabe que o corpo sente falta – vc sente dores, fica tensa, mal-humorada e etc. e a menos que se atrofie a cabeca o corpo continuara a apresentar sintomas. Nao vejo um mal inominavel em transar com um amigo, alem de nao haver cobrancas um amigo e sempre um Porto Seguro que vc pode confiar e que no minimo te quer bem, vc pode conversar qualquer coisa sem a hipocrisia dos relacionamentos convencionais.

  25. disse:

    Não acredito nesse tipo de relacionamento, talvez por ser uma pessoa que segue tudo á risca, eu jamais conseguiria, mas para os que se sentem felizes assim…

  26. disse:

    Convivo com meu marido há 15 anos, tenho 02(dois) filhos com ele é um bom esposo, filho, pai é a pessoa que toda mulher sonha, não só na cama como na vida a dois sairmos para nos divirtir, dançarmos todos finais a de semanas a noite e durante o dia sairmos com os meninos. Mais sempre que ele pode sair com alguém que eu antes desconfiava, e um dia eu descubri que ele tinha ido ao motel com uma mulher que estava na mesma festa que eu estava e surgeria a separação. Só que ele não aceitou ficou bravou quando eu peguei a nota do motel no carro. Não entendo porque ele faz essas coisas , ele jura gostar muito da familia e me elogia diz que eu foi a pessoa que conseguiu construi um familia com ele, sempre teve ralacionamento complicado, porque as mulheres queiria construir um um lar ele nem ligava, resultado teve dois filhos, antes dos meus mais assumiu a paternidade e a doram ele gostaria de uma opinão neste meu caso.

  27. disse:

    Bianca
    Comecei uma relação a pouco tempo dessa forma, nunca tinha tido essa experência, e realmente não é muito confortante, pois as mulheres são mais sensiveis e eles só querem o prazer, valeu ter tentado mas hoje já não sinto o mesmo interesse, pela pessoa, talvez seja pelo medo de sofrer, mas descobri que esse tipo de relacionamento não quero p/ mim.

  28. disse:

    Simone
    essa conversa de relacionamento aberto é conversa pois quem ama quer ficar junto . . . e nao ira gostar de ver seu companheiro saindo e curtindo a vida sozinho

  29. disse:

    Sem comentários! Relacionamento aberto não existe! Relacionamento aberto é sinônimo de “galinhagem”, e se quer galinhar: NÃO NAMORE! Pra mim, isso é querer mostrar que é moderno demais e por fim, acabam sofrendo mais que todas as pessoas que tem um relacionamento NORMAL!

  30. disse:

    Eu acho que esse lance de relação aberta é coisa de gente que não sabe o que quer.
    Por que quando vc gosta mesmo de alguém, vc assume uma relação que será baseada em respeito, carinho amor etc.. coisa que não são preenchidas quando se tem uma relaçõa aberta.
    Relacionamento quando é legal tem respeito, e isto engloba vc respeitar a individualidade do outro… porque é lógico que as pessoas sentem necesidade de estarem sozinhas de vez em quando, de quererem sair com seus amigos sem estarem na presença 24 h de alguém tomando conta, telefonando 10 vezes por dia etc… este tipo de atitude, de gente insegura, só afasta a pessoa de quem se gosta, porque tornam o namoro algo parecido com uma prisão… não são sentimentos basados no amor/ respeito da individualidade e sim em obrigação.
    Respeitar a liberdade do outro dentro de um relacinamento é completamente diferente de se ter uma relação aberta!
    Por isso as pesssoas estão fazendo apologia ao relacionamento aberto, sem compromisso, pq só assim conseguem impor seu espaço dentro do relacionamento, e como não tem compromisso elas podem fazer oque quiserem sem ser precionadas e cobradas. Mas acho que não funciona por muito tempo. Logo logo um dos dois vai se desencantar e tentar procurar alguém que queira alguma coisa séria. Afinal não tem coisa pior do que vc querer pegar um cineminha com aquele gatinho que vc está saindo – sem compromisso – e ele já estar de programa armado com outra mulher né?? A gente não e achou no lixo pra aceitar este tipo de relação.
    Relacionamento aberto só funciona no começo, quando realmente não se está namorando.. só ficando – até pra ver se a pessoa é quem se deseja e quer namorar realmente.
    Estou dando este meu depoimento pq já passei por isso também.
    O meu namoro começou mais ou menos assim… e hoje já estamos juntos há 3 anos… não sei se vai durar pra sempre mas pelo menos que haja respeito enquanto o amor durar.

    Valeu!!
    Boa sorte pra vcs!!

    Gabi

  31. disse:

    vivo uma relacao aberta por muitos anos (quase vinte )somos amantes, amigos e o tesào nunca morreu ,vivemos vidas paralelas por que assim de cero modo a vida nos encaminhou , ja vivemos alguns anos longe, depois alguns meses longe e atualmente nos vemos ha seis anos semanalmente,vaijamos esporadicamente juntos …é perfeito e sou feliz.
    respondam o que pensam sobre ? guardamos o sabor de cada um e torcemos para as realizacoes individuais de cada um … nào vivemos um quotidiano mas horas tào intensas que supre todo oresto bons papos afinidades acho que é uma espécie de amor ou paixào ?aguardo um comentario

  32. disse:

    Eu pergunto a maioria das pessoas pq não aceitar os relacionamentos conforme o desejo de cada um? tenho o conceito que as pessoas vivem mascaradas o tempo todo. Pois se desejam um relacionamento aberto não consegue expressar isso para os amigos, para a esposa ou vice versa, devido as convenções estabelecidas por uma sociedade, que diz o que vc deve ou não fazer, são regras e vc deve seguir. Se desejam um relacionamento tradicional, tem desejos intímos que os atormentam. O interessante é que não conseguimos viver como gostariamos, pois se as tradições, os valores, os costumes…..as hipócrisias nos impulsionam para agirmos conforme a ideologia estabelecida pela sociedade, não conseguimos ver com bons olhos os desejos daqueles que querem fugir das regras da tal sociedade e isso incomoda aos que foram “bem educados” a não romper com as tradições, com a pirâmide dessa sociedade. Por isso, a nossa indignação com os costumes de outras sociedades que não se curvam ao poderio da americanização do mundo, não aceitando tudo o que eles desejam, que é controlar todos com suas idéias do que é correto para os brasileiros, os japoneses, os iraquianos, etc. Tenho certeza que se as pessoas pudessem viver de acordo com seus desejos, suas vontades seriam mais felizes, sem se submeterem a convenções infiltradas mentalmente desde cedo em cada indivíduo, por essa sociedade que nos massacra com seus “certos e errados”. Acho hipocrisia daqueles que julgam as pessoas que desejam terem relações diferentes das convêncionais, pois sabemos que no fundo todos nós temos relacionamentos com outras pessoas mentalmente, somos casados e desejamos um primo, um colega de trabalho, um chefe e até pessoas como padres, sacerdotes etc; inclusive eles não foge a regra, somos assim!….isso é anormal? claro que não, então, pq essa polêmica? não é crime todos nós passamos por isso. Não digo chegar a ter relacionamentos extraconjugais, mas pensamentos, por isso que Jesus disse que não tem pecado atire a primeira pedra, o homem por natureza é assim e antes já estava escrito: não desejarás a mulher do próximo, nem em pensamento, e constantemente vivemos nesse pecado. Então muitos religiosos podem dizer por isso mesmo se deve não aceitar esse tipo de relação e é ai que se chega a compreensão do que Jesus dizia que Ele veio para matar a lei, pois não era possível, como continua dfícil não ter pensamentos errados segundo estas passagens bíblicas, mas tb podemos contestar que a igreja é um meio de dominação, de acomodar os povos em suas posições sociais, de governabilidade, de fazer comm que as pessoas aceite as convenções estabelecidas pelo estado, pela sociedade, a prória igrja já por muito tempo dominou toda uma sociedade política, econômica e socialmente. Como continua a dominar mais em proporções menores que antigamente, mesmo assim servindo aos interesses dos poderosos, pois é fácil o povo ouvir da igreja que ele deve aceitar a vida pobre que ele tem porque é vontade de Deus e não pq muitos desejam que seja assim, para poucos usufruirem das riquezas dessa terra. Abordei esse assunto só para vcs terem a idéia de como somos dominados, como as mentes são calterisadas por idéias que não são nossas, mas que aceitamos como verdades, pois assim eles desejam. Não vejo crime em quem deseja um relacionamento a três, a quatro, a dois ou se preferir a um amor pessoal, as pessoas desejam ser livres, pois que sejam isso é magnífico e bom, faz bem fazer o que desejamos, nos sentimos mais alegres, de bem conosco. E quem não vê assim tb não julge, apenas viva de forma estabelecida e educada pela sociedade, seja vc sem se preocupar com a vida alheia. Nós só temos essa vida aqui na terra, pois que a vivamos. Rosa 30 anos (sou casada e tenho dois filhos)

  33. disse:

    Quero dizer a arletesuzana53 que a invejo pela vida maravilhosa que deve ter, tb seria feliz assim, mas ainda no tive a coragem de fazer exatamente como ela, mas pretendo fazer do jeito que imagino um dia.
    beijos arlete

  34. disse:

    Eu até defendia esse tipo de relacionamento…. até que me apaixonei. E agora, só quero ficar juntinho…. agarradinho…. e de preferência um dentro do outro, como diz no início da matéria… Beijos a todos

  35. disse:

    poderia dizer que seria otimo ter um relacionamento aberto. so que me apego muito facil, e tenho um dom das pessoa que to envolvida gosta de mim. so tem um problema …como todos os relacionamento reduzir o ciume. isso acaba qualquer relacionamento seja ele fechado ou aberto. “ariady”

  36. disse:

    Eu só vejo e sinto o amor de uma maneira. ou se ama ou não se ama. esse negócio de amizade colorida ou essa individualidade, cada qual fazendo o que bem entende, pra mim é pura safadeza. É coisa de quem não ama e que não quer compromisso. assim, o outro que aceitar esse tipo de relacionamento não poderá cobrar. Amor de verdade quer ficar junto, dividir as alegrias, as tristezas, os problemas a falta de dinheiro etc. Isso se chama amar de verdade.

  37. disse:

    na minha opinião,esse lance de relacionamento aberto só vale quando não gostamos de verdade da pessoa.porque quando se gosta mesmo,até em pensar que a pessoa que gosto esta com outro alguém me dá um aperto no peito. girassol libriana

  38. disse:

    Oi
    Também estou tendo um relacionamento assim.
    No começo éramos amigos e amantes, mas agora estou amando ele. Acontece que ele não quer saber de relacionamentos fixos, e sofro calada com medo que ele desconfie o quanto gosto dele.
    Honestamente………..não sei o que fazer.
    Se ele tem ciúmes de vc, é porque gosta, porque existe sentimentos.
    No meu caso não, ele não tem ciúmes e só me procura quando quer algo mais.
    Estou sofrendo com esse sentimento.
    Eu me apaixonei…

  39. disse:

    Acredito, que quando nos relacionamos com alguém que já tenha compromisso é só aventura, curtição.O pior é quando nos apaixonamos e não somos correspondidas.A mulher gosta de se iludir, e isso é ruim!Mas também sabe conquistar.
    Tenho um relacionamento parecido,como amante.Mas sei muito bem o que quero.E hoje, sei que quero o Xuxa,o meu querido amante.
    Não importa como seja ou o que vai acontecer.Me importa o momento presente,o agora.
    Sei que ele está comigo por que soube conquistá-lo,agora se ficará ou não comigo já é um outro caso.
    Cara amiga Naifinha, não sofra por antecipação use o seu poder de sedução, descubra o ponto fraco de seu parceiro e seja feliz!
    TATA – S.P

  40. disse:

    Olhe garotas, o conselho q dou é o seguinte:
    Naifinha e amiga de fabiakisa caiam fora dessa, se amem garotas,
    amiga de fabi vc não merece ficar com alguem pela metade, tenho certeza de q vc vai encontrar alguem q possa te dar o coracao inteiramente.
    Eu já passei por coisa parecida, tinha um amigo, ele me propós ser “amante dele” ele disse q estava sofrendo muito pq não conseguia escolher, aí eu escolhi, escolhi uma coisa melhor p mim, ele tambem tinha me dito q já tinha passado por isso antes, abre o olho minha amiga, ele está fazendo isso com a namorada dele, se algum dia vc virar a “oficial” ele poderá fazer isso com vc tambem.
    Mas é claro q isso é só um conselho, vc segue se vc quiser, de qualquer forma, espero q vc consiga resolver seus problemas, sei como é ficar sem saber o q fazer, já passei por isso, mas mais cedo ou mais tarde vc descobre qual a melhor opção.

  41. disse:

    olha… eu já fui bem convicta em não aceitar esse tipo de relacionamento… porém, com o passar do tempo, pude ver que esse tipo “de relacionamento” também nos ajuda a amadurecer… tudo faz parte da vida… é legal, se vc não estiver a fim também de algo fixo… mas se perceber que está começando a ter sentimentos diferentes, é melhor abrir o jogo… pois o outro lado também pode estar sentindo a mesma coisa… ou caso contrário, vc já fica sabendo logo no começo e pode tomar a decisão de cair fora… o que não pode é ficar se iludindo, isso não… tem que ter os pés no chão…. Recomendo o livro “enquanto o amor não vem…” esse livro é muito bom… Morena Serena

  42. disse:

    Bom…sinceramente…eu tô querendo viver um relacionamento assim…aberto…sem cobranças!!

  43. disse:

    Meu relacionamento é nada mais que sufocante!Namoro ha quatro anos e meio e sinto na pele o que é um relacionamento estressante.
    Na minha opinião as pessoas que não querem nada sério é melhor nem começar, por que depois que o namoro esta firme é complicado para mudar a situaçãO.
    Por isso sou a favor de relacionamentos sem compromisso, e se for pra mim começar um outro será assim.

  44. disse:

    É muito complicada essa situação…Vivo isso a 5 meses com um homem 17 anos mais velho do que eu e está sendo muito difícil…No começo ficamos eufóricas, quando ainda não há tanto envolvimento… Acreditamos que as coisas vão mudar, vivemos cada momento intensamente, enfim, mas com o passar do tempo queremos mais e mais, e não podemos ter… Passamos a nos sentir impotente, incapaz… Aí começamos a sofrer… E amor é entrega, cumplicidade, exclusividade… Sinceramente, não vale a pena…O difícil agora é colocar na prática, o que o coração já sabe…

  45. disse:

    Concordo contigo… Isso não funciona na prática…No começo, até dá para levar, mas com o tempo fica difícil… Até porque amor é entrega, cumplicidade, companheirismo…

  46. disse:

    Acho que quando duas pessoas começam a sairem juntas, e se acostumando com a outra o amor começa a nascer por mais que ela não queira, pois o amor é natural, ele brota… dos pequenos cuidados, pequenos detalhes e quando você vê já se entregou….

  47. disse:

    Acho que quando duas pessoas começam a sairem juntas, e se acostumando com a outra o amor começa a nascer por mais que ela não queira, pois o amor é natural, ele brota… dos pequenos cuidados, pequenos detalhes e quando você vê já se entregou….

  48. disse:

    Vejo que uma parte do assunto comentado realmente funciona nos momentos atuais que é: relacionamentos sem compromissos matrimoniais, que seria o casal viverem juntos sem viverem morando na mesma casa e visitando conforme a saudade bate para dormirem na residência do companheiro. E assim poderem ter suas vidas e seus dias-dia da maneira que quizerem e respeitando seus parceiros, mas, não há como conviver com pessoas que ficam mudando seus amantes o que vejo como sonho.

  49. disse:

    Acredito que casamento é um só.Pois sou separada e hoje me relaciono com uma pessoa 10 anos mais jovem que eu e depois de 8 anos de relacionamento pleno ele começou a mudar.Já não é mais amoroso e alega estar preso e sente vontade de ter liberdade.Talvez porque eu sou mais velha na idade,porque fisicamente e mentalmente sou muito mais jovem que ele.Infelismente depois de 23 anos de casamento falido eu joguei tudo para o alto e fui viver um grande amor,que hoje já não existe mais e sim jogo de interesses.

  50. disse:

    Ao meu ver funciona que é uma beleza.. Enqto nao achar alguem que me faça mudar de idéia vou continuar com meus amigos coloridos.
    Ao menos o que reina é sinceridade e o respeito mútuo.

  51. disse:

    Realmente quando há amor verdadeiro há comprometimento, não digo casar e nem morar junto, mas atenção, carinho, respeito. namorei 1 ano e 3 meses e ele terminou há uns 6 meses por medo de compromisso.

  52. disse:

    homem é um bicho complicado, se vc da muita atenção e por q quer casar e ai ficam com medo de compromisso, se não dá muita atenção, acham q vc eh liberal d+ e so quer diversão e vai daquele jeito o relacionamento…eu hein! o q interessa é viver HOJE, sério ou não, o relacionamento vai esfriar mesmo, por q eles sao umas criancinhas mimadas q procuram mães e nao mulheres… se vc ganha muito, se assustam ou se encostam…. se não faz nada, se sentem com muitaresponsabilidade e se estressam ou pulam fora (ai querem alguem q batalha…) enfim se faz CHUVA queriam estar na PrAIA….São piores q nos mulheres, isso sim….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  53. disse:

    Concordo plenamente contigo, doce menina

  54. disse:

    Os homens atualmente tem tanto medo das mulheres que batalham, inteligentes,que correm atrás para compromisso sério e então preferem se envolver com mulheres com baixa auto estima que eles possam dominar, vamos mudar a cabeça desses caras. Relacionamento se baseia em amor, sexo, amizade e respeito mútuo.

  55. disse:

    É muito cômodo ter uma relação aberta, porem isso só funciona quando não existe sentimento entre ambos, na verdade é basicamente sexo, vc tá afim daí vc sai, vcs transan e acabou. Nesse tipo de relação não se baseia a cumplicidade respeito ou amor……..sinceramente naum gostei…….

  56. disse:

    sou totalmente a favor do relacionamento aberto!!! porem tem que tomar cuidado para nao se afastar demais

  57. disse:

    Esse tipo de relacionamento só funciona para quem não está vivendo um relacionamento maduro. “Não ser de ninguém e ser de todo mundo”, ou “ser de alguém e não ser”, só acontece qdo vc não está apaixonada, pq algumas das características da paixão e do amor é o ciúme e o cuidado, e neste caso aí, não tem como se ter ambos. Aceitar este tipo de relacionamento é estar vivendo uma crise existencial e sentimental. É muito melhor viver um amor de verdade e ir até o fim a ficar vivendo essa fantasia fosca.

  58. disse:

    Bem… estou pasando por isso… e no começo até que era bom… mas acho q me envolvi demais com ele e não sei como dizer pra ele q estou gostando dele!! Relacionamento aberto só serve pra vc se esconder de seus sentimentos e não acreditar que vc pode ser feliz ao lado de alguem q te ame e te respeite! Pq de certa forma ocorre um desrespeito nese tipo de relacionamento!

  59. disse:

    Não existe amor sem cobranças. Até o amor filial tem as suas cobranças. Do contrário um está usando o outro e disperdiçando um tempo precioso numa relação vazia. Proponho um grande NÃO a imaturidade.

  60. disse:

    Vivi um relacionamento deste durante 8 meses,foi a melhor coisa que me aconteceu,acabou por estar se tornando sério de mais…Infelismente esse é um risco que se corre.Mas acredito que tudo vale a pena,se te faz bem e vc se sente feliz.

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter