Coração dividido

Você já se apaixonou por duas pessoas ao mesmo tempo?

por Redação

Parece um dramalhão mexicano, só que não estranhe se acontecer com você. Bastou olhmar para o rosto dele para perceber que está perdidamente apaixonada. No entanto, não é por ele, que sempre esteve ao seu lado. Seu companheiro você continua amando, e o relacionamento vai bem, obrigada. Mas esse novo homem, que apareceu na sua vida quando menos esperava, é um outro tipo de amor. E agora? Mais do que um dilema do coração, amar duas pessoas ao mesmo tempo vai contra as convenções sociais. Se o comportamento poligâmico parte de uma mulher, então, sai de baixo! São poucas as que conseguem aceitar o sentimento, e menos ainda as que ousam lutar contra o estigma, entregando-se a amores simultâneos.

Tema polêmico até nas telinhas, o amor múltiplo rendeu livro. A psicoterapeuta Noely Montes Moraes lançou este ano, com o título É possível amar duas pessoas ao mesmo tempo? (ed. Musa), uma obra que passa por questões culturais, sociais e dilemas na vida moderna. Escrito em parceria com um grupo de alunos, a professora de psicologia da PUC de São Paulo discorre sobre as razões que levam o coração a se dividir. "No século XVIII, vendeu-se a idéia de que casamento e amor andam juntos. A fidelidade é, inclusive, defendida pela lei. Mas não dá para esperar que o amor vá durar o mesmo tempo que o casamento, pois ele é um sentimento, um ato de vontade. Como um casal pode jurar amor até que a morte os separe? Assim, teve início uma explosão de divórcios", conta Noely.

Para a psicóloga, no momento em que entendermos que um amor não anula o outro, muitos casamentos serão preservados: “É possível amar uma pessoa, estar muito bem com ela, e, ainda assim, se encantar com outra. O amor não tem regra, nem hora para chegar. Mas, se partimos do pressuposto que só podemos amar uma pessoa, acabamos caindo no preconceito de achar que há alguma coisa errada para termos despertado para outro homem. Essa conclusão é perigosa, podendo levar a terminarmos uma relação muito boa”, afirma a autora.

Polêmico para nós, o assunto não despertaria muito interesse em outras culturas. A exclusividade do coração pode ser pré-requisito em alguns relacionamentos, mas quando nos afastamos de nossa realidade, encontramos exemplos de poligamia espalhados pelo mundo. Dos haréns afegãos às famílias mórmons americanas, os homens parecem ter o aval para manter uma coleção de esposas. “Em nossa sociedade, a monogamia é uma questão cultural, tendo inclusive apoio religioso. São tentativas de legislar sobre o desejo humano, e, principalmente, sobre a sexualidade feminina. A nossa cultura é monogâmica, e tem tradição cristã. Inserida nesse contexto, quando a pessoa se percebe amando duas, entra em conflito”, analisa Noely.

Amar não é aceitar tudo

Mas quem é que garante que não existe conflito entre os felizardos poligâmicos? Rosana Braga é consultora em relacionamentos e autora do livro “Alma Gêmea – Segredos de um encontro”. Rosana, que já acreditava que o coração só bate forte por uma pessoa, teve ainda mais convicção sobre suas crenças durante a pós-graduação que faz em Sexualidade. “Assisti a uma aula com um Sheik, que, falando sobre sua cultura, e sobre a permissão para ter até quatro esposas, acabou entregando o jogo. O Sheik admitiu sentir carinho por todas, mas que o coração é de uma só. Isso ninguém pode mudar. Podemos sentir um carinho especial por mais de uma pessoa, e até chegar a confundir esse sentimento com amor, mas, no fundo, o coração sabe quem o desperta de modo diferente, mágico e único”, revela Rosana. Romântica inveterada, a consultora acredita no amor com direito a todos os defeitos que ele possa ter. “Quem busca em mais de uma pessoa o melhor que elas podem oferecer, na verdade, não ama ninguém. Vladimir Maiakovski escreveu sabiamente: Amar não é aceitar tudo. Aliás, onde tudo é aceito, desconfio que haja falta de amor. Ninguém é capaz de corresponder a todas nossas expectativas. Amor só existe realmente quando o que se sente acolhe o todo que o outro é. Sempre haverá reclamações, cobranças, desentendimentos e ajustes a serem feito. É nisso que consiste o crescimento”, afirma.

Pode até ser. Mas quem vive o drama, garante que não é nada agradável ter o coração dividido. Regina Racco, professora de artes sensuais e grande confidente de homens e mulheres em busca de resposta para os dilemas do amor, já escutou todo tipo de angústia. “Amar duas pessoas é um grande sofrimento, só que, para as mulheres, é pior. A cultura e a educação falam mais alto para nós. Conheço homens que vivem por 20 anos com duas pessoas. Chegam até a ter filhos com ambas. Isso sem sentir culpa alguma!”, diz Regina. Enquanto a traição masculina é aceita – e até esperada –, a feminina ainda choca. Quando acontece, é escândalo na certa. Fazendo um movimento contra a corrente, o filme “Eu Tu Eles” conta a história da nordestina Darlene, personagem interpretada por Regina Case. Livre do julgamento alheio, em meio ao sertão cearense, Darlene vivia com três maridos debaixo do mesmo teto. A naturalidade com que os parceiros encaravam a situação nos obriga a pensar se a monogamia não passaria de uma questão cultural, imposta pelo meio. “Somos pessoas sociais, externamos o que a sociedade nos ensina. São fatores, como a religião, que reprimem, fazendo com que desconsideremos novas possibilidades de relacionamento”, diz Regina Racco.

Apesar de saber que a monogamia é imposta, Regina é a favor da exclusividade. “Não nos conhecemos tão profundamente para saber o que podemos vir a sentir, mas acredito que quando você está amada e feliz, faz uma calefação no seu sentimento. Se aparece outra pessoa, é porque há uma brecha no relacionamento. São pequenas mágoas que vamos acumulando. Com o tempo, essas gotinhas viram um mar”, explica Regina.

Deixando de lado toda e qualquer convenção social, existiria resposta para esta questão? Um sentimento tão nobre como o amor poderia acontecer duas vezes, e logo ao mesmo tempo? A autora Noely afirma que sim. A professora Regina Racco diz que não. E já que o que vale é ter uma opinião, entra na roda a psicanalista Priscila Gaspar. “Em termos de sentimento, sim, é possível. E acontece. Uma relação nunca é igual a outra, e sempre alguém terá algo mais a oferecer. É como quando comentamos: Uhm, se colocar o rosto do Fulano no corpo do Cicrano, seria o homem perfeito. Só que o homem perfeito não existe! Devemos aceitar as limitações do nosso parceiro”, afirma Priscila.

Verdadeiro ou falso, o fato é que ninguém gosta de sofrer. Não se trata de desculpa para pular a cerca. O melhor é evitar. Mas, como conselho se fosse bom, não se dava, se vendia, nem adianta avisar. Quando o amor chega, sai debaixo, porque já era. E aí, haja coração. “Quando não nos permitimos viver os amores, acabamos sentindo culpa, e sofrendo pela abdicação de um deles. Mas, se não nos culpássemos, as coisas poderiam fluir bem. Quem diz se é certo ou errado é a cultura”, arremata Priscila. Cada um que fique com a sua verdade, ou espere até o momento em que o Cupido, embriagado de amor, bata sem querer mais uma vez na sua porta.

Comentários

  1. disse:

    Quando convêm, um cavalo carregador de pianos pra dar um “upgrade” na vida social/profissional. Quando já passou a fase das preocupações existenciais, um Don Huan para apimentar a existência, e o devido pé-na-bunda do primeiro….
    Depois pintam os homens de cafagestes….

  2. disse:

    Amor é quando a gente sente um carinho especial por alguém que nos faz pensar três vezes antes de tomar uma atitude que possa magoá-la. Talvez vc não ame nenhum dos dois. O que costumamos sentir é amor-próprio projetado em outra pessoa. Basta ver que vc se sente bem com a bajulação do seu marido, mas não está preocupada com o que ele está sentindo, não é isso que faria vc voltar com ele, mas sim com o que vc poderia vir a sentir por ele caso reatasse. Ou seja, vc se preocupa com seus próprios sentimentos. É isso o que fez vc se separar dele, e seria a falta disso no seu atual namorado que faria vc voltar para o marido. Todos nós somos assim…, pensamos que amamos, mas somos egoístas. O verdadeiro amor é uma invenção cristã que, por uma questão cultural e de consciência, tentamos associar a esse sentimento de “amor romântico, mas não tem nada a ver uma coisa com a outra. Pense no que vc quer para sua vida: amar de verdade, ou buscar emoções e prazeres para si. A opção pela primeira depende de valores e consciência, pela segunda é instintiva, é nosso lado animal, é uma necessidade biológica por satisfação momentânea. Mas a questão é: vc acha que tem alguma coisa a perder fazendo a segunda opção? No fundo essa é a única pergunta que importa. Se não há consciência, não há com que se preocupar…

  3. disse:

    Lembrei de vc!
    bjs

  4. disse:

    Oi Nicole
    Resolvi escrever pq creio q vc esteja passando por uma fase difícil,como mulher acho q mesmo qdo ñ entendemos devemos procurar compreender.Hoje me colocando em sua situação creio q em seu casamento faltou algo, mulher gosta de ser conquistada e ñ bajulada, na verdade mulher procura um homem q toque seu coração q chegue aonde nínguém chegou.
    Mas ñ culpo o seu ex marido,muitas vezes tentando acertar erramos,ñ o culpe tbém, acho q sempre há tempo.Se a atitude q vc esperava do seu marido ñ aconteceu e vc porventura tenha encontrado em outro,sempre há tempo, tome essa atitude vc ,lute pelo q um dia foi seu, vá ao encontro de quem está te esperando,ñ faça um recomeço, mas comece de novo,case pela segunda vez com mesmo homem, mostre q vc é uma nova mulher que precisou se encontrar, mas ñ desperdice sua família, sua casa nem o pai de seus filhos.Conquiste ele vc e procure se lembrar pq vc o escolheu como marido do dia q o conheceu e o q te faz ficar dividida.Mulher é guerreira,saia pra guerra pronta p/ vencer e ter o que dia foi seu por completo e até melhor.Pq ñ tem melhor recompensa do olhar p/ o homem q vc conquistou e olhar uma situação q vc mudou e saber q ele é o homem de sua vida.Quem sabe envelhecer juntos.Vá a luta se precisar lutar até contra vc lute sabendo q está fazendo isso por vc.Que Deus te ilumine!

    Bjux licy

  5. disse:

    oi Licy, achei lindo tudo que escreveu… também concordo com tudo… Beijocas

  6. disse:

    Edu, suas palavras também são lindas… dificilmente encontramos homens que se expressam assim… Beijocas

  7. disse:

    axei lindo o k a Licy xcreveu até pk eu tb xtou vivendo uma situação meio complicada.
    bjs a todos

  8. disse:

    Acabei com um relacionamento de 7 anos, arrumei outro namorado, mas meu ex voltou a rondar meus pensamentos. Estou muito triste, por achar que qq escolha é sempre a errada. Ruim com ele e muito pior sem ele. Será amor ou doença? Estou pensando em procurar ajuda especializada. Pois me sinto muito só. Meu atual namorado desconfia até da sombra, e me sufoca, fazendo com que eu pense mais ainda no ex. Adoro nossos momentos de love, mas só isso não me basta. O que devo fazer?

  9. disse:

    Que bom coração o seu….. Logo eu que fui tão áspero!!! Obrigado! Beijos!

  10. disse:

    licy,

    Tenho 20 anos de idade e namoro a 01 ano e 11 meses com uma cara 13 anos mais velho que eu, somos muitos felizes quando estamos um ao lado do outro só que estou com um grande problema: – Minha família não aceita o nosso relacionameto de forma alguma, hoje mesmo minha mãe mandou eu escolher entre eles ou meu namorado e estou muito confusa, pois amo ambas as partes.
    Me ajude, por favor.
    O que devo fazer ?
    Tatiana.

  11. disse:

    Estou passando por isso, não sei se a paixão virou amor ou se realmente acabou. O fato é que é muito bom estar ao lado dele, principalmente agora que ele percebeu que eu mudei, estou mias distante antes de tanta paixão fiz muitas loucuras cheguei ate a me ajoelhar aos pés dele pedindo para ele não me deixar, mas sei que nossa relação não tem futuro ele não leva o corpo para frente, está estagnado fica muito depressivo, a poucos meses resolvemos nos separar para tentar resgatar o que estava se perdendo ele voltou a morar na casa da mãe dele mas ainda assim enquanto eu tenho muitos planos e estou aos poucos conquistando os meus objetivos há três meses conheci outro homem que me dá muita segurança, um homem, mas velho e bem determinado, acho que terei, mas segurança e tranqüilidade ao lado deste outro homem, mas não consigo decidir, será mesmo que o amor acabou ou eu perdi a vontade de regar este amor por conseqüências de tantas desilusões e brigas. Alguém poderia me ajudar?

  12. disse:

    Faz tempo que deixou esse depoimento, mas estou vivendo algo parecido e gostaria de saber no que deu a sua estória. Mande um e-mail pra mim…
    cloneslim@bol.com.br
    Bjs

  13. disse:

    QUEM SABE SER FELIZ?
    OU A GENTE TEM MEDO DE SER FELIZ?
    SERÁ QUE AS PESSOAS NOS FAZEM FELIZES?
    NA VERDADE AGENTE INSISTE EM PROCURAR CONCEBER PARA NÓS UMA PESSOA PERFEITA E COMPLETA, PESSOA QUE NÃO EXISTE. ASSIM, VIVENDO COM DUAS, PROCURAMOS COMPLETAR EM UMA O QUE NÃO HÁ NA OUTRA E VICE-VERSA. CREIO QUE É FELIZ QUEM CASOU COM SEU PRIMEIRO AMOR. O PRIMEIRO É ÚNICO. E É PRA SEMPRE. O RESTO É MEDO, SOFRIMENTO DISFARÇADO, MENTIRA E PERCA DE TEMPO.

  14. disse:

    Eu acredito que seja possível amar duas pessoas ao mesmo tempo sim. Amores diferentes, qdo acredito que não existe par perfeito é esse o ponto, se ninguém é perfeito (ou é raridade) um completa o outro. De repente vc gosta de algo em um, mas outro te complete mais. Eu sei que é dificil mas acredito nisso, pode ate ser e é claro que a sociedade não aceite mesmo pque bigamia no Brasil é crime mas acredito que seja possivel sim.

  15. disse:

    Acredito sim que isso seja possível. Você amar duas pessoas ao mesmo tempo.

    Aconteceu algo semelhante comigo. Tive um relacionamento de 9 anos, e de repente ele apareceu na minha vida….Fiquei totalmente envolvida, me envolvi e entreguei meu coração. Não há crimes, qdo se está feliz…. não há traição, qdo se joga limpo.

  16. disse:

    EU ACREDITO NO AMOR ETERNO, AQUELE AMOR QUE VC NCA ESQUECE E QUE SEMPRE ESTÁ AO SEU LADO, SEM NECESSITAR VC CHAMAR, ACREDITO TBÉM EM PODER AMAR DUAS PESSOAS AO MESMO TEMPO, SÓ QUE O AMOR É DIFERENTE, NÃO ACHO QUE EXISTE UMA FORMA DE AMAR IGUALMENTE DUAS PESSOAS DE SEXO OPOSTOSCOM A MESMA PROPORÇÃO E INTENSIDADE , UMA SEMPRE FICA EM SEGUNDO PLANO.
    ESTA É MINHA OPNIÃO, TIVE MEU CORAÇÃO DIVIDIDO E ME ARREPENDI PQ NÃO LUTEI PELO MEU PRIMEIRO AMOR, CIDADE DO INTERIOR, CHEIA DE MITOS, ACABEI FICANDO SÓZINHA ATÉ QUE ME APAIXONEI NOVAMENTE POR MEU MARIDO, MAS O AMOR NÃO É O MESMO, SEMPRE ME PEGO PENSANDO SE ESTIVESSE COM……. COMO SERIA, COMO ELE IRIA AGIR???
    ESTE É UM DOS MOTIVOS PELOS QUAIS NÃO ACREDITO EM AMAR DUAS PESSOAS AO MESMO TEMPO NA MESMA PROPORÇÃO, TENHO EXPERIENCIA PRÓPRIA E NÃO DESEJO A NINGUÉM. :,(

  17. disse:

    PARABÉNS A TODOS QUE SE ABRIRAM MESMO COM NICKS, MAS QUE ESCLARECERAM SUAS RAZÕES E EXPUSERAM SEUS SENTIMENTOS . PARABENS A QUEM NÃO ACREDITA QUE A PERFEIÇÃO HUMANA NÃO EXISTE, E QUE QDO O AMOR BATE TEM QUE SER FORTE DEMAIS PARA SABER ESCOLHER, SENÃO ACABA JOGANDO NO LIXO O VERDADEIRO AMOR E TROCANDO-O POR UMA ATRAÇÃO OU UMA ANTIGA PAIXÃO QUE COM CERTEZA, COM O TEMPO ACABARÁ. :)

  18. disse:

    Me encontrei numa situação parecida com essa,pra falar a verdade me encontro,o problemas é que não sei resolver de maneira nenhuma,

  19. disse:

    Eu acima de tudo acredito no amor!!! Acho que o amor é a razão de tudo!!! Obviamente também acredito no companherismo, na amizade, cumplicidade….mas o que nos feliz???O AMOR!!Sem ele nada tem explicação ou real valor. Acredito que possamos sim amar duas pessoas ao mesmo tempo, por que nosso coração é desprendido de regras, ao coração não se impõe racionalismo, ele é livre….
    Claro, concordo que é muito ruim amar duas pessoas ao mesmo tempo, porém, acho que ninguem deve julgar o outro por amar duas pessoas, somos todos individuos diferentes, com historias diferentes, com necessidades diferentes e coração diferentes. Não é errado se entregar ao amor bandido, desde que esse amor seja verdadeiro, e não uma paixãozinha….
    O que temos que entender é que o coração tem suas proprias razões, que até a razão desconhece.
    Então nunca devemos julgar outras pessoas por se darem a direito de amarem e buscarem a felicidade…o amor tá no ar, e a qualquer hora pode bater na porta daquele que não aceita, e vai sofrer se não se pertmitir viver.
    Desejo que todos sejam felizes…e nunca confundam liberdade com libertinagem. Se há amor, sua traição é apenas a sua liberdade de ser feliz…se não há amor sua traição é libertinagem….Pensem bem, mas não deixem de viver conforme seus ditames, sonhos e palpites, por que ninguem pode sentir nossa dor.

    Bjos!!!!
    (L)

  20. disse:

    Acho que amar é só uma vez,uma pessoa.Aquela com a qual a química,a aparencia ,tudo combina.Podemos nos interessar,admirar,apaixonar várias vezes,mas amar é uma só.O que fazemos de errado é associar amor com felicidade.
    Nem sempre o amor de nossas vidas traz a felicidade esperada. sei disso por que mesmo amando o pai das minhas 3
    filhas,tive que tomar a dura decisão de deixá-lo,sabendo nunca vou amar outra pessoa como o amo,mas com a tris-
    te consciência de que não consiguimos viver bem juntos.Estou separada ha 4 anos e nunca mais senti com outro ho-
    mem o que sentia com ele,nem em fantasias.kim,tec.de enfermagem,vitoria,ES.

  21. disse:

    Muito interessante todos os pontos de vista e histórias apresentadas aqui eu particularmente acredito no amor
    e que todo o resto é fruto do desejo do ser humano de experimentar coisas novas

    gostaria de discutir e conhecer melhor todos vcs se puderem adicionem no email ou msn
    felipeplr@hotmail.com

  22. disse:

    Ola gostaria de saber um opiniao de vcs
    Eu namoro a quase 1 ano gosto muito do meu namorado
    so que a pouco tempo conheci um carinha muito legal, simpatico que me atrai e muito
    e ele tambem gosta de mim
    so que estou super divida com eles
    Não sei o que devo fazer me ajudem

  23. disse:

    Não é nada facíl , mas é possível sim , estou casada a 20 anos e me apaixonei perdidamente por outra passoa, mas
    não quero deixar meu marido por que gosto dele tbm, são sentimentos diferentes, mas no momento não sei viver sem nenhum dos dois

  24. disse:

    Penso q as pessoas q se dividem num misto de paixão e aventura estão sempre insatisfeitas com elas mesmas, e ficam procurando nos outros o q naum encontram dentro de si, acredito q é possível viver uma relação estável, sem traição, vivi um casamento terrível, por 8 anos, sofri muito, fiz de tudo pra dar certo, porém ele tinha disturbios q estavam longe da minha capacidade de resolver, e nunca, em momento algum eu o trai, pq penso q seria algo q me abalaria, e qdo estamos vivendo um momento difícil, qualquer um q se aproxime vai parecer o melhor do mundo, claro, fará de tudo para q vc se sinta bem, e depois a realidade aparece, nunca é 100% como esperamos, o dia a dia é difícil, ainda sofro com meu ex marido, pq ele me aterroriza há 4 anos, e sigo minha vida, embora acredite q um dia eu vá conhecer alguém q realmente mereça o amor que eu possa oferecer.

  25. disse:

    Não acho que se ame duas pessoas ao mesmo tempo. Quando um relacionamento não vai bem, vão se abrindo brechas e é onde outro parceiro pode vir a se instalar.
    Namorei durante 11 anos e fui fiel.Não que eu não tenha visto outros homens que me chamassem atenção,mas sempre pesava os prós e contras de me envolver com outro e optava por meu parceiro. Estamos separados a 1 ano e eu ainda era fiel aos meus sentimentos,só que agora conheci uma pessoa que realmente mexeu comigo e o meu coração está dividido. Mas fica dividido é pelo medo da mudança,pelas lembranças,pela vida que já se criou,porque a gente sabe por quem a barriga esfria.Basta ter é coragem para assumir e começar de novo.

  26. disse:

    eu aacho que podemos sentir atração or várias pessoas ao mesmo tempo, mas amor acho q é só p uma. eu tive varios namoros serios sme traição. e tive outros c traição, entretanto os que houveram traição era com pessoas que eu não amava, não tinha uma ligação forte. recebi uma proposta de tentar um relacaionament a tres recente, embora eu curta isso..eu acho q p viver a3 é muito complicado…acho q nao daria certo ainda, precisaria amadurecer muito os 3. eu acho que esse tem deveria ser abordado em na televisão em programas, novelas e docuemntarios. acho q o relacionamento a 3 esta sendo uma tendencia crescente…..devis ser abordado…criar discussoes sobre o tema. :D

  27. disse:

    o amor não é algo tão banal como vc coloca. desculpa, mas isso é inconcebíbel. pode existoir varias paixoes, atraçcão, mas amor não..reflita melhor…..não é por ai não. é so um conselho.

  28. disse:

    Vc etá certa,achei que era só eu que passava por isso….

  29. disse:

    Parabens pelo seu comentario, quem ama nao trai, se sente atracao por outro é pq nao há amor, entao pq nao separa ao inves de trair? Gente com cabecinha mediocre, infelismente.

  30. disse:

    O que se pode dizer sobre um comentario desses? Inacreditavel, onde foi parar o verdadeiro Amor? Ou sera q sou eu q sou eu que sou antiquado? Será?

  31. LIDI_escorpiana disse:

    (L)acho q é complicadissimo essa situaçao, qdo a quimica bate é dificil se segurar! (?)

  32. disse:

    sou da opinião de que viver dois amores ao mesmo tempo é quase impossível. ou se gosta de alguém pelo que ela é e a aceitamos com os seus defeitos e qualidades, ou então não dá!!! surgem mesmo sem querer os conflitos. amar é para mim o sentimento que quando é recíproco, é viver um sonho que todos nós procuramos. doutro modo não vivía-mos dois amores ao mesmo tempo! amar e ser amado é o que todos procuramos na outra parte do nosso ser, que domina a razão , sonhamos com uma só palavra procurando,sem significado nenhum, encontrar a justificação que mais nos convém
    para pensarmos nesse amor… o amor é sublime. não gosta de ser repartido nem traído. viver dois amores deve ser impossível!!! ou então tentamos jogar… se um não der certo temos o outro…

  33. disse:

    Como pode? Vc tem msn?
    Se tem me fale, pq estou vivendo exatamente o que vc diz ter vivido…
    Meu msn é suza.oli@hotmail.com
    Vamos conversar.

  34. disse:

    Oii RPM…gostaria de saber se conseguiu tomara decisão certa…estou vivendo o memso caso,nossa e dói muito!

    Bjinhoss

  35. disse:

    Interessante a historia…kem nunca teve o coração balançeada por dois?? eu mesmo hoje tenho e a duvida éh será que eu to trocando o certo pelo duvidoso?? eitá coração… (L)

  36. disse:

    Só recrimina esse amor duplo, quem nunca se sentiu amando e amada por duas pessoas… Mas geralmente essas pessoas são sozinhas ou absurdamente vivem em função do parceiro ao se apagar na vida por isso…rs*
    Sim, eu acredito em um amor duplo, amores diferentes, mas não menos que amor… =((

  37. disse:

    Acho que é possivel …sim…no momento estou vivendo este dilema…mas sabe como é cabeça de mulher, estou com medo do que vão pensar de mim…meu coração esta dividido e sofrendo muito..

  38. disse:

    Eh.. eu estou vivendo algo deste tipo, mas nao concordo em ser mais fácil para o sexo masculino, pelo menos, não pra mim, pois não quero estar dividido.. pois não sei o que fazer.. não quero perde-las.. porém.. não acho certo ficar com as duas.. ou ficar apaixonado pelas duas.. seria mais fácil se fosse somente uma.. nunca aconteceu isso comigo antes.. estou sem saber oq fazer.. é complicado.. pois quero possuir uma relação com uma só.. e não posso ter nada sério com uma.. por causa da outra.. e vice e versa.. ainda não sei oq fazer.. estou esperando o momento certo pra me decidir.. a hr em q eu terei q escolher uma delas.. o problema.. q acredito q não poderei fazer isso sem magoar a outra.. eh um grande dilema.. q me aflinge todos os dias.. complicado..

  39. bety_boop disse:

    é galera situaçao deve ser complicada ne? eu ainda nao vivi esse tipo de situaçao, mas acredito sim que possa acontecer, alias, eu acredito em todas as formas de amar, seja amor virtual, amor dividido, amor cafajeste…
    o complicado de vc amar duas pessoas é que vc fara uma feliz e a outra infeliz tenham cuidado!
    e to aki se precisarem de uma amiga…bjinhos

  40. disse:

    Eu estou com o meu coração dividido, é muito dificio porque eu não quero magoar neum dos dois mas estou magoando a mim mesmas, só pensar em não magoar um, mas tambem não quero ficar sem o outro, tudo oque eu quero nesse momento é ficar com um só mas escolher é muito dificio quando agente ama………

  41. disse:

    Nossa estou passando pelo mesmo… Tenho um relacionamento de 2 anos e meio. Comecei a trabalhar a pouco tempo e lá uma pessoa inesperada apareceu na minha vida, que não consigo tirar da cabeça, nossa quantas noites sem dormir com esse peso nas costas… Estou sentindo que quero o outro mas ao mesmo tempo devo respeito ao meu namorado… Só que isso vem me atormetando a cada dia mas… preciso de uma luz por favor me ajudem

  42. disse:

    Mulher é que não se decide e quer os dois… e homem é que não presta….

  43. disse:

    Eu entendo bem este conflito, pois estava muito bem casada, resolvida sexualmente mas alguns problemas do cotidiano me fizeram esfriar. E neste momento um ex apareceu na minha vida e acabei em um conflito de sentimentos. Gosto dos dois mas não consegui consciliar estes sentimentos e acabei com um casamento de 9 anos.

  44. disse:

    Estou vivendo uma situação dessa. Sou casada há 7 anos e vivo um paixão por um colega de trabalho, minha atração por ele é arrebatadora, sinto ser correspondida por seus atos e indiretas, mas a minha sensação de culpa é enorme, o desejo cada vez mais e sinto-me uma mulher pela metade por não conseguir administrar esse sentimento ou concretizá-lo.

  45. disse:

    Olá muito interessante a sua historia, mas gostaria de saber (se vc ñ se importar em respoder claro!) vc não se arrependeu depois? Estou passando por um momento muito delicado do meu casamento acho que não sinto mais nada por ele, mas mesmo assim tenho medo de jogar tudo pro alto e me arrepender depois. Bjos! alicecardozo@gmail.com

  46. disse:

    C amar (ou gostar) de duas pessoas jah eh complicado, imaginem como eh complicado viver com alguém q tem seu sentimento dividido? Digo isso pq estou com um homem q diz q me ama, q me trata bem, que me faz feliz, mas q , na minha opinião, está dividido entre a vontade d ficar cmg e voltar a ser feliz e a “estabilidade” do relacionamento com uma namorada d anos.
    Insisto ou jogo tudo pro alto???

  47. disse:

    Muito interessante a matéria. Estou vivendo uma situação semelhante. Amo o meu marido e amo uma outra pessoa que não sei ainda o que representa pra mim, mas estou gostando muito do que está acontecendo. Estou deixando rolar.

  48. disse:

    Vivi essa situação na minha vida, nao sei se podemos dizer que amamos duas pessoas ao mesmo tempo, acho q soa sentimentos diferents q temos por cada uma delas e que costumamos generalizar e chamar de amor. Por exemplo, com o marido a gente tem segurança, uma certa sensação de estabilidade seja ela emocional ou financeira, só q os problemas q surgem no dia-a-dia vao minando o relacionamento; e aí é obvio q qdo surge alguem diferente a gente se interesse. Por vezes a outra pessoa q surge nos eleva o astral, a auto-estima, nos faz sentir desejadas, cobiçadas e isso mexe com nosso sentimento, faz nosso coração bater mais forte. O desconhecido fascina, um novo corpo a descobrir, misterios a serem desvendados, novas zonas erogenas….tudo é novo e encanta. Vivi isso na minha vida, era casada e conheci outra pessoa, me separei do meu marido e vivi aquela paixão intensamente, foi otimo enqto durou. Foi maravilhoso. Temos de viver sem medos, a vida é uma só, se vc nao lutar por ser feliz, ninguem lutará por vc.

  49. disse:

    Eu amo uma pessoa que tb gosta de mim, fazemos loucuras e me sinto tão a vontade, mas ele não quer nada serio, mas sei que gosta de mim pq quando estamos juntos rala a quimica perfeita, mas eu me cansei e começei a namorar uma outra pessoa para poder esquece-lo, meu namorado me dá total atenção, segurança, momentos bons, gosto muito dele, mas não consigo ficar muito tempo sem ve-lo e acabo traindo meu namorado.
    Concordo com a sexologa Rosana, não amamos duas pessoas ao mesmo tempo, ficamos em duvida entre a segurança da relação q nosso marido nos dar e a loucura da quimica perfeita de quem nos apaixonamos.
    Acredito que confudimos a Quimica q sentimos por uma pessoa que nos faz mulher e nossa vida construida ao lado do nosso marido.

  50. disse:

    Oi Katy,
    gostei muito, do seu comentario,gostaria de trocar emails com vc.
    Meu email sirlei_dd@yahoo.com.br
    Acho que temos muito em comum.
    Beijosss
    Aguardo email seu.

  51. disse:

    Não conheço ninguem que consiga manter quente o relacionamento estavel quando pinta um novo.
    A culpa, eu acho, não é de estarmos apaixonadas, pois como dizem, não possuimos o amor. é ele que nos possui, a culpa é de vermos as espectativas do relacionamento estavel deteriorar não por falta de amor mas por falta de atenção, e o pior, unilateral, isso sim gera culpa.

  52. disse:

    Estou passando por isso e, confesso que ando com a cabeça a mil , pois me separei do meu marido há um ano e ,continuo muito apaixonada por ele , confesso que ele tb , mas somos como” água é óleo ” não damos certo de jeito nenhum e ,estou namorando outra pessoa já faz um ano e , estou super feliz , mas não consigo deixar de sair com o meu ex-marido , penso nos dois o tempo todo , já não sei mais o que fazer . Se juntassemos os dois em um seria uma maravilha , o que eu procuro em um acabo encontrando no outro e, assim vice-versa. Acho que estou ficando maluca mesmo, morro de paixão pelos os dois. Será que pirei?

  53. disse:

    Eu convivo com meu namorado a1 ano devemos nos espozar agora mas trair mt ele , temos 3 anos q nos conhecemos eu nao sei se amo,gosto enfim sou mt confuzar ele e otimo comigo ,esse ano eu sou trair ele uma vez pq nao resistir , comecei a gosta tb do meu amante mas terminei td ,ele e mt cavalheiro ,dolce e lindo foi mt dificil tentar esquece-lo , ainda nao esqueci completamente.

  54. disse:

    Katy eu fiz o mesmo que vc. Só que agora os dois ficam atrás de mim e eu continuo semi-dividida. O marido está virando príncipe e a paixão estou tentando matar, mas ainda rola muita química. Qual a sua sugestão?

  55. disse:

    Por isso é que o mundo está perdido… catástrofes etc. Cadê o amor, o respeito, a consideração? Parece-me falta de atividades , de trabalho. Vão procurar o que fazer, ao invés de ficarem corneando vossos maridos, o pai de vossos filhos. E isso vale para os maridos também. Vamos ter mais respeito ao ser humano. Vamos parar de machucar o coração das pessoas que nos amam.

  56. disse:

    Eu acho assim, se vc não tem capacidade de amar, não faça sobrer quem te ama !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  57. disse:

    Adriana – Isso é mto prerigoso, pq acredito que alguem sempre saira machucado nesta historia.. e podem ter certeza, vc pode amar um e desejar o outro, mas na cama quando estiver c um o outro estara em sua mente.. a melhor coisa é evitar SE ENTREGAR completamente ao seu verdadeiro AMOR e fazer com que ele se entregue a voce da mesma forma pra serem FELIZES. Bjinhos Adri

  58. disse:

    Ola Jhony – PARABENS não tinha visto seu comentario.. o que voce disse JA DIZ TUDO… abraços Adriana

  59. disse:

    Estou passando por isso,pior que eu estou sendo a outra,ele diz que gosta da esposa mas amar mesmo só a mim,a religião é o fator “X” da questão,evangélico nato a igreja não aceita a separação,a esposa é a chateação em pessoa,só sabe humilhar o marido, e é comigo que ele passa o tempo.Na hora que li essa matéria nem acreditei,só sei de uma coisa,quando se ama verdadeiramente não a nada no mundo que possa desfazer ou julgar,Jesus sempre pregou a Bondade,O Perdão e principalmente O AMOR.Quem somos nós para julgar os outros.Virgiana_MG

  60. disse:

    Vivi 10 anos com meu marido, e, depois de tanto sofrimento, me separei e conheci outro homem. Em nome da família, reatei meu casamento depois de um ano de separação, porém, não consigo ficar sem o homem que conhecí nesse período… É incrível, terrível, encantador, sofrível, sinto culpa, prazer, ódio, é uma mistura de sentimentos que nem sei.

  61. disse:

    Acredito que é possível amar um e ter paixão por outro… o que complica é que geralmente a paixão explode e sufoca o amor… porém, a paixão passa…. isso é perigoso. Não é pq uma pomba sentou na sua cabeça que vc tem que deixar ela fazer o ninho. Desejos ocorre espontaneamente sem nossa intervenção, porém, o ir em frente ou não está em nossas mãos.

  62. disse:

    Na verdade, sentimento é uma coisinha muito complicada.. mas cabe a nós decidirmos o que é bom, o que faz bem e que te faz mal, e selecionar e rever todos os pontos… e principalmente antes tudo amar vc mesmo(a)…

  63. disse:

    Na minha opinião não existe coração dividido, pois qualquer um sabe no fundo qual sentimento fala mais alto, o resto é puro comodismo e covardia.

  64. disse:

    Acredito nessa possibilidade pq muitas vezes encontramos em outra pessoa o que o nosso “amor” esquece de nos dar, por isso nos envolvemos e por um determinado tempo levamos uma vida amorosa um pouco turbulenta… mas feliz… E como na vida tudo é passageiro, devemos nos entregar e viver os bons momentos pois não podemos cobrar de outra pessoa o que ela não pede nos dá…A felicidade está dentro de nós, e se não a descobrimos seremos infelizes porque achamos que dependemos de outros para encontra-la!!!

  65. disse:

    Este texto veio em boa hora, neste momento estou passando por esse dilema, namoro a 3 anos, e conheci uma pessoa a caso de 01 mes. E neste um mes essa outra pessoa conseguiu preencher todo o vazio que eu sentia, mesmo namorando sempre me senti só, como o meu namorado trabalha a noite, nunca tem tempo para sair comigo, e quando está de folga sempre esta cansado para sair comigo. Tenho saido frequentemente com a outra pessoa e ele tem se mostrado muito companheiro e eu tenho me sentido importante. Agora não sei o que faço, se jogo um relacionamento estável mas que de certa forma não me preenche ou se embarco nesta nova aventura, e o pior é que o cara que conheci tem namorada, só que ela foi trabalhar em outro país e ficará fora por pelo menos dois anos. Meu medo é abrir mão do meu relacionamento atual e quando a outra voltar eu ser descartada, ou seja, sinto que talvez eu estarei apenas cobrindo férias de alguém. Não sei se sigo a razão ou a emoção.

  66. disse:

    Acredito que o Amor acontece uma vez para cada um, e não acredito em coração dividido isso chama-se TRAIÇÃO e significa que não amamos tal pessoa, pois quem ama, ama mesmo e de dentro pra fora não trai porque a fidelidade é um compromisso íntimo, com o amor de verdade!!!

  67. disse:

    Incrível essa questão…pois estou passando por essa situação nesse exato momento. Posso afirmar que é muito difícil saber o que fazer nesse caso…Eu optei por abdicar do meu amor antigo (4 anos e meio de relacionamento), justamente por achar que se teve uma brecha para entrar outra pessoa, é porque o negócio não ia bem. Mas é terrível, você fica dividida pensando se está jogando tudo para o alto ou se está buscando sua felicidade de uma outra forma….Eu resolvi buscar a felicidade!!!

  68. disse:

    Descobri o pq d eu estar sozinha há tanto tempo: Há mulheres com 2 homens!!!! Por isso q tá faltando H no mercado…. se todas se contentassem com 1 só, talvez sobrasse um pra mim né? rsrs

  69. disse:

    Eu estou passando por uma situação semelhante…na minha adolescencia me apaixonei por um rapaz e fiz dele o homem da minha vida, porem nosso realacionamento nunca deu certo, entao em busca de outros horizontes acabei namorando um outro rapaz que por fim logo se apaixonou por mim, mas eu não adimitia sentir nada por ele, pois na minha cabeça a gente so amava apenas uma vez, entao acabei terminando depois de quase um ano, agora estou sofrendo muito porque acabei descobrindo que estou amando esse meu… quero dizer meu ex-namorado.Percebo que errei ao nao ter vivido esse sentimento intensamente, mas já é tarde demais pois os sentimentos dele por mim acabou…

  70. disse:

    É claro que podemos amar duas pessoas ao mesmo tempo…O amor é um dos sentimentos mais lindos que o ser humano pode expressar. Eu amo duas pessoas ao mesmo tempo e o amor é igual para os dois,sem diferença, fazer o que se me apaixonei pelos dois e graças a Deus sou correspondida em dobro, sendo muito felizzzzzz

  71. disse:

    nina : sou casada há 15anos, conheci um rapaz 13anos mais novo do que eu e nos apaixonamos, não larguei meu marido porque eu o amo, alias amo os dois. Eu achava que jamais tal coisa era possível e aconteceu comigo.

  72. disse:

    Su

    Eneida vc foi ótima, rsrs…
    Mas, eu acho que uma pessoa pode sim, amar duas ao mesmo tempo. O amor é um sentimento, não deve ser condicionado. Sabemos que a nossa cultura é radicalmente contra, mas se a pessoa se submeter a essa coerção não será de todo realizada.

  73. disse:

    creio sim q seja possivel amar duas pessoas ao msm tempo!!
    eu msm gosto de duas pessoas, nem taso pouco ou tao mais q a outra. meus sentimentos por ambos sao iguais! e ñ sei si conseguiria fik sem os dois, sem ve-los. um é meu namorado, o outro é meu ex namorado. é mto confuso, mas o certo é q eu amo os dois, cada um di um jeito diferente

  74. disse:

    QUE TAL A SEGUINTE INDAGAÇÃO: ……..

    INTERESSA ABANDONAR AQUELE QUE HÁ TEMPO É O COMPA
    NEIRO…..EM DETRIMENTO……DO ANJO CÚPIDO……
    O QUAL NOS LEVOU A UM AMOR ARREBATADORA……….
    COMO EXPOSTO…….—–NOS FAZ SOFRER———–?

    TALVEZ A RESPOSTA A CADA UM DE NÓS SEJA
    MAIS SUBJETIVA DO QUE AMPLA…………..
    E RESPONDENDO A ESTÁ INDAGAÇÃO…………
    TALVEZ HAJA FIQUE MAIS CLARO ……. O QUE
    REALMENTE ACONTEÇA A CADA QUAL, QUE VIVE
    ESTÁ EXPERIÊNCIA……E PARA UM TOQUE …..
    ——UMA VEZ QUE POR VENTURA INVESTISSEMOS
    NESTE ANJO CÚPIDO…..QUE NOS TROUXE
    TAMANHO TORMENTO…MESMO SENDO…ANJO
    “QUAL SERÁ A INTENSIDADE DESTE NOVO AMOR A-
    PÓS A PERDA OU SEPARAÇÃO DO ENTÃO ATUAL COM
    PANHEIRO ? ”

    VAMOS REFLETIR…….??????
    AO INVÉS DE SOFRER…AINDA
    __—MAIS—______

  75. disse:

    QUE TAL A SEGUINTE INDAGAÇÃO: ……..

    INTERESSA ABANDONAR AQUELE QUE HÁ TEMPO É O COMPA
    NEIRO…..EM DETRIMENTO……DO ANJO CÚPIDO……
    O QUAL NOS LEVOU A UM AMOR ARREBATADORA……….
    COMO EXPOSTO…….—–NOS FAZ SOFRER———–?

    TALVEZ A RESPOSTA A CADA UM DE NÓS SEJA
    MAIS SUBJETIVA DO QUE AMPLA…………..
    E RESPONDENDO A ESTÁ INDAGAÇÃO…………
    TALVEZ HAJA FIQUE MAIS CLARO ……. O QUE
    REALMENTE ACONTEÇA A CADA QUAL, QUE VIVE
    ESTÁ EXPERIÊNCIA……E PARA UM TOQUE …..
    ——UMA VEZ QUE POR VENTURA INVESTISSEMOS
    NESTE ANJO CÚPIDO…..QUE NOS TROUXE
    TAMANHO TORMENTO…MESMO SENDO…ANJO
    “QUAL SERÁ A INTENSIDADE DESTE NOVO AMOR A-
    PÓS A PERDA OU SEPARAÇÃO DO ENTÃO ATUAL COM
    PANHEIRO ? ”

    VAMOS REFLETIR…….??????
    AO INVÉS DE SOFRER…AINDA
    __—MAIS—______

  76. disse:

    Concordo que possamos sentir amor por dois pessoas, isso nunca se passou comigo também porque ainda sou novinha, mas acredito que possamos sentir um amor grande por outra pessoa que apareça na nossa vida e no entanto saber que não pode viver sem a outra pessoa ou seu companheiro!
    Situação difícil hein??!

  77. disse:

    Sim, é possível AMAR várias pessoas ao mesmo tempo…O amor é um sentimento e este brota de forma diferente, uma vez que o ponto da atração não é o mesmo para as várias pessoas…nem as necessidades do momento, são sempre as mesmas…Na verdade o que é o AMOR? Senão tapar um buraco, por algum tempo! Somos minados…e logo, em outro lugar, surgirá um outro buraco…até que a vida dure…E, VIVA A EMOÇÃO DE AMAR…O AMOR!

  78. disse:

    CONCORDO Q PODEMOS GOSTAR DE 2 PESSOAS AO MESMO TEMPO, POREM COM SENTIMENTOS DIFERENTES, UMA VEZ Q HOMEN NENHUM É IGUAL, VC GOSTA DO SEU NAMORADO PQ ELE TE TRATA DE UM MODO, O OUTRO TE TRATA DIFENTE E OS DOIS ACABA TE COMPLETANDO.ASSIM VAI LEVANDO A VIDA DIFICIO É SE O NAMORADO DISCUBRIR Q VC TEM OUTRO E TE DEIXAR, E VC VÊ Q ERA DELA Q VC + GOSTAVA, DAI COMPLICA.

  79. disse:

    Eu acho que perfeitamente existem varios tipos de sentimentos e cada relacionamento é peculiar. Depois
    que aceitei isto, me senti mais completa e feliz! Não me culpo
    por isto, pois sei que estou fazendo bem a mim e as pessoas que me relaciono. Cada um tem algo diferente a dar e receber, O dificil é vencer o tabu das crenças e da cultura !!!

  80. disse:

    Caraca, esse discução me deixou bem mais tranquila, por que isso está acontcendo comigo, e pensei q era só comigo. Mas, isso não é uma escolha, é uma coisa que acontece, vc vive uma vida feliz com o seu marido e de repente vc esbarra em uma pessoa, que te faz balançar dos pés a cabeça, daí começa a fantasiar, e sua cabeça fica a mil. Que é uma sensação deliciosa, ah ísso é, mas perigosa tb. O que fazer? Se conseguir manter distância, acho que esse é o único modo, pois qd o sentimento já está instalado, não tem mais o que fazer, ou se entrega ou se afasta. No momento estou tentando me afastar, mas tá difícil por que ele trabalha comigo. Penso nele de manhã, a noite, dormindo. Vou pirar se continuar a assim, mas não vou deixar rolar nada.

  81. disse:

    Eu achava que não, mas depois que li esta materia vi realmente que podemos sim amar duas pessoas e eu viva em um mar de culpas por amar duas pessoas achando que não podia…. hoje vejo que sim. Amo meu ex e amo meu atual namorado, nãos ei o que fazer. Bjs!!

  82. disse:

    É engraçado como tudo conspira à favor… nunca li reportagem sobre esse tema e também nunca passei por isso, nem como adolescente. Mas, agora, hoje, nesse momento, passo por esse dilema e estou sofrendo muito com que sinto, mas também adorando saber que sou tão capaz de amar. E sei que não é química somente, eu sofro e ajudo os dois com o mesmo amor, mas de formas diferentes. Só sei que um é mais possível de acontecer do que o outro nesse momento. No futuro não sei.
    Erik

  83. disse:

    Oi pessoal
    Adorei esta matéria, estou passando por uma situação parecida, achei que foi bem esclarecedora. E o mais interessante é que sempre a gente pensa que só acontece com a gente, e vejam só, temos cia . Ô gente! tem uma coisa, é muito bom, mais dói porque sempre temos que fazer escolhas e nem sempre são as que gostaríamos de fazer.

  84. disse:

    No momento vivo a mesma situação da dri27, sofri bastante, pois sou fiel ao meu marido, mas quando aceitei o amor que me inunda, passei a me relacionar bem com ambos, e principalmente comigo mesma. Ainda não traí o meu marido e acho que não vou fazê-lo, mas continuo nutrindo um enorme carinho pela outra pessoa

  85. disse:

    Bem, pode parecer lugar comum, com tantas histórias parecidas, mas é possível amar sim, duas pessoas ao mesmo tempo. Já vivi isto, e não arrenpendo nem um pouco. Aliás, melhorou muito meu relacionamento oficial. Passei a ser mais tolerante com algumas colocações e aprendi a ser feliz… E a fazer duas outras pessoas felizes…Beijo a todas…

  86. disse:

    Bem, pode parecer lugar comum, com tantas histórias parecidas, mas é possível amar sim, duas pessoas ao mesmo tempo. Já vivi isto, e não arrenpendo nem um pouco. Aliás, melhorou muito meu relacionamento oficial. Passei a ser mais tolerante com algumas colocações e aprendi a ser feliz… E a fazer duas outras pessoas felizes…Beijo a todas…

  87. Dora Bergamin disse:

    claro q é possível.
    se vc é capaz de odiar duas pessoas pq ñ amar?
    qdo declaro q amo dois, a sociedade me julgará mal..
    se disser q odeio dois, seria eu uma pessoa melhor?
    é um dilema e está sempre acontecendo com todo mundo, acho eu. a mulher foi ( e ainda é ) criada para o casamento, e qqr coisa fora do padão faz a sua moral estrr em jogo o tempo todo. ainda é difícil pra nós aceitarmos gostar de mais de um, já q nosso modelo de união é UM homem e UMA mulher. mas amor é um sentimento infinito. demorará, mas chegaremos a essa conclusão um dia. dia no qual entenderemos e aceitaremos todas as faces do amor.

  88. disse:

    Ai o amor… às vezes peço pra não senti-lo… dói … acho o meu coração tão grande… e foram muitas as vezes que eu amei mais de um… é muito bom por um lado… mas por outro …. nem tanto…. eu deixo meu coração aberto…. às possibilidades da vida

  89. disse:

    Claro que isso pode acontecer , o coracao tem espaco suficiente para amar entao se existe uma breca em nossos coracoes e chega alguem com jeitinho e entra nesse espaco .
    Nao por que agente deseje isso mas por que o espaco esta la vazio pronto para ser preenchido .. e tem mas depois desse espaco pree chido o relacionamento que ja existe pode ater melhora ,,, sabia ,,, Isso nao importa sexo ou posicao social ocorre em qualquer um de nois ,,, ninguem esta livre de ter o coracao invadido por uma paixao ,, rs rs

  90. disse:

    Aproveitei o final do texto para, humildemente, escrever junto com a psicanalista Priscila Gaspar…

    Verdadeiro ou falso, o fato é que ninguém gosta de sofrer. Concordo que não existe homem perfeito, como também, acho que não existe mulher perfeita, apesar de eu achar que elas, em termos de “sentimentos”, são mais seguras do que os homens.
    Não se trata de desculpa para pular a cerca. O melhor é evitar. Mas, como conselho se fosse bom, não se dava, se vendia, nem adianta avisar. Quando o amor chega, sai de baixo, porque já era. A razão pede licença e aí, haja coração! Quando não nos permitimos viver os amores, acabamos sentindo culpa e sofrendo pela abdicação de um deles. Mas, se não nos culpássemos, as coisas poderiam fluir bem. Quem diz se é certo ou errado é a cultura que nos foi imposta. Cada um que fique com a sua verdade, ou espere até o momento em que o amor, sublimado de carinho, de atenção e cuidado, bata sem querer na sua porta.
    Como já a algum tempo, sou um “liberado” equilibrado, digo para vocês amigas minhas…
    Se o homem pode, vocês podem também! Sem se violentarem, ou, se vulgarizarem, vivam o amor que as façam se sentir felizes, mas, principalmente às minhas amigas mais jovens, peço que prestem atenção:
    a beleza física atrae e conta, mas nada se compara, à beleza do “conjunto” que o “outro” possui.
    Para finalizar…

    Muitas vezes… “…a gente quer ter voz ativa e no nosso destino mandar, mas eis que chega a roda viva…e carrega o destino pra lá…aaaaa…”
    Há coisas na nossa alma e no nosso coração, que a razão nunca vai conhecer, ou, impedir de acontecer!

    “A dor é inevitável; sofrer é opcional”…

    Abraços de “força”, de compreensão, de carinho e de amor…
    Antonio Souza.

  91. disse:

    Eu concordo com a professoara Regina Racco,é impossível amar duas pessoas ao mesmo tempo,agora podemos amar uma e sentir um carinho pela outra ,é o que mais acontece,mas amar,só uma pessoa de cada vez .

  92. disse:

    Na verdade passo por um dilema parecido atualmente. Acredito também que isto seja possível.

  93. disse:

    Ai gentem! Sabe que sempre achei isso impossivel?
    Agora estou em duvida o que sinto por um e pelo outro, nao quero escolher, quero os dois ou nenhum…
    Se um dia fizer a opçao sei que irei arrepender no futuro, todos sao muito importantes para mim.

  94. disse:

    estou passando uma situacao igual, sou bem casada,amo meu marido, mas conheci uma pessoa e nos tornamos muito amigos, ele e solteiro e esta a procura de um amor, tenho certeza que ele me quer, mas por ele ser evangelico, nao tem coragem para se declarar e se condena todos os dias por este e pecado, e eu nao consigo nao pensar na ideia de trair meu marido, mas sinto uma imensa saudade de meu amigo e desejo estar o tempo todo ao lado dele, e sei que ele algumas vezes liga para a minha casa so para ouvir minha voz, me de um conselho, o que devo fazer?
    indecisa/rj

  95. disse:

    eu não consigo achar isso “normal”. não mesmo! quando estou com alguém, quero essa pessoa só p/mim, nem penso na possibilidade de dividir um amor! isso não existe…
    se eu estou com uma pessoa e comeco a nutrir sentimentos por outra eh pq a pessoa q esta cmg nao me completa mais, nao me satisfaz ou nao qq outra coisa. acho impossivel essa historia de q “eu tenho meu namorado/marido e estamos as mil maravilhas, mas apareceu fulaninho e fiquei balancada…” se estivesse MESMO as mil maravilhas, podia aparecer nem um fulaninho, podia aparecer brad pitt q nao ia abalar!!

    acho q as pessoas estao querendo ser modernas demais e estao esquecendo q tem coisas q nao tem como mudar…e uma delas eh um sentimento como o amor. o amor eh o msm hj e ha 100 anos atras. as pessoas q mudam a si proprias, nao a ele.

  96. disse:

    Oi gentem!

    Estou passando por uma situação parecida. Mas não sei se é amor. Tenho um namoro de 02 anos com uma pessoa maravilhosa, companheiro, amigo, disposto a ajudar. Mas num certo dia discutimos e passei o sábado a noite em casa. Entrei no MSN e encontrei um colega de serviço e ficamos 05 horas conversando. Papo vai…papo vem…me vi completamente envolvida. Não cheguei a dar um beijo na pessoa. Mas sinto como se tivesse traído o meu namorado. E toda vez que, o vejo o meu coração acelera. Será que estou gostando dele!? Só o tempo dirá.

  97. disse:

    Também estou passando por esta situação. Para mim é péssimo porque sinto saudade dos dois. às vezes me decido por um mas basta ouvir uma música que me faz lembrar o outro, me desespero só de imaginar não te-lo mais. Acho que encontro um pouco em cada um que me completa, que me faz bem… Acredito que em uma relação, não se meche naquilo que está bom… Se damos a oportunidade para outro se aproximar é porque algo vai errado…

  98. disse:

    eu me apaixonei por 2 krasc ao mesmo tempo…mas o amor é somente por 1 dls…amor d verdade…o outro é só uma paixãozinha de adolescente…mas sab como é né coracão de adolescente…a gente axa q é uma coisa e na realidade é outra…

  99. disse:

    OS HOMENS SÃO USADOS! Depois de ler tantos depoimentos só pude chegar a esta conclusão. A mulher escolhe um homem por conveniência, para buscar vantagens para si mesma (segurança, estabilidade, etc) mas está sempre de olho e aberta a outros homens.
    Mas o que realmente me deixou indignado com os casos que li, é que vcs mulheres pouco se importam com os sentimentos deles. O importante para vcs é viverem suas paixões, seus desejos, doa a quem doer, seja esta uma atitude digna ou não, egoísta ou não. Vcs não estão preocupadas, falta um pouco de moral e valores!
    Sei que vão dizer que estou generalizando, mas olhem a quantidade repentina de acessos para comentar o artigo. Muito superior a qualquer outro… É pena… pois tudo o que vai acaba voltando.

  100. disse:

    ACHEI ÓTIMO O ARTIGO,POIS CREIO SER POSSIVEL SIM,TER AMORS VÁRIOS,PRIMEIRO PORQUE NÃO ACHO QUE EXISTA UMA ÚNICA PESSOA QUE PREENCHA TODAS AS NECESSIDADES DE OUTRA E TAMBÉM POR ACREDITAR PIAMENTE QUE EXISTEM VARIOS TIPOS DE AMORES,ALGUNS CIRCUNSTANCIAIS E OUTROS XISTENCIAIS,E UM NÃO ANULA O OUTRO,MAS TAMBÉM SOU LÚCIDA O SUFICIENTE PARA RECONHECER QUE NA NOSSA SOCIEDADE EXIGE E NÓS GERALMENTE FAZEMOS OPÇÃO POR UM OU OUTROS E TEMOS ETERNAMENTE O SENTIMENTO DE INCOMPLETUDE.
    MARCY

  101. disse:

    Amei o assunto, só que a minha opinião bate mais com que o rapaz falou, de homens usados etc…Embora eles também fazem o mesmo rs, mas tem suas excessões rs….
    Na verdade é que Deus o nosso criador ,fez as coisas perfeitas, o homem é que gosta de complicar tudo.
    Essa história de ficar procurando, uma coisa ou qualidade boa , ali outra aqui, para tentar preencher todos os requisitos ,eu acho que é um erro.Somos seres humanos,não somos anjos,todos nós temos defeitos.Se quizermos coisas perfeitas ,jamais encontraremos aqui neste mundo.
    Fico com os conselhos de Jesus Cristo, se alguém acredita que a bíblia é a palavra de Deus, leiam ,pois lá tem todos e diversos assuntos, com resposta.
    Reflita no que escrevi para vocês,não é caretisse ,nem crendice e algo muito especial…
    Beijos para todos.
    Bela

  102. disse:

    Vcs mulheres gostam de serem bajuladas. Não basta um marido, ou uma boa companhia. Não é questão de falta de carinho ou atenção. A questão é que bajulação, homem no pé e juras de amor, quanto mais, melhor. As mulheres sempre gostaram de ser disputadas, ver homens se degladiando por elas. É cultural, é necessidade de inflar o ego. Ficaram acostumadas a tirar o seu da reta, e deixar que os homens se devorassem entre si pela donzela. Se acostumaram a não ter responsabilidade, só vontade, desejos e caprichos. Por isso é comum não sentirem culpa, e só terem sentimentos de piedade por si próprias (onde já se viu mulher ter dó de marmanjo!) Um homem pode até ser escroto e descartar uma mulher como uma frauda suja, mas será sempre um canalha socialmente reconhecido como tal, já as mulheres estão sempre cheias de boas intenções, mesmo quando passam por cima do outro a pretexto de buscarem uma duvidosa felicidade.

  103. disse:

    Concordo, mas será que vc não está confundindo prazer com felicidade. Imagino felicidade como uma sensação de bem estar profundo, uma tranquilidade e otimismo diante da vida. Um novo amor pode renovar esses sentimentos, mas quando isso vem acompanhado de sentimentos de culpa, contradição ou medo, pelo fato de estar traindo, pode até ser prazeroso, emocionante, mas uma pessoa assim não deve ser realmente feliz!
    Gostaria da opinião dos demais!
    Abraços

  104. disse:

    Ah! A busca da felicidade!!!
    Se cada ser humano em seu relacionamento vivesse pra fazer seu conjuge feliz ao inves de querer e querer que ele(a) o faça, fluiria muito melhor. Mas…nada é perfeito, namoramos, casamos, e depois de tanto tempo nos cansamos, e aí…nada que o seu parceiro faça, ou fale tem tanto efeito quanto antes(como elogios, carinhos, etc..), aí aparece uma outra pessoa, e ele(a) pode te dizer e fazer as mesmas coisas q seu conjuge diz, mas o efeito é AQUELE!! Vc se senti viva(o) novamente, valorizada(o),e aí sua estima vai lá pro alto, e pimba!! paixão na certa. Aí começa o dilema, ñ queremos deixar quem a gente já conhece a anos ou muito bem, como preferir, por uma coisa incerta, e aí ficamos ficamos…esperamos esperamos q um dia passe, e a sua vida volte ao normal!!

  105. disse:

    deixei meu marido por outro adoro ir pra cama com ele amo muito,mais sinto que tenho ciume do meu ex nao sei porque,eu nao sinto nada por ele nao gosto nen que ele me peque,mais sei que ele ainda me ama muinto

  106. disse:

    Sucker,

    Concordo com sua divisão entre felicidade e prazer.
    Com certeza, quando o coração já comprometido, balança por uma segunda pessoa; com certeza é porque existe uma deficiência no relacionamento já estruturado. A vida à dois, dia após dia; furta todo o romantismo e todo o fator surpresa, que cria o “algo mais” na relação. E neste item, o segundo amor; supera o primeiro. Aí vem o fator segurança, e o primeiro amor; supera o mais recente. E nesta balança de ganhos e perdas, fica difícil saber o que é verdadeiro. Mas é maravilhoso estar apaixonado, é maravilhoso permitir-se. E é mais maravilhoso ainda, quando se faz isto com responsabilidade de conduta e respeito pelo outro. Conseguir colocar sensatez nos atos desenfreados da paixão; é uma forma de sentir prazer e buscar a felicidade interior.

  107. disse:

    Oi Marliflor! Independente das justificativas que forjamos para nós mesmos na intenção de amenizar o sentimento de culpa pela traição, o fato é que, para se levar uma vida dupla, enganando 24h por dia a pessoa que acredita nos ter com exclusividade, é preciso ser um tanto inconsequente e egoísta. Pois se a nossa busca por felicidade implica no risco real de um extremo desgosto e dor àquele(a) que dizemos amar, é porque, no fundo, não amamos, pois estamos pensando muito mais na nossa felicidade do que na do outro, não acha?

  108. disse:

    Caros leitores,
    Eu vivo esse dilema atualmete. Tinho um marido que me ama até hoje, que faz de tudo para que eu seja feliz, mas infelizmente a rotina de quase 20 anos de casamento esfriaram meus sentimentos. Gosto dele, o admiro como pessoa, como pai… No entanto, sinto a necessidade de viver uma emoção mais forte. Relutei muito em admitir que sentia interesse por outros homens, até que pedi a separação e resolvi viver essa paixão por um homem especial. Passo momentos maravilhosos com essa pessoa, sinto-me uma adolescente a seu lado, somos muito felizes juntos (não moramos juntos) e tudo isso não atrapalhou a harmonia com meu filhos e até mesmo o relacionamento com meu ex-marido que insiste em reatar o casamento. Prefiro pensar que conseguindo ser feliz dessa maneira faço mais felizes as pessoas que vivem do meu lado. Enquanto relutava vivia nervosa, irritada com tudo e com todos, depressiva. Trabalho demais e encontrei nessa forma de vida um escape. No entanto às vezes tenho dúvidas entre reatar aquele casamento ou continuar vivendo essas emoções que são maravilhosas. Mas deixo aqui uma pergunta: Por qual deles eu realmente sinto amor? O que é realmente AMOR ? Para uns amor é respeito (palavra de significado muito amplo) admiração, companheirismo… para outros, é viver uma grande história repleta de emoções, cumplicidade. Acredito que eu não ame duas pessoas… minha dúvida é: quem eu amo?

  109. disse:

    Parabens Nicole mag, sua coragem por decidir viver algo novo sem medo do risco,..puxa eh de dar inveja, rs No bom sentido, ta? Vivo uma situação mutio semelhante à sua, soh que nao tenho uma paixao por fora…Apenas ando sentido necessidade disso,….num casamento que pra mim acho que nao ta me acrescentando mais nada,…e sei que ele me ama muito,…mas e EU?? Sera que vc tem por ele uma amizade bem profunda , diferente de uma amor, que implica em sexo gostoso, namoro, tudo aquilo que se perde depois de tanto tempo de convivencia…? Beijos

×
Faça do Bolsa de Mulher
sua página incial
E também acompanhe: Newsletter